conecte-se conosco


Mulher

Dá para incluir a pizza na dieta? Saiba como se comportar numa pizzaria

Publicado

Quando estamos de dieta, parece que todas as tentações aparecem: docinhos, lasanhas, pizzas… Principalmente nos momentos de celebração, a vontade é deixar a alimentação regrada de lado para se deliciar com várias comidas gostosas de uma vez. Porém, o melhor sempre é reduzir os danos e tentar não abandonar o seu projeto por completo. Desse jeito, dá, sim, para ter até pizza na dieta

Leia mais: Quantas calorias tem a sua pizza?

A pizza Margherita é uma pedida mais leve e melhor para encaixar na dieta arrow-options
Reprodução/Pinterest/Whimsical Raindrop Cottage

A pizza Margherita é uma pedida mais leve e melhor para encaixar na dieta

É claro que existem vários tipos de dietas , umas mais restritivas e outras menos. Segundo a nutricionista Luanna Caramalac, se a paciente está numa dieta restritiva, que proíba a ingestão de muitos carboidratos ou até do glúten, é aconselhável que ela faça a sua refeição antes de ir para a pizzaria.

Porém, no caso de dietas um pouco mais abertas, existem várias opções do que pedir numa pizzaria. E é preciso pensar, como ressalta a nutróloga Ana Luisa Vilela, no que incluir no prato desde a entrada.

A médica afirma que essa entrada é importante, “para quando a pizza chegar você não estar desesperado de fome”. Mas vale optar por itens leves nesse momento, como uma salada sem muitos molhos ou um suco de baixo teor calórico. 

Como é uma pizza mais viável para comer na dieta?

Passoua entrada e é hora de pedir a pizza. Se for possível, o melhor é escolher uma opção sem borda ou com uma borda bem fina , pois assim você já está “economizando calorias”, conforme o que afirma Ana Luisa. 

Leia mais: Estas são as 3 melhores dietas para perder peso de acordo com ranking mundial

Já em relação à massa, Luanna ressalta que as isentas de trigo são muito recomendadas, pois não geram inflamação no corpo. “Entre elas, existem as massas feitas com farinha de arroz, massas low carb, com farinha de couve-flor, massas de brócolis e de grão de bico”, diz a nutricionista.

Também são indicadas as massas integrais , feitas de farinha integral, porque as fibras anulam um pouco o seu índice glicêmico, fazendo com que a velocidade de açúcar não tenha picos na corrente sanguínea. E quanto mais picos de açúcar, mas chance de ter gordura acumulada no organismo. 

Quanto aos sabores, as pizzas sem muitos recheios e menos calóricas são preferíveis, como a famosa Margherita ou a pizza de rúcula com tomate seco. Ana Luisa também cita as pizzas de mussarela de búfala, aliche, atum, brócolis e abobrinha como boas ideias. Por outro lado, ela destaca que vale evitar o excesso de queijo, principalmente os cremosos, como catupiry.

Qual é a melhor bebida?

Água! Água é sempre o preferível. Porém, de acordo com Luanna, sucos naturais também são opções. Lembrando, é claro, que os mais recomendados são aqueles que possuem baixo índice glicêmico , como limão, maracujá, morango e kiwi.

Uma sugestão de Ana Luisa é pedir uma água com gás e pôr limão, que é saudável e sem calorias. No último dos casos, se a pessoa estiver desejando muito, ainda é melhor pedir um refrigerante zero do que o tradicional, pois o primeiro contém menos calorias.

E a sobremesa?

Para finalizar o jantar, o melhor é pedir uma fruta ou um picolé de fruta. Boas frutas, segundo Ana Luisa, seriam abacaxi, mamão e morango. Nada de pizza de chocolate! 

Dicas bônus para manter a dieta 

Ainda como ressalta a nutróloga, a chave para manter a alimetação saudável fora de casa é ter equilíbrio. Se já sabe que vai sair para uma pizzaria, a sugestão é tentar fazer a melhor dieta possível nos dias anteriores, com saladas e carnes, de preferência, para que os “danos” na saída não sejam altos.

Na pizzaria, atenção à mastigação. Luanna afirma que mastigar bem os alimentos nessa situação é ótimo, pois esse ato provoca saciedade, o que faz com que tenhamos menos vontade de comer exageradamente.

Leia mais: Pizza pode entrar na dieta saudável, sim! Veja dicas de nutricionistas

Além disso, essa prática ajuda na digestão das comidas, que se inicia na boca. Isso ajuda o nosso organismo a aceitar melhor os alimentos, absorvendo-os de forma mais saudável. Com isso, você consegue agir com mais sabedoria na pizzaria, conseguindo inclusive comer pizza na dieta .

Comentários Facebook

Mulher

10 erros comuns ao passar batom que estragam a sua maquiagem

Publicado

por


source

Alto Astral

Mulher passando batom

Se você quer fazer uma maquiagem incrível para uma ocasião especial ou mesmo para o dia a dia, não dá para negar que um destaque nos lábios é essencial. No entanto, muitas vezes acabamos cometendo erros ao passar o batom que podem comprometer o resultado final.

Como existem diversos tipos de cores e texturas, nem sempre é fácil fazer o cosmético durar a noite toda sem borrar. Pensando nisso, separamos os deslizes mais comuns na hora de aplicar e como evitá-los para manter sua maquiagem intacta por mais tempo.

Saiba quais são os principais erros ao passar batom e como evitá-los

1. Falta de hidratação

Ninguém merece um batom todo craquelado, não é mesmo? Para isso não acontecer, é fundamental hidratar os lábios antes de aplicá-lo, gesto que dará uma aparência mais bonita para a sua boca além de deixá-la saudável. Crie o costume de passar um lip balm todos os dias para conseguir um resultado ainda melhor.

2. Não esfoliar

É muito comum que os lábios soltem uns pedacinhos de pele de vez em quando, no entanto, isso é um sinal de que eles estão ressecados. Além da hidratação no dia a dia, é recomendado fazer uma esfoliação para garantir um acabamento melhor na hora de passar o batom.

3. Esquecer de aplicar a base antes

Um dos maiores erros ao passar batom é aplicá-lo diretamente nos lábios. Para que o produto dure mais, o recomendado é passar uma base ou primer antes, pois além de hidratar eles vão ajudar a fixar melhor a cor desejada. Isso também facilitará a remoção com demaquilantes depois, principalmente de cores muito escuras.

4. Não delinear

Para evitar passar o batom fora dos limites dos lábios, é muito importante delinear o contorno com um lápis de boca antes. Isso vai facilitar a aplicação do produto, além de ajudar na fixação. E, se quiser garantir um efeito de lábios maiores, essa etapa vai ser sua maior aliada. Só cuidado para não exagerar e deixar o resultado artificial.

5. Aplicação errada

Se está com muita dificuldade na hora de usar batom, pode ser porque a sua aplicação está errada. Depois de limitar o contorno dos lábios , o ideal é que você passe o produto do centro da boca para fora, isso vai garantir que não borre.

6. Não tirar o excesso

Sabe aquele truque de dar um beijinho no papel? Pois é, ele funciona e é uma etapa importantíssima, pois ele evitará marcas de batom em objetos e, até mesmo, nos dentes. Sempre tire o excesso do produto para fazer com que ele dure mais e não escorra da boca com o passar das horas.

7. Passar muito brilho

Para dar um toque a mais na maquiagem é muito comum aplicar um iluminador nos lábios ou finalizar com um gloss . No entanto, é importante tomar cuidado para não exagerar, pois isso deixará sua boca com um aspecto pegajoso, além de fazer o batom sair mais rápido.

8. Não passar pó

Para garantir um efeito sequinho e fazer com que o batom dure mais, não se esqueça de aplicar um pó translúcido no final da maquiagem. Isso também ajuda a fixar a cor por horas.

9. Não corrigir os borrados

É muito comum borrar o batom durante a sua aplicação, principalmente se a cor for escura. No entanto, para deixar a sua maquiagem impecável, o ideal é que você corrija o contorno da boca com um corretivo para remover manchinhas indesejáveis e garantir um aspecto bonito e simétrico.

10. Cuidado com batons nude

Embora o batom nude esteja em alta, é importante se atentar na hora de escolher o ideal para você. Caso ele seja muito próximo a tonalidade do seu rosto, ele pode dar a impressão de uma boca pálida. O indicado é escolher sempre um modelo com um pouco mais de cor ou com um ou dois tons mais escuro que a sua pele.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Mulher colocou DIU e mesmo assim engravidou de trigêmeos

Publicado

por


source
Bethany Smith
Reprodução/Arquivo pessoal

Bethany Smith


A jovem Bethany Smith, de 26 anos, é mais uma prova de que evitar uma gravidez pode não ser tão fácil assim. Logo após dar à luz seu terceiro filho, a mulher, que mora em Staffordshire, na Inglaterra, decidiu implantar um Dispositivo Intrauterino (DIU).

Mas parece que o método contraceptivo escolhido por Bethany não funcionou tão bem assim. Acontece que, ao setir fortes enjoos e inchaço na barriga, ela foi ao hospital, onde descobriu estar grávida novamente – dessa vez de trigêmeos! 

“Quando recebemos a notícia de que eram três bebês, meu marido e eu ficamos atordoados”, disse Bethany ao DerbyshireLive. “Os médicos disseram que meu DIU tinha saído do lugar, foi muito chocante. As nossas famílias não tinham histórico de parto de múltiplos”. Vale lembrar que engravidar com DIU é raríssimo, ocorrendo em apenas 1% dos casos.

Na 31ª semana de gestação, Bethany deu à luz duas meninas e um menino no dia 4 de abril. Agora, ela tenta se adaptar à nova rotina com seis filhos pequenos em casa. “Tem sido uma confusão, mas estamos felizes. O mais difícil foram os dias após o parto em que as meninas precisaram ficar na UTI e não pudemos visitá-las normalmente por causa do Covid-19. Felizmente, porém, essa fase já passou e estamos todos juntos em casa”, disse ao site britânico.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana