conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Política MT

Claudinei articula recursos para o novo asfalto na região do Coxipó com o prefeito de Cuiabá

Publicado


Foto: SAMANTHA DOS ANJOS / Assessoria de Gabinete

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), recebeu o deputado estadual Delegado Claudinei (UB), no últimos dia 23 de fevereiro, na sede do Palácio Alencastro para tratar da pavimentação asfáltica no Residencial Santa Terezinha, localizado na região do Coxipó. Na oportunidade, o parlamentar esteve acompanhado dos moradores Rodrigo Rodrigues, Marcelo Siqueira e Joerico Ribeiro.

O parlamentar, que é vice-presidente da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transportes da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), disse ao chefe do executivo municipal que chegou a visitar o local e conheceu o trecho que os moradores almejam a pavimentação asfáltica. “Eles pediram um asfalto de cerca de 2 km, em um trecho que fica entre a região até a Avenida Fernando Corrêa. Conforme o que o Stopa (vice-prefeito José Roberto Stopa) nos passou, terias que ser feitos drenagem, asfalto de qualidade, com meio fio e calçada, ser de via duplicada e com 9 metros. Assim, o valor ficaria em R$ 3 milhões”, afirmou Claudinei.

Recursos – Ao entrar em contato com o deputado federal José Medeiros (Podemos), o parlamentar  explicou toda a situação do bairro e a necessidade de R$ 1,5 milhão. “Logo, ele se dispôs a contribuir e destinar essa emenda. Com isso, marquei esse encontro com o prefeito para confirmar o recurso que está para chegar e verificar a contrapartida por parte da Prefeitura de Cuiabá, com o mesmo valor para garantir o asfalto do Residencial”, esclareceu.

Emanuel, ao receber as informações de Claudinei, afirmou que firmará essa parceria. “Acertando a emenda com o deputado Medeiros, está tudo certo. Terei que licitar, ver se tem como fazer direto, que é o mais rápido, ou não. Licitar leva mais ou menos 60 dias. Vamos ver se conseguiremos fazer direto”, explicou aos residentes do Residencial Santa Terezinha.

Terreno – Na oportunidade, os moradores pediram a doação de um terreno da região ao prefeito para que pudessem construir uma base da polícia militar. Também informaram que está em fase de formação uma Associação de Comerciantes com cerca de 50 integrantes, em que todos se dispuseram a ceder os materiais para a construção do imóvel.

O gestor municipal disse que iria verificar e o deputado ficou de enviar um ofício para a prefeitura para fazer o levantamento das áreas disponíveis na região do Residencial. “Dando tudo certo, a intenção é verificar com o comandante-geral da Polícia Militar, Jonildo Assis, a disponibilidade de militares para essa futura base e pretendo contribuir com emenda parlamentar para ajudar na aquisição de mobiliários. Realmente, os moradores se queixaram muito da falta de segurança na região”, explicou o parlamentar.

Região – O Residencial Santa Terezinha I e II começou a ser habitado em 2015 e conta com aproximadamente 4.500 imóveis e cerca de 20 mil moradores.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política

Para quem ignora vacina, Governador avisa. “Uma hora pode dar m…”

Publicado

O governador Mauro Mendes (União Brasil) criticou parte da população que não completou o esquema vacinal contra a Covid-19. Para ele, a insistência negacionista pode “dar merda” para as pessoas, levando-as à internação e até mesmo à morte.

Segundo levantamento feito pela Secretária de Estado de Saúde e divulgado na terça-feira (28), dos 101 pacientes que estão internados pela Covid-19, em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de Mato Grosso, 91% não completaram o esquema de vacinação.

“Essas pessoas fizeram a opção de correr risco. Se você corre o risco, uma hora dá merda. E deu merda para essas pessoas, e pode dar a todas aquelas que continuarem insistindo nessa bobagem de não querer tomar vacina”, disse o governador à imprensa.

CÍNTIA BORGES E VITÓRIA GOMES
Mídia News

Continue lendo

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana