conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Cidades

Coordenador esclarece gestores municipais sobre repasses financeiros do Programa Calha Norte

Publicado


Os critérios e procedimentos a serem observados pelos municípios para o recebimento de recursos de convênios do Programa Calha Norte foram abordados, nesta quarta-feira (6), em uma das palestras do Workshop de orientação aos gestores municipais, realizado no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM. A reunião técnica, que teve início na segunda-feira (4), contou com a participação de prefeitos e servidores das prefeituras que atuam na área de convênios. O ciclo de palestras foi conduzido pela equipe do Programa Calha Norte, vinculado ao ministério da Defesa.

O assunto foi apresentado pelo major Alexander Xavier, coordenador de análise financeira do programa federal. O militar explicou as etapas do convênio que incluem a aprovação do projeto básico e da planilha orçamentária, aceite do processo licitatório e repasse financeiro, certificação de notas fiscais, além do envio da prestação de contas.

O oficial ressaltou que o repasse financeiro observa a superação da cláusula suspensiva, a aprovação do processo licitatório e o aporte da contrapartida por  parte do município. “É muito importante o planejamento dos gestores, pois sem o aporte da contrapartida existe o risco de paralisação da obra”, explicou.

Xavier também alertou os participantes que a liberação financeira dos recursos dos convênios para as prefeituras depende de alguns fatores, como conta corrente regularizada, situação de adimplência, entre outros.

 Considerando as restrições estabelecidas pela legislação eleitoral, o coordenador destacou que é preciso estar atento ao período de proibição de transferências voluntárias que se inicia em 2 de julho e segue até 30 de outubro. Porém, há uma situação em que o Programa poderá dar andamento aos repasses dos convênios. A exceção é com relação a recursos destinados a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou serviço já fisicamente iniciados e com cronograma. “Se o prefeito conseguiu dar início à execução física do objeto antes de 2 de julho, a Calha Norte consegue dar andamento”, frisou.

A programação terá continuidade nesta quinta-feira (7), pela manhã, quando haverá atendimentos individualizados sobre dúvidas específicas dos técnicos das prefeituras. Paralelamente ao Workshop, representantes do Calha Norte fizeram visita técnica a alguns municípios para acompanhamento de obras realizadas por meio de convênios.

A realização do Workshop foi definida no início de fevereiro quando o General de Divisão, Ubiratan Poty, e técnicos do Calha Norte se reuniram com prefeitos e equipes na AMM.  Na ocasião, o presidente da instituição, Neurilan Fraga, e prefeitos apresentaram ao dirigente demandas a serem encaminhadas junto ao programa federal.

Fonte: AMM

Comentários Facebook

Cidades

Apostador de MT ganha mais de R$ 1,5 milhão na Lotofácil

Publicado

Uma aposta de Barra do Garças (a 762 km de Tangará da Serra) conseguiu faturar mais de R$ 1,5 milhão ao acertar os 15 números sorteados na terça-feira, 05, na Lotofácil.

O apostador adivinhou as dezenas em uma aposta simples, o que significa que ele receberá sozinho o prêmio milionário. Os números sorteados foram: 02-04-06-07-08-11-15-16-17-18-21-22-23-24-25.

Além deste apostador, outros oito jogadores de Mato Grosso acertaram 14 números e ganharam R$ 1.623,51 com outras 193 pessoas no Brasil. Após este sorteio, a Lotofácil acumulou mais R$ 955.529,23 em seu prêmio e o próximo ganhador também poderá receber R$ 1,5 milhão. Os números serão sorteados novamente às 19h desta quinta-feira,0 7.

Na Lotofácil, o jogador marca entre 15 e 20 números, entre os 25 disponíveis no volante, e fatura prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números. O apostador pode ainda deixar que o sistema escolha os números por meio da Surpresinha, ou concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos através da Teimosinha. A aposta mínima, de 15 números, custa R$ 2,50.

Com Mídia News

Continue lendo

Cidades

Quatro morrem carbonizados e um fica ferido em acidente na BR-364

Publicado

Quatro pessoas morreram carbonizadas nesta segunda-feira, 04, após uma grave colisão entre uma Toyota Hilux e uma carreta, na BR-364, entre Comodoro e Campos de Júlio (389 e 313 km de Tangará da Serra, respectivamente). Além dos mortos, uma pessoa ficou gravemente ferida.

Veja abaixo o vídeo do acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos bateram de frente. O trecho na região está interditado para o atendimento da ocorrência.

Vídeo do local do acidente mostra o estrago. A caminhonete partiu ao meio com a batida. A carroceria ficou “para trás” e a cabine foi arrastada alguns metros. Veja vídeo no fim da matéria.

Nas imagens é possível ver bastante fumaça no local e alguns focos de incêndio às margens da pista.

O vídeo também mostra o corpo de um homem carbonizado no meio da pista e outros dois dentro da Hilux. “Gente queimando vivo aqui, gente, que acidente horrível. Você está doido”, narra.

O homem que gravou as imagens ainda conta que o motorista da carreta estava vivo dentro do veículo.

ATENÇÃO: IMAGENS SÃO FORTES

Com Repórter MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana