conecte-se conosco


Esportes

Corinthians defende torcedores em pé e bandeirões em carta à Conmebol

Publicado


Torcedores do Corinthians fazem festa em Itaquera
Bruno Teixeira Rolo/Corinthians
Torcedores do Corinthians fazem festa em Itaquera

O Corinthians divulgou nesta sexta-feira (11) uma carta em repúdio às mudanças no Regulamento de Segurança da Conmebol, que proíbe, entre outras coisas, bandeirões com mais de 1,5m de comprimento e 1m de largura nos estádios.

Leia também: Arena Corinthians terá partes do gramado em preto e branco para temporada 2019

“O Time do Povo não pode aceitar o ônus imposto pelas medidas aos reais donos do espetáculo, os torcedores, que frequentemente pagam caro para ir a estádios desconfortáveis, com serviços de péssima qualidade, por imposição de burocratas do futebol latino-americano, que agem como se o fã fosse um estorvo e não a razão de ser do espetáculo”, diz um trecho do texto publicado pelo Corinthians.

O regulamento do ano passado já previa algumas restrições aos torcedores, porém menos do que as publicadas nesse ano. Em 2018 foram 18 proibições, e agora serão 21.

Outro ponto polêmico do Regulamento de Segurança da Conmebol é a venda de ingressos online. A entidade quer que os torcedores adquiram suas entradas apenas por meio digital e com lugares marcados.

Leia também: Corinthians anuncia Emerson Sheik e Vilson como novos gerentes de futebol

Confira a carta na íntegra

O Sport Club Corinthians Paulista manifesta seu descontentamento com as recentes resoluções publicadas pela Conmebol para a Copa Sul-Americana e a Libertadores.

O Regulamento de Segurança para Competições de Clubes 2019, publicado oficialmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), no Art. 25, proíbe, dentre inúmeros outros itens, a entrada de bandeiras e bandeirões com mais de 1,5m de comprimento e 1m de largura.

Com o novo regulamento, o número de itens proibidos nos locais dos jogos aumentou de 18 para 21 em 2019. A nova regra também prevê, no Art. 21, que, a partir de 2021, todos os ingressos sejam vendidos na internet e os lugares sejam marcados e com assentos.

O Time do Povo não pode aceitar o ônus imposto pelas medidas aos reais donos do espetáculo, os torcedores, que frequentemente pagam caro para ir a estádios desconfortáveis, com serviços de péssima qualidade, por imposição de burocratas do futebol latino-americano, que agem como se o fã fosse um estorvo e não a razão de ser do espetáculo.

Em vez de penalizar a torcida com o fim das bandeiras e dos bandeirões e dos lugares populares onde costumeiramente os torcedores, em pé, entoam seus cânticos empurrando sua equipe, que fosse feito um estudo pela Entidade sobre as melhores práticas no desenvolvimento dos espetáculos esportivos.

Bom exemplo acontecerá em breve na final do Super Bowl, em Atlanta, quando a gestora da arena hospedeira, nossa parceira IBM, estará mostrando como é colocar à serviço do torcedor todo o aparato de um estádio moderno.

Aviltam a experiência do espectador no estádio, mas nada fazem para melhorar a capacitação da arbitragem ou enriquecer a emoção do fã fiel. Sempre com a complacência da CBF na Conmebol, cujo silêncio perante os desacertos faz dela cúmplice por omissão.

Fiéis à nossa origem, vestidos com o manto alvinegro, seguimos em frente, fazendo nosso trabalho, melhorando as condições do nosso espetáculo, desenvolvendo o negócio do esporte, implementando a boa governança em nosso Clube.

A Conmebol deve despertar para estes os novos tempos: o negócio do futebol vem mudando a uma velocidade alucinante, imposta pela força dos participantes nas redes sociais, que estarão se revelando cada vez mais implacáveis com aqueles que desprezam seus anseios.

Vivemos numa sociedade violenta, é inegável, mas repudiamos as soluções de prateleira, adotadas no Continente, que optam pelo caminho mais fácil de sacrificar os quem têm menos para beneficiar os quem têm mais.

Não vamos aceitar extinguir os locais populares de nossa Arena, nela queremos não só bandeiras e bandeirões, mas também instrumentos musicais e fogos festivos. Acreditamos que o diálogo deve trazer de volta os clássicos com duas torcidas, pois sabemos que, se tratarmos o torcedor como animal, geraremos um selvagem; respeitando-o como cidadão, teremos um torcedor apaixonado.

Leia também: Conmebol revela gafe no troféu da Libertadores ao anunciar o River campeão

Leia mais:  Após chegada de Lucas Paquetá, Milan inaugura rede social em português

Andrés Navarro Sanchez

Presidente do Sport Club Corinthians Paulista

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

São Paulo bate o Ituano, Fla vence o Flu, Galo avança e Grêmio goleia fora

Publicado

por


Igor Gomes celebra seu gol pelo São Paulo contra o Ituano
Twitter/Reprodução
Igor Gomes celebra seu gol pelo São Paulo contra o Ituano

De volta ao Morumbi, o São Paulo saiu na frente do Ituano na briga por uma vaga na semifinal do Campeonato Paulista. O meio-campista Igor Gomes foi destaque da partida anotando os dois gols da vitória por 2 a 1, um em cada tempo do duelo. O ex-são-paulino Morato marcou para os visitantes.

Leia também: Prass pega pênalti e Palmeiras busca empate com Novorizontino na ida

As duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira que vem, dia 27, na cidade de Itu, e o empate favorece ao São Paulo
. Se o Ituano vencer por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis.

O técnico interino Vagner Mancini decidiu mexer na estrutura da equipe e colocou Hudson na lateral-direita, promovendo a volta de Liziero ao meio de campo. Sem Gonzalo Carneiro, que sentiu uma lesão no joelho, o time tricolor teve Everton Felipe aberto pelo lado esquerdo.

E o São Paulo fez um bom primeiro tempo, mantendo a posse de bola no campo de ataque e criando oportunidades, principalmente com o garoto Antony. O Ituano tentou apostar na velocidade de Martinelli e Morato para surpreender e chegou a incomodar um pouco a defesa dos donos da casa.

Aos 33 minutos, após boa troca de passes ofensiva, Reinaldo cruzou na medida para o jovem Igor Gomes
pegar de primeira e abrir o placar. Um golaço! Na sequência, Antony e Everton Felipe tiveram boas chances para ampliar, mas erraram na finalização.

Leia mais:  Atacante Keno é atingido por estilhaços de vidro depois de partida no Egito

No segundo tempo, os donos da casa seguiram com excelente volume de jogo e ampliaram aos 16 minutos. Antony roubou a bola na defesa adversária e rolou para Everton Felipe, que parou em defesa do goleiro Pegorari – o rebote ficou nos pés de Igor Gomes, que estufou as redes.

No lance seguinte, Hudson quase fez o terceiro, mandando uma bomba no travessão. Depois, Reinaldo também acertou a trave finalizando da entrada da área.

Leia também: Juventus e Fiorentina batem recorde no futebol feminino italiano

O goleiro Tiago Volpi fez duas excelentes defesas na sequência da etapa final, uma delas em chute à queima roupa. Mas, aos 38 minutos, Morato apareceu livre no meio da defesa do São Paulo após batida de escanteio e cabeceou para o gol, diminuindo o marcador.


Outros estaduais

No Campeonato Carioca
, o Flamengo derrotou o Fluminense por 3 a 2 no Maracanã e confirmou sua classificação à semifinal da Taça Rio, onde encara o próprio Flu na quarta-feira que vem.

Os gols do rubro-negro foram de Bruno Henrique (duas vezes) e Gabigol, enquanto Dodi e João Pedro marcaram para o time tricolor.

A outra semi do segundo turno do estadual do Rio de Janeiro será entre Vasco e Bangu. Os vascaínos só conseguiram a vaga porque o Boavista derrotou o Boavista neste domingo, beneficiando a equipe cruzmaltina.

Eliminado, o Botafogo empatou com o Americano por 2 a 2.

Leia mais:  Com estreia de CreedII, relembre outras vezes que o boxe foi destaque no cinema

Cazares fez dois gols e o Atlético-MG se classificou
Twitter/Reprodução
Cazares fez dois gols e o Atlético-MG se classificou

Pelo Campeonato Mineiro, o Atlético-MG superou o Tupynambás por 3 a 1 no duelo único das quartas de final, no Mineirão, e garantiu vaga à semifinal. No sábado, o Cruzeiro goleou a Patrocinense e também avançou.

O equatoriano Cazares fez dois gols do Galo na partida, com Ricardo Oliveira anotando o terceiro. Ademilson descontou.

Já no Gauchão, o Grêmio deu um importante passo rumo à semifinal ao golear o Juventude por 6 a 0, mesmo jogando em Caxias do Sul. O time tricolor pode perder por até três gols de diferença em casa que garante vaga.

Leia também: Paquetá marca, mas seleção brasileira sofre 1º gol pós-Copa e tropeça no Panamá

O Juventude teve o zagueiro Genílson expulso logo aos 20 minutos de jogo, facilitando as coisas para o Grêmio. Os gols da goleada foram marcados por Marcelo Oliveira, Thaciano, dois de Luan, Diego Tardelli e Felippe (contra).

Qual dos times será campeão estadual? São Paulo
no Paulista? Grêmio no Gaúcho? Quem leva o Carioca? Deixe sua mensagem no campo de comentários abaixo.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Juventus e Fiorentina batem recorde no futebol feminino italiano

Publicado

por


Juventus e Fiorentina fizeram o jogo de futebol feminino de maior público da história da Itália
Twitter/Reprodução
Juventus e Fiorentina fizeram o jogo de futebol feminino de maior público da história da Itália

Juventus e Fiorentina protagonizaram neste domingo um momento histórico para o futebol feminino na Itália: os dois times disputaram a primeira partida de mulheres na arena da Velha Senhora, o Allianz Stadium, e ainda bateram recorde de público no esporte.

Leia também: Jogo feminino entre Atlético de Madri e Barça registra novo recorde de público

Ao todo, cerca de 39 mil pessoas assistiram à vitória da Juve sobre a Viola por 1 a 0, maior presença já registrada em jogos de futebol feminino
no país. O recorde anterior era de um duelo entre Verona e Frankfurt, da Alemanha, em 2008, com 14 mil espectadores.

Vale destacar que o estádio da Juventus
tem capacidade para 41.500 torcedores.

Os ingressos foram distribuídos gratuitamente e o público aproveitou para lotar o estádio na partida mais aguardada da Série A feminina. Líder do campeonato e em busca do segundo Scudetto seguido, a Juventus fez seu único gol com a meio-campista dinamarquesa Pedersen, a poucos minutos do fim.

Com isso, a Velha Senhora chegou a 50 pontos, quatro a mais que a própria Fiorentina
, segunda colocada – a equipe de Florença foi campeã na temporada 2016/17. Faltando três rodadas para o fim do torneio, a Juve está cada vez mais perto do bicampeonato.

Leia mais:  Jornalista Roberto Avallone morre em São Paulo aos 72 anos de idade

Leia também: Aplaudida em NY, Marta chora e defende busca pela igualdade de gênero

“Quando você enche um estádio assim, é um sonho que se torna realidade”, disse a zagueira juventina Sara Gama. Já Giorgio Chiellini, ídolo do time masculino, afirmou que a partida deste domingo é um evento importante para “todo o futebol feminino”.


Juventus venceu a Fiorentina pelo Italiano de futebol feminino
Divulgação
Juventus venceu a Fiorentina pelo Italiano de futebol feminino

Leia também: Brasil entra na briga para sediar a Copa do Mundo feminina em 2023

O futebol feminino
tem crescido nos últimos anos na Itália, com a adesão de clubes do primeiro escalão nacional, como Juventus, Fiorentina, Milan, Roma, Atalanta e Sassuolo. Além disso, a Azzurra estará presente na edição deste ano da Copa do Mundo, torneio do qual não participa desde 1999.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana