conecte-se conosco


Mato Grosso

Criança agredida pelo namorado da mãe em Juína, morre após dias internado em Várzea Grande

Publicado

Uma criança de dois anos morreu na noite deste domingo (01) após cerca de 10 dias internado no hospital em Várzea Grande.

A criança morreu neste domingo (1º) após dias internado na UTI em Várzea Grande.

Segundo informações, o crime aconteceu no dia 17 de novembro. Igor Campos de Almeida, de 18 anos teve a prisão decretada após ter agredido a chutes e socos, um menino de 2 anos.  Com diversos hematomas pelo corpo, na cabeça e braços, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento  (UPA) em estado grave. A mãe da criança havia dito na ocasião, que o filho teria sofrido uma queda, no entanto um laudo médico, confrontou a versão da mãe e do padrasto, que acabou confessando ter agredido o menino.

Igor é apontado como autor das agressões que resultou na morte da criança.

Devido ao quadro clínico grave, o menino foi transferido para a UTI pediátrica em Várzea Grande, e após cerca de 10 dias internado, não resistiu aos ferimentos e teve morte cerebral confirmada. Igor mantinha um relacionamento, eles se conheceram por rede social e haviam iniciado o relacionamento havia pouco mais de um mês. De acordo com as investigações da Polícia Civil, a mãe do garoto não estava em casa, quando Igor espancou a criança. Igor, foi indiciado por homicídio qualificado.

O garoto deverá ser enterrado em Campo Novo do Parecis, a maioria dos familiares moram.


 

Leia mais:  Polícia fecha rinha de galo em Rondonópolis

 

 

 

 

 

*Da Redação com informações JuínaNews

 

 

 

 

Comentários Facebook

Mato Grosso

Primeiro banco de sangue animal cadastra doadores caninos e felinos em MT

Publicado

O primeiro banco de sangue animal do estado deve entrar em funcionamento total, a partir da próxima semana. Até lá, doadores estão sendo cadastrados. Inicialmente, são necessários 150 caninos e 30 felinos.

Bichinhos que já fizeram doação de sangue no hemocentro animal — Foto: Estela Harter/Arquivo pessoal

Os animais doadores terão a saúde constantemente monitorada pelos tutores. Eles farão exames hematológicos e físicos de triagem antes de cada doação. O doador cadastrado recebe uma carteira e participa de um “clube de vantagens” e terá acesso a benefícios.

De acordo com Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso (CRMV), nos últimos anos, ocorreu um aumento na disponibilidade e frequência da transfusão de sangue em animais, no estado. Diante dessa necessidade, duas veterinárias se uniram e abriram o primeiro hemocentro veterinário.

Segundo a médica veterinária, Estela Harter, a transfusão é uma técnica importante na cura de doenças, mas ainda falta muita informação. Ela explica que, de forma geral, a transfusão é simples, porém, como qualquer outro tratamento, pode haver intercorrências. “Entretanto, é uma alternativa com a qual o estado não contava”, comentou ela.

A transfusão é indicada para pacientes em diferentes condições de saúde, como anemia, hemorragia, coagulopatia e hipoproteinemia. As doações de sangue vão contribuir para a cura de pacientes que apresentarem essas doenças.

Fonte:G1MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Oito motociclistas são presos suspeitos de racha na BR-163 e 18 motos são apreendidas
Continue lendo

Mato Grosso

Cáceres institui programa para fomento da cidadania fiscal

Publicado

por

O município de Cáceres (220 km de Cuiabá) conta a partir deste mês com um Programa Municipal de Educação Fiscal. A medida tem o apoio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), que coordena o Programa de Educação Fiscal no estado de Mato Grosso, e visa levar conhecimento aos cacerenses sobre origem, aplicação e controle dos recursos públicos.

A criação do Programa de Educação Fiscal de Cáceres foi aprovada e sancionada na quinta-feira (05), por meio da Lei Municipal nº 2.811.

“Desde o primeiro ano de gestão temos incentivado a participação popular na formulação das políticas públicas do município. Com o Programa da Educação Fiscal a participação popular dos cacerenses será ainda mais fomentada, contribuindo para a formação das crianças na participação do controle social”, afirma o prefeito Francis Maris Cruz.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, Rubens Macedo, a relevância do Programa está em levar ao conhecimento da sociedade a importância da função socioeconômica dos tributos, incentivando o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos.

A instituição de uma política pública voltada para a prática da cidadania fiscal é uma ação importante que possibilita o aperfeiçoamento dos mecanismos de planejamento, por meio da participação ativa da população. Após a aprovação da lei, o Decreto para regulamentar a legislação será publicado pelo município, assim como a Portaria designando os servidores responsáveis na implantação do Programa.

De acordo com o gerente regional Atendimento ao Contribuinte, da Sefaz, Sandoval Vieira de Araújo, a pasta fazendária fará a capacitação dos profissionais da rede municipal que vão atuar no Programa de Educação Fiscal. O curso será ministrado pelos representantes do Programa da Educação Fiscal da Secretaria de Fazenda da Região Oeste, Leandro Xavier Ursolino e Anacleto Antunes Magalhães.

Leia mais:  Polícia fecha rinha de galo em Rondonópolis

Programa Cidadania Fiscal

Instituído em 2015, o Programa Cidadania Fiscal de Mato Grosso tem como principais objetivos: inserir a educação fiscal no planejamento escolar; mobilizar e sensibilizar os gestores públicos para a melhoria da transparência do serviço público; sensibilizar os servidores quanto aos princípios básicos da administração pública e sua relação na melhoria da qualidade de vida da sociedade; disseminar dados e informações sobre a transparência na administração pública; incentivar o cidadão a exercer a cidadania fiscal, mediante o controle social do gasto público; além de incentivar o comprometimento do cidadão no processo de planejamento das ações de governo.


Junto com o Programa foi instituído também o Grupo de Educação Fiscal do Estado (GEFE/MT), coordenado pela Secretaria de Fazenda (Sefaz). O Grupo é responsável por desenvolver as ações da Cidadania Fiscal no estado.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana