conecte-se conosco


Entretenimento

Da maior para a menor rede, quem são os brothers mais populares do BBB20?

Publicado

source

Com uma série de digitais influencers dentro da próxima casa mais vigiada do Brasil, ter seguidores nas redes sociais pode fazer diferença na hora de participar do Big Brother Brasil. A dois dias do início do programa, confira, em ordem decrescente, quem tem mais e quem tem menos seguidores na casa. 

Leia também: Esquenta “BBB”: saiba como estão os vencedores e o que fizeram com o prêmio

Bianca Andrade (Boca Rosa): 8,3 milhões de seguidores no Instagram e 158 mil no  Twitter

Manu Gavassi: 4,4 milhões de seguidores no Instagram e 3,5 milhões  no Twitter


Mari Gonzalez: 3,3 milhões de seguidores no Instagram e 45 mil seguidores  no Twitter

Rafa Kalimann: 3,1 milhões de seguidores no Instagram e 8 mil  no Twitter (sem atualizações desde 2015)

Pyong Lee: 2,4 milhões de seguidores no Instagram e 930 mil seguidores no Twitter

Gabi Martins: 1,1 milhão de seguidores no Instagram

Flayslane: 138 mil seguidores no Instagram e 3 mil seguidores no Twitter

Ver esta publicação no Instagram

Porque feed foi feito pra postar .. 🤷‍♀️

Uma publicação partilhada por L A N E 🎤 (@laneeoficial) a 19 de Ago, 2019 às 8:05 PDT

Lucas Chumbo: 130 mil seguidores no Instagram e 742 seguidores  no Twitter

Petrix Barbosa: 83 mil seguidores no Instagram e 6 mil  seguidores no Twitter

Marcela Mc Gowan: 58 mil seguidores no Instagram e 3 mil  seguidores no Twitter (sem atualização desde 2012)

Ver esta publicação no Instagram

#tbt dessa vibe 💜

Uma publicação partilhada por Marcela Mc Gowan (@marcelamcgowan) a 9 de Jan, 2020 às 12:09 PST

Gizelly Bicalho: 48 mil seguidores no Instagram e  2 mil no Twitter

Babu Santana: 43 mil seguidores no Instagram e 1,4 mil  no Twitter

Ver esta publicação no Instagram

Alô pessoal, agora é sério: Tô no BBB! Estou muito animado e confiante, 2020 já começa com essa grande novidade. Queria pedir desculpas por todas os convites e oportunidades que precisei recusar sem explicar exatamente o porquê. Queria mesmo gritar bem alto, mas até agora não podia. Tô bem feliz com a chance das pessoas me conhecerem melhor. Aquela cara de mau é só uma indumentária das personagens 😉 Agradeço muito a torcida nos próximos dias, semanas e meses. Amigos, familiares, parceiros e parceiras de trabalho, todo mundo que curte: estamos juntos. Vem comigo! Vamos formar a corrente do #teambabu Prazer, Babu Santana #babubbb20 #teambabu #teambabusantana #bbb20 #babusantana

Uma publicação partilhada por Babu Santana (@babusantana) a 18 de Jan, 2020 às 11:12 PST

Guilherme Napolitano: 40 mil seguidores no Instagram e 1 mil seguidores  no Twitter

Ver esta publicação no Instagram

Boa noite. 🙃🤟🏼

Uma publicação partilhada por Guilherme Napolitano (@guinapolitano) a 6 de Jan, 2020 às 1:21 PST

Felipe Prior: 26 mil seguidores no Instagram 

Ver esta publicação no Instagram

Achei minha nova profissão kkkk

Uma publicação partilhada por Felipe Prior (@felipeprior) a 23 de Jun, 2019 às 4:51 PDT

Lucas Gallina: 21 mil seguidores no Instagram e 198 no Twitter

Ver esta publicação no Instagram

Vibe raiz 🥥

Uma publicação partilhada por Lucas Gallina 🎯 (@lucas.gallina) a 8 de Dez, 2019 às 7:20 PST

Hadson Nery: 20 mil seguidores no Instagram 

Victor Hugo: 17 mil seguidores no Instagram

Thelma Assis: 17 mil seguidores no Instagram e 1,2 mil seguidores  no Twitter

Ver esta publicação no Instagram

Pode vir com tudo 2020!🙌🏾💥💫 #2020#felizanonovo#goodvibes

Uma publicação partilhada por Thelminha 🎭 (@thelminha_assis) a 1 de Jan, 2020 às 1:03 PST

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook

Entretenimento

Mangueira, Viradouro e Portela são destaques da 1ª noite de desfiles do Rio

Publicado

por

source
Portela arrow-options
Reprodução/Twitter

Águia em alegoria da Portela animou a arquibancada da Sapucaí.

Sete escolas atravessaram a Sapucaí na primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro . Em meio a enredos marcados por críticas sociais e exaltação da luta de minorias, a Mangueira e a Unidos do Viradouro, atuais campeã e vice-campeã do carnaval carioca, foram os grandes destaques da noite. Confira como foram os desfiles!

Leia também: Gaviões da Fiel e Mocidade Alegre brilham e marcam 2ª noite de desfiles em SP

Estácio de Sá

A Estácio de Sá abriu a noite de desfile falando sobre pedras preciosas. Em seu retorno à elite do carnaval, a escola apostou em um desfile bem colorido. A agremiação também ousou e fez críticas sociais à mineração, levando caveiras douradas, que representavam causadas pela busca pela riqueza, para a Sapucaí.

Unidos do Viradouro

Porta Bandeira Viradouro arrow-options
Reprodução/ Twitter

Atual vice-campeã foi destaque e deverá brigar por título.

O abre-alas da Viradouro , cuja estrutura quando abaixava revelava uma sereia nadando dentro de um tanque, foi um destaques da vermelho e branco, a segunda escola da noite a entrar na Avenida. O desfile começou as 22h40. Cada vez que a atleta de nado sincronizado Ana Giulia França, de 19 anos , aparecia, o público ia ao delírio. Outra grande surpresa do desfile ficou por conta da bateria do Mestre Ciça. Durante uma das bossas, quando a bateria estava diante dos jurados, duas ritmistas saiam de dentro de um tambor estilizado e tocavam timbal. O truque conquistou o público e juri, que responderam com aplausos.

Mangueira

Jesus negro crucificado arrow-options
Reprodução/Twitter

Carro alegórico com jovem-negro crucificado e baleado foi destaque da escola verde-rosa.

Defendendo o título, a Estação Primeira de Mangueira entrou na Avenida para contar a vida de Cristo. Como prometido, foram várias faces de Jesus representadas da comissão de frente ao último carro, passando pela rainha de bateria, Evelyn Bastos. Numa sucessão de cenas fortes, o carro “O Calvário” tinha um Jesus negro crucificado que alcançava cerca de 20 metros de altura. No mesmo carro, pessoas de diversos perfis, como negros, mulheres e LGBTs vinham crucificadas.

Leia também: Paolla Oliveira retorna à Sapucaí fantasiada de Cleópatra

Paraíso do Tuiuti

Depois de ter apostado em críticas políticas nos últimos anos, dessa vez a Paraíso do Tuiuti foi mais comedida e entrou na avenida saudando São Sebastião, o padroeiro da cidade do Rio. A escola promoveu um encontro do Santo com Dom Sebastião, rei de Portugal. O enredo se baseou nas encantarias, com muitas referências a bumba meu boi, e apesar do refrão “chiclete” do samba de Moacyr Luz, o desfile não empolgou.

Grande Rio

A homenagem da Grande Rio ao líder religioso Joãozinho da Gomeia foi uma apresentação memorável e cheia de significado. Com diversas referências ao Candomblé, como um carro que levou oferendas para avenida, a tricolor de Caxias volta a suas raízes com um enredo afro. A tônica do desfile foi um grande pedido por mais tolerância religiosa. No último carro da Grande Rio, “o revoar da liberdade” desfilaram lideranças religiosas, artistas, atividade e intelectuais que atuam na luta contra a intolerância religiosa.

União da Ilha

Com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”, a União da Ilha abordou a vida dura das favela Um dos principais destaques do desfile foram dois helicópteros que sobrevoavam a favela do abre-alas com mensagens de paz. Apesar do chão forte, a escola teve problemas com evolução e estourou o tempo e será penalizada durante a apuração.

Leia também: Witzel ouve vaias durante desfile e faz recuo estratégico

Portela

Encerrado a noite de desfiles, a Portela entrou na avenida contando a história sobre os tupinambás que encontraram o “paraíso” no Rio de Janeiro. A escola também criticou o contraste entre a modernidade da cidade e a terra sem maldade na qual os índios viviam. Um dos destaques foi a águia – animal símbolo da escola – que mexia as asas e animou a arquibancada. Apresentando um desfile redondo, a maior campeã do carnaval carioca vem para brigar pelo seu 24º título.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Preta Gil passa mal e é socorrida por equipe em Salvador

Publicado

por

source

O Carnaval de Salvador é para os fortes e parece que Preta Gil sentiu literalmente a pressão na última sexta-feira (21) do meio para o final do circuito Dodô/Barra Ondina.

Leia também: Famosos marcam presença na terceira noite do Camarote Salvador

Preta Gil arrow-options
Divulgação

Preta Gil


A cantora passou mal e teve que sentar em uma cadeira em cima do trio. Foi um tal de abana Preta com uma toalha, esfrega as pernas da filha de Gilberto Gil e água e mais água para a hidratá-la, que parou de cantar por um bom tempo deixando o DJ no comando. O bloco deu uma aceleradinha no final da apresentação atrapalhando o roteiro dos trios.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana