conecte-se conosco



Saúde

Com a saída de médicos cubanos, Tangará da Serra remaneja atendimento nas unidades de saúde

Publicado

 A Secretaria de Saúde, adotou um sistema de remanejamento para atender a demanda da Saúde Pública, em Tangará da Serra, deixada pelos médicos cubanos que atuavam na cidade, para não gerar um colapso no sistema, que possuía a maior quantidade de profissionais do Programa no Estado, com 23 estrangeiros, na saúde pública local.

Secretário de Saúde, Itamar Bonfim.

De acordo com  informações repassadas pelo Secretário Itamar Martins Bonfim, deste total, 15 eram médicos cubanos. “Temos ainda um mexicano e 7 brasileiros que permanecem trabalhando normalmente, mas, para suprir a falta dos 15 profissionais de Cuba, desenvolvemos um remanejamento para manter o funcionamento das unidades dentro da normalidade e não prejudique a população, para isso, realocamos alguns profissionais concursados, para atenderem a Atenção Básica, a partir desta segunda-feira”. salienta Bonfim.

Em junho de 2017, a Secretaria de Saúde, anunciou a chegada de mais cinco médicos cubanos em Tangará, cadastrados ao Programa Mais Médicos.

Confira a lista de profissionais e Unidades de Saúde atendidas pelo Programa Mais Médicos: 

Eli Ambrósio do Nascimento – USF Vila Nazaré, segunda, quarta e sexta das 13h às 17h e USF Jardim Shangri-lá, terça e quinta das 13h às 17h.

Erik Lawrence Valezi Jordani – USF Jardim dos Ipês, segunda, quarta e sexta das 7h às 13h e USF Altos da Boa Vista, terça e quinta das 07h às 11h.

Leia mais:  Burger king abre mais de 30 oportunidades de emprego em Tangará da Serra

Rodineia Maciel Dutra – USF Santa Izabel – Jardim Paraíso, de segunda à sexta das 7h às 11h.

Gabriel Chaubah Barreira – USF Vila Esmeralda, segunda, quarta e sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h (período integral) e terça e quinta das 7h às 11 (meio período) e USF Jardim Europa (Clínica da Família), terça e quinta das 13h às 17h.

José Antonio Yabar Sanchez – Clínica da Família, segunda à sexta das 7h às 11h.

Heloisa Campos de Araújo – USF Vila Araputanga e encaminhados da USF Santa Lúcia, segunda a sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Alessandra Camargo dos Santos – USF Jardim Tangará I e II, segunda a sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Cleydinilce Trindade Camargo – USF Cohab I e II, segunda a sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Luiz Fernando Venturoli Custodio – USF Morada do Sol e Barcelona, segunda a sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Marcia Cristina de Souza – USF Jardim Presidente, segunda, quarta e quinta e USF Vila Alta, terça e sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Flávio Camargo de Arruda – USF Altos do Tarumã, segunda, terça, quinta e sexta e USF Cohab na quarta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Leia mais:  Princípio de incêndio é registrado após curto-circuito em liquidificador

Jerry da Silva Mota – USF Centro da Família, segunda, terça, quinta e sexta e USF Progresso na quarta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Yoleisvis Lopes Rodrigues – USF Vila Goiânia, segunda, terça, quarta e sexta das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Mutirão de Atendimento: profissionais do Hospital do Câncer de Mato Grosso, realizarão exames gratuitos neste domingo

Publicado

Os profissionais do Hospital do Câncer de Mato Grosso, estarão em Tangará da Serra, neste domingo (09), a partir das 07h30, na Unidade de Saúde Central, para um mutirão de atendimentos.

As consultas serão prestadas por oito profissionais, das especialidades médicas em; Urologia, Dermatologia,  Mastologia e Bucomaxilo. Haverá também, coleta de exame de sangue (PSA) para os homens e coleta do exame preventivo para as mulheres.

A caravana estará atendendo no dia 11 de novembro na unidade básica de saúde do centro.

O Secretário de Saúde, Itamar Bonfin, destaca que os pacientes interessados em receber as avaliações, devem procurar o Posto de Saúde Central, para fazer um pré-cadastro de reserva de consulta. “As pessoas interessadas devem buscar a unidade central e lá será feita uma ficha, garantindo o agendamento do paciente para que no domingo pela manhã, esteja apto a receber o atendimento dos profissionais do Hospital do Câncer de Mato Grosso”. Ressalta.

As vagas são para exames de pele,  preventivo do colo do útero, exame de próstata, exame de mama e buco-maxilo, a ação tem por objetivo a prevenção ao câncer em variadas classificações.

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Burger king abre mais de 30 oportunidades de emprego em Tangará da Serra
Continue lendo

Cidade

Chuvas revelam problemas em galerias e rede de esgoto

Publicado

O problema é antigo e significa um problema sanitário e de infraestrutura que precisa ser resolvido com urgência na área urbana de Tangará da Serra.

O grande número de ligações clandestinas nas redes de esgoto e de galerias de águas pluviais no perímetro urbano tem resultado em sérios transtornos e riscos à saúde da população durante as chuvas, que sempre que ocorrem expõem graves problemas nas redes de drenagem e de esgotamento sanitário da cidade.

A situação mostra o despreparo e falta de consciência de moradores. Em muitos domicílios residenciais o esgoto é jogado diretamente nas galerias de águas pluviais. A irregularidade é praticada quando da construção ou reforma dos imóveis.

Esgoto na Avenida Brasil, altura da Escola 13 de Maio: Transbordamento nas chuvas

Em alguns casos, os dejetos são oriundos de fossas cépticas cheias e em outros vêm diretamente dos vasos sanitários e das pias. O resultado é um cheiro extremamente desagradável, fétido, que invariavelmente atrai pragas como ratos e baratas, além de ocasionar criadouros de mosquitos.

Outro problema crônico é a ligação de canos das calhas das casas aos ramais da rede de esgoto. Nas chuvas, a água das calhas sobrecarrega a rede coletora, tendo como consequência o transbordamento dos efluentes em via pública, representando, além de mau cheiro, riscos de doenças.

Ligação de água proveniente de calha no ramal da rede de esgoto: Irregularidade e irresponsabilidade de moradores

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Samae) tem ciência do problema e já identificou vários casos em praticamente todos os bairros da cidade. A irregularidade rende multas aos infratores.

Leia mais:  Jovem Desaparecida: Celular de Mariana é encontrado pela polícia

Nas ligações de esgoto doméstico às galerias, a responsabilidade pela fiscalização é da Vigilância Sanitária.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana