conecte-se conosco


Esportes

Corinthians defende torcedores em pé e bandeirões em carta à Conmebol

Publicado


Torcedores do Corinthians fazem festa em Itaquera
Bruno Teixeira Rolo/Corinthians
Torcedores do Corinthians fazem festa em Itaquera

O Corinthians divulgou nesta sexta-feira (11) uma carta em repúdio às mudanças no Regulamento de Segurança da Conmebol, que proíbe, entre outras coisas, bandeirões com mais de 1,5m de comprimento e 1m de largura nos estádios.

Leia também: Arena Corinthians terá partes do gramado em preto e branco para temporada 2019

“O Time do Povo não pode aceitar o ônus imposto pelas medidas aos reais donos do espetáculo, os torcedores, que frequentemente pagam caro para ir a estádios desconfortáveis, com serviços de péssima qualidade, por imposição de burocratas do futebol latino-americano, que agem como se o fã fosse um estorvo e não a razão de ser do espetáculo”, diz um trecho do texto publicado pelo Corinthians.

O regulamento do ano passado já previa algumas restrições aos torcedores, porém menos do que as publicadas nesse ano. Em 2018 foram 18 proibições, e agora serão 21.

Outro ponto polêmico do Regulamento de Segurança da Conmebol é a venda de ingressos online. A entidade quer que os torcedores adquiram suas entradas apenas por meio digital e com lugares marcados.

Leia também: Corinthians anuncia Emerson Sheik e Vilson como novos gerentes de futebol

Confira a carta na íntegra

O Sport Club Corinthians Paulista manifesta seu descontentamento com as recentes resoluções publicadas pela Conmebol para a Copa Sul-Americana e a Libertadores.

O Regulamento de Segurança para Competições de Clubes 2019, publicado oficialmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), no Art. 25, proíbe, dentre inúmeros outros itens, a entrada de bandeiras e bandeirões com mais de 1,5m de comprimento e 1m de largura.

Com o novo regulamento, o número de itens proibidos nos locais dos jogos aumentou de 18 para 21 em 2019. A nova regra também prevê, no Art. 21, que, a partir de 2021, todos os ingressos sejam vendidos na internet e os lugares sejam marcados e com assentos.

O Time do Povo não pode aceitar o ônus imposto pelas medidas aos reais donos do espetáculo, os torcedores, que frequentemente pagam caro para ir a estádios desconfortáveis, com serviços de péssima qualidade, por imposição de burocratas do futebol latino-americano, que agem como se o fã fosse um estorvo e não a razão de ser do espetáculo.

Em vez de penalizar a torcida com o fim das bandeiras e dos bandeirões e dos lugares populares onde costumeiramente os torcedores, em pé, entoam seus cânticos empurrando sua equipe, que fosse feito um estudo pela Entidade sobre as melhores práticas no desenvolvimento dos espetáculos esportivos.

Bom exemplo acontecerá em breve na final do Super Bowl, em Atlanta, quando a gestora da arena hospedeira, nossa parceira IBM, estará mostrando como é colocar à serviço do torcedor todo o aparato de um estádio moderno.

Aviltam a experiência do espectador no estádio, mas nada fazem para melhorar a capacitação da arbitragem ou enriquecer a emoção do fã fiel. Sempre com a complacência da CBF na Conmebol, cujo silêncio perante os desacertos faz dela cúmplice por omissão.

Fiéis à nossa origem, vestidos com o manto alvinegro, seguimos em frente, fazendo nosso trabalho, melhorando as condições do nosso espetáculo, desenvolvendo o negócio do esporte, implementando a boa governança em nosso Clube.

A Conmebol deve despertar para estes os novos tempos: o negócio do futebol vem mudando a uma velocidade alucinante, imposta pela força dos participantes nas redes sociais, que estarão se revelando cada vez mais implacáveis com aqueles que desprezam seus anseios.

Vivemos numa sociedade violenta, é inegável, mas repudiamos as soluções de prateleira, adotadas no Continente, que optam pelo caminho mais fácil de sacrificar os quem têm menos para beneficiar os quem têm mais.

Não vamos aceitar extinguir os locais populares de nossa Arena, nela queremos não só bandeiras e bandeirões, mas também instrumentos musicais e fogos festivos. Acreditamos que o diálogo deve trazer de volta os clássicos com duas torcidas, pois sabemos que, se tratarmos o torcedor como animal, geraremos um selvagem; respeitando-o como cidadão, teremos um torcedor apaixonado.

Leia também: Conmebol revela gafe no troféu da Libertadores ao anunciar o River campeão

Leia mais:  Cidade italiana se oferece para sediar final da Libertadores entre River e Boca

Andrés Navarro Sanchez


Presidente do Sport Club Corinthians Paulista

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Saiba quem é o advogado maranhense namorado do ginasta Diego Hypólito

Publicado

por

Marcus Duarte, namorado de Diego Hyoílito, é o de cima (à direita) de camisa polo azul
Instagram
Marcus Duarte, namorado de Diego Hypólito, é o de cima (à direita) de camisa polo azul

Após assumir publicamente sua homossexualidade , Diego Hypólito revelou numa entrevista ao programa “Sensacional”, na semana passada, que vive um relacionamento há um ano e meio com um rapaz. O bicampeão mundial de ginástica não revelou a identidade do rapaz. Mas contamos quem é.

Leia também: Diego Hypólito fala após revelar ser gay: “Achava que todo mundo já sabia”

Diego Hypólito namora Marcus Duarte
Instagram
Diego Hypólito namora Marcus Duarte

O rapaz que conquistou o coração de Diego Hypólito se chama Marcus Duarte , é advogado, de uma família rica do Maranhão, mas mora no bairro nobre do Jardins, em São Paulo.

O companheiro do atleta é alto, bonito e sarado. Ele prefere o anonimato e mantém o perfil trancado no Instagram, mas é visto com frequência na roda de amigos do ginasta.

Os dois também frequentam juntos a Igreja Bola de Neve.


Marcus aparece com Diego Hypólito e uma turma de amigos na Praia da Barra, no Rio, e acompanhou o ginasta no aniversário da ex-modelo Denize Taccto, num restaurante em São Paulo. Denize, para quem não lembra, é ex-mulher de Gerson Brenner e a melhor amiga de Diego. Nos dois registros, aparece ainda Daniele Hypólito, irmã do ginasta.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Leia mais:  Presidente do Corinthians, Sanchez é internado em São Paulo após mal-estar
Continue lendo

Esportes

Polícia francesa consegue vídeos do hotel onde Neymar se encontrou com Najila

Publicado

por

Najila Trindade acusa Neymar de estupro
Reprodução
Najila Trindade acusa Neymar de estupro

As investigações do suposto caso de estupro envolvendo o atacante Neymar contra a modelo Najila Trindade , em Paris, seguem avançando.

Leia também:

Nesta quinta-feira, os jornais franceses “L’Equipe” e “Le Parisien”, informaram que a polícia local conseguiu recolher vídeos das câmeras de segurança do hotel Sofitel Arc De Triomphe, onde Neymar e a moça se encontraram no mês de maio.

As imagens são justamente do período que Najila ficou hospedada e mostra os corredores na parte externa das suítes, bem como as áreas de circulação do segundo andar, onde está o quarto 203 – ele ficou três dias por lá.

Em um quarto do hotel, ela alega ter sido estuprada pelo atacante da seleção brasileira e do PSG, no dia 15 de maio. A polícia de apreendeu o material a pedido das autoridades judiciais brasileiras.

Leia também: Najila Trindade ‘ganha’ camisa da seleção brasileira com número 171


As imagens mostram Neymar em sua chegada ao hotel, entrando no quarto e também quando ele deixou o local. O vídeo deve permitir verificar o comportamento do jogador e as declarações de Najila à polícia brasileira.

Leia mais:  Time de Berlusconi contrata irmão de Lucas Paquetá por empréstimo

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana