conecte-se conosco


Entretenimento

Chris Columbus fala de Robin Williams e “medo de ir pra Rússia” na CCXP 2018

Publicado

O painel de abertura da CCXP 2018 foi uma homenagem ao cineasta Chris Columbus
, responsável por diversos filmes que marcaram crianças de diferentes gerações. O americano de 60 anos, em sua primeira vez no Brasil, falou sobre seu legado, se encantou com amor dos brasileiros por alguns de seus filmes e o entusiasmo com a Netflix.


Painel de abertura da CCXP 2018 presta homenagem ao cineasta Chris Columbus
Gabriela Mendonça/iG São Paulo
Painel de abertura da CCXP 2018 presta homenagem ao cineasta Chris Columbus

Leia também: Está chegando! Tudo o que você precisa saber sobre a CCXP 2018

Antes de anunciar Chris Columbus no auditório Cinemark, o apresentador do painel Eric Borgo apresentou um curta para celebrar o fato da CCXP 2018
ser “a maior de todos os tempos”. O vídeo, bem no espírito dos filmes mais famosos de Columbus, mostrou crianças descobrindo HQs e se vestindo de heróis.

Mais tarde o cineasta disse que durante sua infância, em uma cidadezinha de Ohio, se refugiava nas HQs da Marvel e queria ser ilustrador. Só quando viu pela primeira vez “O Poderoso Chefão” que percebeu que “queria dirigir filmes”.

Redescobrindo um legado na CCXP 2018


Homenageado na CCXP, Chris Columbus fala sobre
Reprodução
Homenageado na CCXP, Chris Columbus fala sobre “Harry Potter” e demais filmes dirigidos

Columbus confessou surpresa com o status de seu cinema oitentista e expressou preferência por “Gremlins”, que escreveu e produziu, mas disse que passou a compreender melhor o peso de “Goonies”, do qual também foi roteirista, quando começou a fazer “ Harry Potter
e a Pedra Filosofal”. Ele reconhece a importância do filme pelo elo emocional criado junto aos fãs.

Leia mais:  “Programa da Maísa” estreia com nostalgia, debate sobre bullying e bomba na web

O cineasta mostrou-se surpreso com a receptividade dos brasileiros a “O Homem Bicentenário” (1999), que teve uma de suas cenas apontada como as preferidas dos fãs brasileiros em uma enquete promovida pela organização do evento. Borgo tentou contextualizar dizendo que o filme é um “clássico da Sessão da Tarde” por aqui e deixou o cineasta positivamente surpreso com o efeito do drama sobre os brasileiros.

Leia também: As 10 maiores atrações internacionais da CCXP 2018

Ainda sobre “O Homem Bicentenário”, ele comentou que Robin Willians foi um ator especial de se trabalhar. “Ele dava o seu melhor o tempo todo e sempre queria reagir da melhor maneira possível aos outros atores”, recordou-se o diretor que também dirigiu o ator morto em 2014 em outro clássico dos anos 90, “A Babá Quase Perfeita” (1993).

Filme favorito e novos projetos


Chris Columbus fala sobre o novo filme
Divulgação
Chris Columbus fala sobre o novo filme “Crônicas de Natal”

Columbus falou bastante sobre seu novo filme, “Crônicas de Natal”, que produziu para a Netflix e revelou que trabalhar com Kurt Russell foi uma das experiências mais prazerosas de sua carreira. Por falar na plataforma de streaming, o cineasta mostrou entusiasmo com as possibilidades ensejadas pela gigante do entretenimento.

“Essas adaptações de HQs são muito legais, mas os estúdios deixam de fazer filmes originais e a Netflix está reservando grandes orçamentos para fazer esses filmes”, observou sobre a lacuna na indústria que a empresa está preenchendo.  Ele vê o modelo d enegócio desenhado pela Netflix, de lançar filmes no cinema e disponibilizá-los após curta janela globalmente em sua plataforma, como “o futuro do cinema”.

Leia mais:  Janaína descobre o ingrediente alucinógeno do doce leite em “Verão 90”

O cineasta falou muito pouco sobre “Harry Potter”, mas confessou que tinha “medo de ter que se esconder na Rússia caso fizesse uma cagada muito grande”, mas entregou qual o filme que mais gosta em sua filmografia. “’É Rent, os boêmios” um filme que pouca gente viu, mas que quando vi a montagem na Broadway me apaixonei e fui muito feliz de conseguir pôr no filme quase todo o elenco original”.

Leia também: Globo investe na CCXP 2018 e leva “Ilha de Ferro” como carro-chefe para o evento

Com Columbus e muita nostalgia, CCXP 2018
não poderia ter tido um pontapé inicial mais feliz. 

*Com reportagem de Gabriel Mendonça

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Keanu Reeves diz que toparia interpretar Wolverine nos cinemas

Publicado

por


keanu reeves
Divulgação
Há somente mais um papel que Reeves gostaria de interpretar: o de Wolverine, membro bastante polêmico dos X-men

Keanu Reeves é uma figura querida pelos cinéfilos desde que salvou o mundo como Neo em Matrix. Agora que se encontrou no personagem John Wick, que se transformou em uma franquia cujas ramificações emanam do cinema para os games e para a TV, há somente mais um papel que Reeves gostaria de interpretar: o de Wolverine, membro dos X-men.

Leia também: “John Wick 3” amplia universo da franquia e traz cenas de ação alucinantes

A revelação foi feita durante uma entrevista ao BuzzFeed. No vídeo, Keanu Reeves aparece brincando com cachorrinhos e responde a algumas perguntas de fãs. Um dos intenautas quis saber qual personagem Reeves gostaria de interpretar – e o ator foi categórico: “Quando eu era criança, eu sempre quis ser o Wolverine, então, o Wolverine
.”

Interpretar o Wolverine nas telonas não deve ser um sacrifício para Reeves. Versátil e adaptável a qualquer papel, o ator já fez comédias como Bill & Ted: Uma Aventura Fantástica, suspenses como Advogado do Diabo e até chegou a se aventurar pelo mundo das artes marciais em O Homem do Tai Chi.

Será que Keanu Reeves
daria um bom Wolverine? Os fãs podem até não ter uma resposta para esta pergunta, mas torcem para que seu desejo de infância será realizado.

Leia mais:  Canção natalina Baby, It’s Cold Outside causa polêmica com letra e é censurada

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Tiago Iorc é primeiro convidado em retorno da série Acústico MTV

Publicado

por


Tiago Iorc
Reprodução/Instagram
Tiago Iorc lançou novo disco, “Reconstrução”, de surpresa

Série de grande sucesso nas décadas de 1990 e 2000, o projeto”Acústico MTV” será retomado no Brasil em 2019. A emissora confirmou a informação através de uma nota nesta quarta-feira. E a primeira atração do retorno já está escolhida: o cantor e compositorTiago Iorc . 

Leia também: Maluma, baby! Colombiano é o rei das parcerias com pop stars da música

A apresentação fechada para convidados, a ser gravada no dia 30 de maio, será a primeira de Tiago Iorc
 desde o lançamento surpresa de seu mais recente álbum, “Reconstrução” , que bateu recordes de streaming no começo do mês . O músico está longe dos palcos desde que decidiu tirar um período sabático há quase um ano e meio. A data de exibição do “Acústico MTV Tiago Iorc” ainda não foi definida.

Felipe Simas, empresário do músico, comemorou o convite: “O ‘ Acústico MTV
‘ ocupa um lugar bastante especial na memória afetiva de todos nós ligados à indústria da música no Brasil. Ter o Tiago como o primeiro artista dessa nova geração a reviver esse projeto é uma enorme satisfação”.

Até hoje, o recordista de vendas do “Acústico MTV
” é o da banda Kid Abelha, que vendeu mais de 2 milhões de unidades físicas só no Brasil. Artistas como Gilberto Gil, Legião Urbana, Cássia Eller, Charlie Brown Jr., Capital Inicial e Rita Lee também gravaram edições memoráveis. A última tinha sido a de Arnaldo Antunes, em 2011.

Leia mais:  Histórias de vingança e tramas fracas marcam as novelas em2018

Leia também: “Estou me divertindo”, diz Paula Fernandes sobre repercussão de Shallow

No mercado internacional, o “MTV Unplugged” teve como show mais histórico o da banda Nirvana, gravado em 1993. Mas astros como Bob Dylan, Paul McCartney e Eric Clapton também participaram. A MTV retomará o projeto globalmente. Nos Estados Unidos, Shawn Mendes foi escalado como primeira atração, assim como Tiago Iorc
no Brasil.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana