conecte-se conosco


Tecnologia

Criança autista ganha ‘Netflix personalizada’ de internauta, após sofrer crises

Publicado


Criança autista ganha filme personalizado com menu da Netflix, após ter crises
Reprodução/ Facebook
Criança autista ganha filme personalizado com menu da Netflix, após ter crises

Um caso de compaixão moveu as redes sociais neste final de semana. Uma mãe fez um pedido desesperado no Facebook para que a empresa Netflix colocasse de volta no catálogo o filme ‘Procurando Nemo’, já que seu filho autista de seis anos estava tendo crises desde o primeiro dia de janeiro por não encontrar seu filme favorito. O pedido foi atendido, mas não pela empresa de streaming.

Leia também: WhatsApp deixa de funcionar em alguns aparelhos em 2019; confira


Analista se compromete a gravar filme 'Procurando Nemo' com menu personalizado para criança autista
Reprodução/ Facebook
Analista se compromete a gravar filme ‘Procurando Nemo’ com menu personalizado para criança autista

Sensibilizado pelo relato de Fernanda Torres, o analista de suporte técnico Rodrigo Lima, de 22 anos, dedicou dois dias para gravar o filme personalizado com um menu parecido com o da Netflix
, possibilitando que o pequeno Miguel pudesse assistir ao seu desenho favorito repetidamente como se estivesse assistindo pelo serviço online.

Leia também: Apps mostram suas fotos mais curtidas no Instagram em 2018; aprenda a fazer

A conversa entre os dois nos comentários das redes sociais ganhou repercussão entre os internautas, que elogiaram a atitude do analista ao tentar ajudar a criança, que mora com a mãe em Sorocaba, em São Paulo, e foi diagnosticado com autismo aos dois anos de idade.

Leia mais:  Prepare-se: a partir de segunda, WhatsApp vai apagar backup de celulares Android

Rodrigo Lima, de 22 anos, dedicou dois dias para reproduzir layout da Netflix em gravação de filme
Reprodução/ Facebook
Rodrigo Lima, de 22 anos, dedicou dois dias para reproduzir layout da Netflix em gravação de filme

Segundo a mãe, o menino assiste à animação todos os dias e havia passado por várias crises desde o início do ano, quando não encontrou mais o filme disponível no catálogo do serviço. “O problema é o padrão quebrado, ele assistia no menu da Netflix, e agora não aparece mais. Ele está que só chora e reclama”, afirmou Fernanda nas redes sociais.

Leia também: Instagram libera novo feed horizontal por engano, causa revolta e pede desculpa
s


A animação ‘ Procurando Nemo
‘ conta a história de um peixe palhaço que se perde do pai e desaparece no oceano. O pai, Marlin, desesperado vive altas aventuras com sua amiga Dory para resgatar o filho ‘sequestrado’. Em 2017, a Disney anunciou o plano de lançar uma plataforma de streaming com conteúdo próprio neste ano, motivo de a empresa não ter renovado seu contrato com a Netflix
.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Inspirado em Pokémon GO, jogo do Harry Potter será lançado nesta sexta-feira

Publicado

por

Quase oito anos após o lançamento de “Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2” nos cinemas, os fãs do bruxo tem mais uma estreia para aguardar ansiosamente. A empresa Niantic anunciou que o jogo Harry Potter: Wizards Unite será lançado nesta sexta-feira (21).

Leia também: Nova montanha-russa do parque do Harry Potter tem detalhes revelados

jogo do Harry Potter
Reprodução/Facebook/Harry Potter
Jogo do Harry Potter chega

De acordo com o jornal britânico Mirror, o jogo do Harry Potter , que é inspirado no sucesso Pokémon GO (que também é da Niantic), será disponibilizado, em um primeiro momento, apenas para Estados Unidos e Reino Unido – por enquanto, não há a data de lançamento no Brasil.

Leia também: Câmera flagra criatura bizarra; web compara com Dobby, de “Harry Potter”

A publicação noticiou ainda que o jogador poderá ter o papel de um “Auror” (que são bruxos treinados para enfrentar feiticeiros do mal), de um “Magizoologista” (melhor em combater bestas mágicas) ou de um professor (que é melhor em usar o profundo conhecimento mágico para debilitar inimigos).

Os jogadores irão encarar diferentes aventuras, aprender feitiços e descobrir artefatos misteriosos, enquanto exploram os bairros e cidades do jogo. Eles também poderão encontrar bestas lendárias e personagens icônicos do mundo dos bruxos .

Leia também: Vídeo de robô se revoltando e atacando seus criadores bomba, mas é “fake”

Leia mais:  Facebook: Zuckerberg pode ser apontado como responsável por vazamentos de dados

O Mirror diz também que os jogadores poderão acessar áreas, equivalentes aos ginásios de Pokémon GO, onde podem encontrar outros usuários e saírem juntos para encarar os inimigos. Mas, diferente do game dos monstrinhos, todos os jogadores estarão do mesmo lado. 


O jogo do Harry Potter é baseado na saga da escritora britânica J.K Rowling e nos filmes da Warnes Bros. Os jogadores poderão entrar no mundo mágico de Hogwarts, assim como ocorreu em Pokémon GO.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Fifa 20, GTA… Os jogos mais usados por criminosos para ocultar malware e vírus

Publicado

por

Olhar Digital

O Minecraft é o jogo mais usado para mascarar vírus e outros tipos de malwares, segundo uma pesquisa da Kaspersky, que afirma que os cibercriminosos distribuem malwares via cópias falsas do game. GTA 5, Sims 4 e jogos em pré-lançamento, como Fifa 20, Borderlands 3 e Elder Scrolls 6, também fazem parte da lista de ataques que vitimaram mais de 930 mil jogadores entre junho de 2018 e junho de 2019.

Leia também: Google, Microsoft e Bethesda se preparam para baratear os jogos eletrônicos

Minecraft
Reprodução/Facebook/Minecraft
Minecraft é o game mais usado para esconder um malware, aponta pesquisa

Os pesquisadores da Kaspersky examinaram os arquivos infectados detectados em 2018 e no início de 2019 e o principal título usado nos golpes foi o Minecraft. O malware mascarado foi responsável por cerca de 30% dos ataques, com mais de 310 mil usuários atingidos. Em segundo lugar ficou GTA 5, com mais de 112 mil alvos. Sims 4 ocupou a terceira posição, com quase 105 mil usuários atacados.

Leia também: Como um celular é hackeado? Conheça as técnicas e saiba se proteger

O estudo mostrou também que os criminosos enganam usuários simulando um download que seria supostamente de um game não lançado. Foram observados pelo menos dez jogos em pré-lançamento usados para esse fim, sendo que 80% deles referiam-se a Fifa 20, Borderlands 3 e Elder Scrolls 6.

Leia mais:  Mais da metade dos brasileiros não consegue ficar um dia longe do celular
Fifa 20
Reprodução/Facebook/EA Sports Fifa
Fifa 20 também foi usado por criminosos

Da mesma forma que outros tipos de entretenimento digital, os videogames são vulneráveis ao uso indevido, como violações de direitos autorais e pirataria via torrents. Contudo, enfrentam outra ameaça crescente: o uso fraudulento de suas marcas para distribuição de malwares. Muitos dos principais videogames ficam hospedados em plataformas de distribuição digital e nem sempre elas conseguem detectar se os arquivos carregados nelas são legítimos ou se há amostras de malware disfarçadas.

“Há meses observamos que os criminosos exploram o entretenimento para pegar os usuários de surpresa, seja com séries, programas de TV, estreias de filmes ou videogames. Isso é fácil de explicar, pois as pessoas ficam menos atentas quando querem apenas relaxar e se divertir. Se um usuário não espera encontrar malware em algo divertido que usou por anos, não é preciso uma ameaça avançada para que o vetor de infecção tenha êxito. Todos devem ficar alertas, evitar plataformas digitais não confiáveis e ofertas suspeitas, além de instalar uma solução de segurança e realizar verificações regularmente em todos os dispositivos usados para jogar”, afirma Maria Fedorova, pesquisadora de segurança da Kaspersky.

Leia também: Tem Xbox, Wii ou PlayStation? Veja como usar seus jogos para emagrecer


Para evitar ser vítima de malware disfarçados de jogos, a Kaspersky recomenda algumas medidas, como o uso de serviços legítimos, atenção à autenticidade dos sites — início da URL com “https” é um ponto importante — e evitar links que oferecem oportunidades “incríveis”. Afinal, quando a esmola é muita, o santo desconfia, já diziam nossos pais.

Leia mais:  Modo privado: WhatsApp permite responder mensagens de grupos no chat particular

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana