conecte-se conosco


Política MT

Delegado Claudinei participa de rede de combate às drogas

Publicado

Na oportunidade, o parlamentar destacou que pode contar com o apoio dele em busca de recursos, inclusive, junto aos deputados federais e senadores

Foto: SANDRA LUCIA RODRIGUES COSTA

“Nenhum de nós é tão importante quanto todos nós juntos”. A afirmação é de Adilson Dias, pai de um dependente químico, que largou a gerência de um banco no interior do estado, e luta há 10 anos para tirar seu filho das drogas. Luta essa de muitas famílias que, infelizmente, vive essa triste realidade por conta de ter algum parente com essa dependência.

E foi com o objetivo de criar uma rede de ações estratégicas e integradas no combate às drogas, que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, por meio dos desembargadores Mário Kono e Marcos Machado, realizou uma reunião ampliada na quarta-feira (23), com a participação de vários órgãos e autoridades, entre eles o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL).

“Tornei-me deputado para tentar fazer diferente, pois enquanto estive delegado por 17 anos e dois deles na frente da Delegacia Regional de Rondonópolis, via que faltava recursos financeiros que só poderíamos conseguir por meio de força política. Acredito que a polícia tem que estar dentro das escolas, pois as facções estão dentro das escolas também. Temos que criar alternativas para diminuir o consumo de drogas, então, participar dessa rede é um projeto que me interessa”, afirmou Claudinei.

O parlamentar destacou que pode contar com o apoio dele em busca de recursos, inclusive, junto aos deputados federais e senadores. “Além disso, temos o fundo perdido das fianças, que são ações práticas e objetivas. Este ano, eu não tenho como direito a emenda, mas vou destinar emendas para projetos de prevenção. Na Polícia Judiciária Civil (PJC) temos o projeto ‘De Cara Limpa Contra as Drogas’”, ressaltou o deputado.  

Leia mais:  Projeto contempla empresa que incentivar doação de sangue, medula óssea, órgãos e tecidos humanos

Na oportunidade, o desembargador Mário Kono, explicou que é necessário focar em ações de prevenção e tratamento, com a elaboração de plano estratégico e de que forma cada órgão pode contribuir. “O nosso objetivo é ter o maior número de pessoas trabalhando na prevenção e tratamento de dependentes químicos. Vamos fazer grupos de trabalhos e também queremos sugestões de outros órgãos, pessoas ou autoridades que podem vir somar conosco”, afirmou Kono.

O presidente da Comissão Especial Sobre Drogas Ilícitas do Tribunal de Justiça, desembargador Marcos Machado, lembra que a comissão foi criada em 2013 e, no início, era composta por ele e mais seis juízes. “A ideia é trabalhar os eixos da prevenção e do tratamento. Temos várias ações no combate a drogas, mas que não se comunicam. Aqui no Tribunal criamos um escritório de projetos. Hoje existe a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), sabemos de recursos e é preciso que essa rede tenha acesso. Além disso, tem os recursos de fianças perdidas e de transações penais”, pontuou Machado.

Na ocasião, dados apresentados de um estudo feito recentemente no centro de Cuiabá, mostra que existem na região 163 moradores de rua, sendo que a maioria tem, pelo menos, quatro passagens criminais. O presidente da Comunidade Terapêutica Paraíso, Alonso Moura, destacou a falta de reconhecimento legal das comunidades terapêuticas perante o Poder Público do Estado de Mato Grosso.

Leia mais:  Obras da BR-242 vão garantir o desenvolvimento social e econômico de Paranatinga e região

“A partir deste ano com a publicação da lei 13886/19, do Governo Federal, vemos a possibilidade de conseguir recursos para ações das comunidades terapêuticas, que tem foco no tratamento e recuperação dos dependentes químicos e alcoólicos. A nossa entidade é uma das poucas no estado que possui a maioria das certificações para recebimentos de recursos, a exemplo dos certificados do Senad, Ministério da Cidadania e dos conselhos estaduais e municipais”, afirmou Moura.

Além deles participaram da reunião, o delegado de Entorpecentes, Victor Hugo Bruzulato Teixeira; o promotor Carlos Eduardo Silva, da 29ª Promotoria de Justiça de Cuiabá, de Defesa do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística; o juiz Aristeu Dias Batista Vilella, da 6° Vara Cível de Cuiabá; o coordenador Estadual do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), tenente-coronel Darwin Salgado; a secretária adjunta de Justiça da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), Lenice Silva Barbosa; coronel Esnaldo de Souza Moreira, comandante do 1º Comando Regional; tenente-coronel Guimarães, comandante do 1º Batalhão da Capital; capitão Marcelo Moessa de Souza, comandante da 1ª Companhia da Capital.


Além de representantes do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) do Governo do Estado, das secretarias municipais de Educação e Assistência Social de Cuiabá, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Fraternidade Cristã da Pessoa com Deficiência e representantes de conselhos municipais da Capital.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook

Política MT

Delegado Claudinei destina R$ 2 mi de emendas livres à PJC/MT

Publicado

por

Deputado Claudinei entrega cópia da emenda de R$ 2 milhões que destinou à PJC

Foto: SANDRA LUCIA RODRIGUES COSTA

Ratificando o compromisso com as questões de segurança pública, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) destinou R$ 2 milhões de suas emendas parlamentares livres para a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT). Por lei, o deputado pode indicar R$ 3,276 milhões de emendas livres no Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2020 (PLOA).  

Nessa semana, o coordenador de Desenvolvimento Institucional da PJC-MT, investigador Moacir Rodrigues de Menezes, esteve no gabinete do deputado Delegado Claudinei, representando a diretoria da Execução Estratégica da instituição e recebeu uma cópia da emenda destinada na PLOA de 2020.

“Pela PJC, o investigador Moacir estará junto à nossa equipe, cobrando o governo a execução dessa emenda de R$ 2 milhões que destino à nossa instituição. Quero que você leve a cópia dessa emenda para conhecimento do nosso diretor-geral da PJC, Mário Demerval. Espero que este valor possa no ano que vem contribuir para o fortalecimento das investigações e ações da PJC”, afirmou Delegado Claudinei.  

Na oportunidade, o coordenador agradeceu a ação do deputado Claudinei, que atuou como delegado por 18 anos, sendo 17 em Mato Grosso, dos quais dois destes esteve como delegado regional de Rondonópolis. “Em nome da Polícia Civil, agradeço o empenho e confiança depositada a nós ao destinar essa emenda para investimento da instituição e colaboração com os trabalhos da PJC. Principalmente, neste momento, em que o estado passa por dificuldades financeiras. Essa emenda vai fazer uma diferença muito grande para nós”, destacou Moacir. Deputados Delegado Claudinei e Elizeu Nascimento conseguem R$ 16 milhões junto à bancada dos R$ 27 milhões de emendas federais para 2020

Leia mais:  Transformista deficiente auditivo vence concurso estadual miss gay

Foto: Marcelo Lucas / Assessoria de Gabinete

AÇÕES PARA A PJC – Durante o ano de 2019, o deputado Delegado Claudinei realizou várias ações parlamentares que dizem respeito à Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Das suas indicações, 25 trataram de assuntos envolvendo a instituição, desde pedidos de reformas e construção de delegacias, bem como aumento de efetivos de delegados, investigadores e escrivães, pedido de viaturas, móveis e equipamentos. Dos ofícios encaminhados pelo gabinete, dois foram para atender à PJC, bem como cinco projetos de lei e três de projetos de lei complementar, além de Títulos de Cidadão Mato-grossense, moções de Aplausos e de Pesar. O deputado Claudinei realizou audiências públicas que discutiu fechamento de delegacias em Mato Grosso e a alteração do Código de Processo Penal.

Junto com os representantes de sindicatos da PJC, o Delegado Claudinei tem trabalhado para garantir que, na Reforma da Previdência, que a Polícia Judiciária Civil (PJC), agentes penais, do socioeducativo e da Polícia Técnica tenham as mesmas condições de aposentadoria que a Polícia Militar, Bombeiros e Forças Armadas.

Claudinei, que é vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária, também esteve em Brasília (DF), juntamente com o presidente dessa Comissão, o também deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), em busca de emendas federais para atender à área de Segurança. Inclusive, nessa semana recebeu a informação do líder da bancada, deputado federal Neri Geller (PP), que dos R$ 27 milhões de emendas federais destinadas à Segurança Pública para 2020, R$ 16 milhões foram oriundos desta ida ao Distrito Federal em que Claudinei e Elizeu articularam junto aos demais parlamentares federais. Deputados da Comissão de Segurança Pública e Comunitária se reúnem com secretário da Casa Civil e representantes de Sindicatos para discutir reforma da Previdência

Leia mais:  Projeto contempla empresa que incentivar doação de sangue, medula óssea, órgãos e tecidos humanos

Foto: SANDRA LUCIA RODRIGUES COSTA

Além disso, o deputado conseguiu, no início do ano, que a Delegacia de Repressão e Entorpecentes (DRE) recebesse doação de equipamentos para intensificar combate ao crime organizado. A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA) também recebeu novos equipamentos, a partir de articulação do Delegado Claudinei junto à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). O Delegado Claudinei também tem envidado esforços para desbloqueio de recursos na ordem de R$ 3,2 milhões destinados à construção da nova sede da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), numa ação junto ao titular da Deddica,  o delegado Francisco Kunze Junior.

Como servidor público de carreira, durante o ano fez a defesa pelo pagamento do Reajuste Geral Anual (RGA) aos servidores estaduais, bem como cobrou a convocação de aprovados em concursos, em especial, daquelas carreiras da área de Segurança Pública, como a de delegados, investigadores e escrivães.

  Articulação do deputado Delegado Claudinei junto à Sefaz conseguiu doação de equipamenotos para a DRE

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS Deputado entrega Moção de Aplausos em Rondonópolis para servidora da PJC


Foto: Marcos Lopes

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Coordenadoria Militar da Assembleia arrecada brinquedos e alimentos para doação

Publicado

por

Foto: Helder Faria

A Coordenadoria Militar da Assembleia Legislativa faz parte da campanha “Operação Natal Feliz”, promovida pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do estado, com objetivo de arrecadar brinquedos, novos ou seminovos, e alimentos para doação.

Servidores e população em geral estão convidados a contribuir. Na sede do Parlamento Estadual, o ponto de arrecadação é a sala da Coordenadoria Militar, que receberá as doações até o próximo dia 17. Os interessados também podem entregar os brinquedos ou alimentos em todos os quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso até o dia 18, quando a campanha é encerrada oficialmente.

“Tudo que for arrecadado será doado para instituições já cadastradas e também haverá distribuição em bairros e locais mais carentes, onde as crianças nem sempre têm acesso a brinquedos”, afirma o coordenador de Segurança Militar da Assembleia, coronel da PM Henrique Santos. Ele explica ainda que a Coordenadoria Militar da Casa receberá as doações até o dia 17 para que seja possível fazer a entrega no dia 18 para a Polícia Militar.

O coronel Henrique Santos acredita que a solidariedade ajudará muitas pessoas a terem um fim de ano melhor. “A intenção é poder levar para as comunidades que mais necessitam um pouco de alegria e do espírito de natal”, destaca o coordenador de Segurança Militar da Assembleia.

Leia mais:  Obras da BR-242 vão garantir o desenvolvimento social e econômico de Paranatinga e região

Serviço:

Campanha Operação Natal Feliz


Data e local: Entrega de doações até o dia 17/12 na Coordenadoria Militar da Assembleia Legislativa e até o dia 18/12 nos quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do estado

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana