conecte-se conosco


Mato Grosso

Concurso para rainha da 27ª Exposerra está com inscrições abertas em Tangará da Serra

Publicado

Garotas tangaraenses que sonham em representar a Exposição Agropecuária de Tangará da Serra (Exposerra) já podem se inscrever para participarem do concurso que escolherá a rainha da 27ª edição da feira.

Em 2017, a vencedora do concurso foi Evelyn Taina Domingues, que concorreu com outras 11 candidatas. Além da Rainha, foram escolhidas a 1ª Princesa, Emilly Sanches Daher, e a 2ª Princesa, Hyorana Taissa.

A escolha será feita durante o baile que antecede a festa, marcado para acontecer no dia 24 de agosto, no salão de eventos do Parque de Exposições. A inscrição pode ser feita até o dia 20 de julho, na Band TV, Sapataria 13 de Maio, Studio Jonathan Souza e Célio Hair Cabeleireiro. As candidatas serão submetidas a julgamento de jurados que vão avaliar beleza, desenvoltura, charme e simpatia. Para participar do concurso, a candidata deve ter entre 16 e 28 anos, não pode ser casada e precisa ter acima de 1,65m de altura. No ato da inscrição, devem ser entregues 3 fotos: uma foto de rosto, uma de corpo inteiro e uma de perfil (de traje social, esporte fino ou country).

 Além das faixas e de toda a representatividade da festa, as escolhidas receberão prêmio em dinheiro. A rainha receberá R$ 1,5 mil. Já o segundo lugar para a 1ª princesa do rodeio leva para casa R$ R$700 e a 2ª princesa, premiação de R$ 500.

 

Leia mais:  Suspeito de roubo de carro em Cuiabá é preso na BR-364

 Edição passada


Em 2017, a vencedora do concurso foi Evelyn Taina Domingues, que concorreu com outras 11 candidatas. Além da Rainha, foram escolhidas a 1ª Princesa, Emilly Sanches Daher, e a 2ª Princesa, Hyorana Taissa.

 

 

Comentários Facebook

Mato Grosso

Unemat oferece 2.420 vagas para candidatos que fizeram Enem 2019

Publicado

por

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) oferece 2.420 vagas para ingresso no primeiro semestre de 2020 para quem realizou o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) deste ano. São 60 cursos de graduação presencial da Instituição e a seleção é feita por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do Ministério da Educação, que utiliza as notas do Enem.

As inscrições no SiSU ocorrerão de 21 a 24 de janeiro.

Quem desejar participar da Lista de Espera para a 2ª Chamada deve manifestar interesse pelo site do SiSU de 29 de janeiro a 4 de fevereiro.

O resultado da 1ª Chamada será publicado no dia 28 de janeiro, e os aprovados devem realizar a matrícula nos dias 29, 30 e 31 de janeiro e nos dias 3 e 4 de fevereiro.

O procedimento de verificação para estudantes negros e estudantes com deficiência será nos dias 3 e 4 de fevereiro, com divulgação do resultado do procedimento já no dia 5.

A 2ª Chamada ocorrerá no dia 7 de fevereiro.

Os interessados em participar da lista de espera para a 3ª chamada e chamadas subsequentes devem manifestar interesse pessoalmente no dia 18 de fevereiro.

As aulas iniciam no dia 10 de fevereiro, com exceção do curso de Medicina, que inicia o período letivo no dia 16 de março. A 2ª Chamada de Medicina ocorrerá no dia 4 de março.

Para conferir o edital com as informações dos cursos oferecidos pela Unemat para ingresso em 2020/1 por meio das notas do Enem, clique aqui.

O cronograma de inscrição, seleção e matrícula dos estudantes também pode ser acessado clicando aqui.

Cotas

Além das cotas para alunos oriundos de escolas públicas, dentro das quais estão inseridas cotas para indígenas e para estudantes pretos ou pardos, a Unemat também passa a incluir reserva de vagas para pessoas com deficiência (PCD) a partir deste ano.

Leia mais:  Filhotes de onça resgatados por moradores são entregues ao Batalhão Ambiental

Com a nova política, 60% das vagas ficam reservadas para alunos oriundos de escolas públicas e 40% das vagas para ampla concorrência. Dentre as vagas reservadas para alunos da rede pública de ensino, estão inseridas as cotas do Programa de Integração e Inclusão Étnico-Racial (Piier) para pretos e pardos e para indígenas, bem como as cotas para pessoas com deficiência.

Cursos com 30 vagas reservam 18 vagas para alunos de escola pública, das quais 8 são para pretos e pardos, 1 para indígenas e 1 para pessoas com deficiência, com 8 para os demais candidatos. 12 vagas serão destinadas à ampla concorrência.

Em cursos com 40 vagas, 24 são reservadas para alunos que cumpriram integralmente o Ensino Médio em escola pública. Destas 24 vagas, 10 são para estudantes negros, 2 para estudantes indígenas, 1 para estudantes com deficiência e 11 para os demais candidatos. A ampla concorrência terá 16 vagas.

Já nos cursos de 50 vagas, a ampla concorrência terá 20 vagas, enquanto os alunos de escola pública terão 30. Destas 30, os candidatos pretos e pardos terão 13 vagas, os candidatos indígenas terão duas, as pessoas com deficiência terão uma e os demais estudantes de escola pública terão 14 vagas.

Ao todo, 119 vagas são destinadas para indígenas, 607 vagas para estudantes pretos ou pardos, 60 para pessoas com deficiência, 666 para alunos da rede pública e 968 para ampla concorrência. As vagas estão distribuídas em 60 cursos, divididos entre 11 câmpus da Unemat.

Leia mais:  Aplicativo UBER inicia processo de cadastramento de motoristas

CURSOS OFERTADOS

Administração: Diamantino, Juara, Nova Mutum, Sinop, Tangará da Serra/Matutino e Tangará da Serra/Noturno

Agronomia: Alta Floresta, Cáceres, Nova Mutum, Nova Xavantina e Tangará da Serra

Arquitetura e Urbanismo: Barra do Bugres

Ciência da Computação: Alto Araguaia, Barra do Bugres e Cáceres

Ciências Biológicas: Alta Floresta, Cáceres, Nova Xavantina e Tangará da Serra

Ciências Contábeis: Cáceres, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

Ciências Econômicas: Sinop

Direito: Alta Floresta, Barra do Bugres, Cáceres, Diamantino e Pontes e Lacerda

Educação Física: Cáceres e Diamantino

Enfermagem: Cáceres, Diamantino e Tangará da Serra

Engenharia Civil: Nova Xavantina, Sinop e Tangará da Serra

Engenharia de Alimentos: Barra do Bugres

Engenharia de Produção Agroindustrial: Barra do Bugres

Engenharia Elétrica: Sinop

Engenharia Florestal: Alta Floresta

Geografia: Cáceres e Sinop

História: Cáceres

Jornalismo: Tangará da Serra

Letras: Alto Araguaia, Cáceres, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra

Matemática: Barra do Bugres, Cáceres e Sinop

Medicina: Cáceres

Pedagogia: Cáceres, Juara e Sinop

Sistemas de Informação: Sinop

Turismo: Nova Xavantina

Zootecnia: Pontes e Lacerda

CURSOS OFERTADOS (por câmpus)

Alta Floresta: Agronomia, Ciências Biológicas, Direito e Engenharia Florestal

Alto Araguaia: Ciência da Computação e Letras

Barra do Bugres: Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção Agroindustrial e Matemática

Cáceres: Agronomia, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Enfermagem, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina e Pedagogia

Diamantino: Administração, Direito, Educação Física e Enfermagem

Juara: Administração e Pedagogia

Nova Mutum: Administração, Agronomia e Ciências Contábeis

Nova Xavantina: Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia Civil e Turismo

Pontes e Lacerda: Direito, Letras e Zootecnia

Sinop: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Geografia, Letras, Matemática, Pedagogia e Sistemas de Informação


Tangará da Serra: Administração/Matutino, Administração/Noturno, Agronomia, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Enfermagem, Engenharia Civil, Jornalismo e Letras

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

PM prende homem por falsa comunicação de crime; 4 viaturas e Samu estiveram no local

Publicado

por

Policiais militares de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) prenderam nesta terça-feira (10.12) um homem, identificado como C.S.S. (41 anos), por falsa comunicação de crime, no bairro Tancredo Neves.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito acionou a PM afirmando ter esfaqueado a esposa e que aguardava socorro. Quatro viaturas da PM e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados, levando em conta a gravidade da suposta ocorrência.

No entanto, quando os agentes chegaram ao local, encontraram o homem e a mulher de 23 anos, suposta vítima, sorrindo.

C. confessou ter mentido e que o verdadeiro motivo para a chamada seria uma discussão que teve com a mulher. Ambos foram encaminhados à delegacia.

A mulher está caracterizada no B.O. como vítima.

Serviço


A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Batalhão Ambiental destaca ações de proteção ao meio ambiente e combate aos crimes ambientais
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana