conecte-se conosco


Cidade

Chuva volumosa poderá chegar à região no próximo final de semana

Publicado

A região sudoeste de Mato Grosso poderá registrar chuvas volumosas superiores a 80 milímetros nos próximos dias. É o que aponta o portal Clima Tempo, um dos principais sites de meteorologia do país

O deslocamento de uma forte área de baixa pressão atmosférica vai provocar temporais e chuva em grande volume em praticamente todo o Centro-Oeste do Brasil. Em Mato Grosso, há previsões de boas chuvas de norte a sul, de leste a oeste.


Em Tangará da Serra, as chuvas fortes poderão trazer transtornos à população devido aos problemas de drenagem de águas pluviais

Em Tangará da Serra, as chuvas fortes poderão trazer transtornos à população devido aos problemas de drenagem de águas pluviais

Na região de Tangará da Serra, a pressão atmosférica provoca tempo abafado (temperaturas máximas entre 29 e 33 graus durante a semana), que favorece a umidade do ar e a formação de nuvens carregadas.

Volumes

De hoje até a noite de sexta-feira, as chuvas acumuladas poderão superar os 60 milímetros. Os maiores volumes, porém, são esperados para o próximo final de semana, quando o acumulado poderá superar os 100 milímetros no sábado e no domingo.

A chuva forte pode causar transtornos à população. No caso de Tangará da Serra, os problemas residem nos alagamentos em vários pontos do perímetro urbano, já que há deficiências e entupimentos em galerias de águas pluviais.

Entre os pontos mais problemáticos figuram a rua Júlio Martinez Benevides (imediações da Câmara Municipal), na Avenida Tancredo de Almeida Neves (região do Jardim Tanaka/Jardim do Lago), e na Avenida Ismael José do Nascimento, principalmente a partir da Rua 26 até a Escola João Batista.

Leia mais:  Polícia Civil identifica e cumpre prisão de membros de grupo criminoso atuante em roubos de gado

Comentários Facebook
publicidade

Cidade

Morador grava vídeo denunciando obra municipal que o deixou ‘ilhado’ em casa no Jardim Aeroporto

Publicado

Uma obra no bairro Jardim Aeroporto, está revoltando os moradores em Tangará da Serra.

A comunidade reclama sobre os problemas e transtornos causados pela obra. Um morador revoltado com a situação denunciou em vídeo o caso, ele descreve o caos e questiona o trabalho realizado pela prefeitura por considerar um erro a condução do serviço, devido ao acúmulo de terra em frente a casa dele, que o impede de entrar com o veículo devido a lama. Aponta ainda, que a obra poderia ser executada sem prejudicar o tráfego.


De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, a obra se refere a um sistema de dutos subterrâneos destinados à captação e escoamento de água pluvial e com a instalação de manilhas a escavação se torna obrigatória. “Foram intervenções necessárias para a realização da obra. Pedimos a compreensão dos moradores, pois não havia outra forma de executar os trabalhos. Estamos no local para amenizar os problemas e até hoje ao fim do dia, acreditamos que essa etapa seja concluída, facilitando o acesso”, explica José Bernadino.

 

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Concursos Públicos em MT: mais de 150 vagas com salários de até R$12,6 mil
Continue lendo

Cidade

Tangará da Serra: Câmara aprova chamada pública para recolhimento de animais

Publicado

Os vereadores de Tangará da Serra aprovaram por unanimidade (13 votos a zero) o projeto de lei 07/2019, de autoria do Executivo Municipal, que abre crédito especial de R$ 52,9 mil para cobertura de despesas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Com o crédito suplementar confirmado, o município, através da secretaria, realizará chamada pública para contratação de entidade – provavelmente Organização Não Governamental (ONG) – para o serviço de recolhimento, tratamento e castração de animais de rua.


Animais de rua: Abandono e riscos sanitários

A medida tem origem em multa que teve, por determinação judicial, o valor revertido para este fim. Segundo a mensagem do projeto, o objetivo é assegurar a proteção e a manutenção da saúde animal.

Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O município não dispõe de estrutura física, funcional e logística para o recolhimento e tratamento dos animais de rua, daí a necessidade de uma chamada pública, na qual será exigida a completa regularidade das entidades participantes do certame, que ainda não tem data prevista para acontecer.

Propositura

A aprovação do PL 07/2019 coincide com propositura apresentada em julho do ano passado pelo vereador Wilson Verta (PSDB), que indicou ao Executivo Municipal a implementação de uma política pública de defesa dos animais.

Verta apresentou propositura em julho do ano passado

O vereador destacou, na ocasião, que há uma constante e crescente prática de abandono de animais por parte da população, seja por nascimento indesejado, seja por incapacidade financeira ou, ainda, situações de saúde.

Leia mais:  Nove são presos por tráfico de drogas em várias cidades do Estado

Verta observa que a responsabilidade por providenciar os cuidados a animais de rua é do poder público, a começar pelos riscos sanitários e, eventualmente, de ataques que os animais à solta podem provocar e, até mesmo, receber.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana