conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Confira o que abre e fecha nos órgãos públicos estaduais nesta sexta-feira (08)

Publicado


Em virtude do aniversário de Cuiabá nesta sexta-feira (08) os órgãos estaduais localizados na capital, com exceção dos serviços essenciais de saúde e segurança, não irão funcionar. Serão mantidos apenas os serviços de urgência e emergência prestados pelo Estado.

Serviços considerados essenciais, como saúde e segurança pública, permanecem funcionando. 

A capital completa 303 anos e, atualmente, o governo realiza investimentos na ordem de R$1,5 bilhão em diversas áreas, como infraestrutura, saúde, educação, segurança pública, assistência social, cultura e esporte.

Veja o que abre e o que fecha na capital neste feriado:

Saúde

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, as unidades de saúde que fecham no feriado e retomam atendimento normal na segunda-feira (11) são: Centro de Reabilitação Dom Aquino Corrêa (Cridac), Centro de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope), Centro de Referência de Alta e Média Complexidade (Cermac), Farmácia de Alto Curso e MT Hemocentro.

O Laboratório Central do Estado (Lacen), por sua vez, vai funcionar em regime de plantão. Já o Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) trabalha normalmente.

Segurança

Apenas as unidades administrativas param no feriado prolongado da capital, conforme a Secretaria de Segurança Pública (Sesp). Em Cuiabá, a central de flagrante do bairro Planalto e a central de ocorrências da Av. Tenente Coronel Duarte (conhecida como “Prainha”), estarão funcionando normalmente e devem centralizar os procedimentos de Boletins de Ocorrências.

Os batalhões da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Instituto Médico Legal (IML) e Perícia Criminal também não param os serviços durante o feriado. O IML, assim como as delegacias especializadas de Homicídio (DHPP), de Trânsito (Deletran), e a de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), estarão em regime de plantão atendendo a sociedade normalmente.

Boletim de ocorrência online

Internautas poderão obter atendimento online durante o feriado na Delegacia Virtual para registro de ocorrências envolvendo extravio/furto, furto de celular, exercício ilegal da profissão, desaparecimento de pessoas, calúnia, difamação, injúria, ameaça, constrangimento ilegal, violação de domicílio e também realizar o pré-registro de outros crimes. Para acessar a Delegacia Virtual clique aqui.

Ganha Tempo

Com exceção das unidades da Praça Ipiranga e do CPA I, localizadas na capital, as outras abrirão normalmente. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana