conecte-se conosco


Mato Grosso

CGE reestrutura setor de inteligência para reforçar o controle preventivo

Publicado

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) vai reforçar o uso da tecnologia da informação para fiscalizar a aplicação dos recursos públicos no âmbito do Poder Executivo Estadual. Para isso, foi criada uma unidade administrativa de inteligência de controle interno na estrutura organizacional da Controladoria.


A ideia é sistematizar a análise de bases de dados, por meio da aplicação de método científico para cruzar informações de diferentes fontes do Estado e de outras esferas, para a identificação mais tempestiva de situações que possam constituir irregularidades, principalmente fraudes, desvios e danos ao erário.

De posse dessa espécie de “malha-fina”, a CGE poderá realizar auditorias eletrônicas e emitir relatórios às secretarias quanto a possíveis práticas inadequadas logo no início dos trâmites para possibilitar a adoção de providências antecipadas de correção.

“A partir das auditorias eletrônicas, o próprio setor de inteligência vai gerar relatórios aos órgãos estaduais, caso os dados eletrônicos sejam suficientes, como parte do chamado controle concomitante. Caso seja necessário analisar documentos para a produção do relatório, os dados eletrônicos serão encaminhados aos demais setores finalísticos da CGE”, explica o superintendente de Inteligência de Controle Interno, Joelcio Caires.

Nesse contexto, o trabalho de inteligência vai possibilitar a geração de trilhas de auditoria, o que contribuirá para a rapidez, precisão e alcance de ações regulares de controle interno e de auditoria dos demais setores finalísticos da Controladoria.

Leia mais:  MTPREV institui bloqueio de pagamentos estornados por banco

“O uso da tecnologia da informação otimiza o desempenho dos trabalhos de auditoria, sobretudo nas situações que envolvam amplo universo de dados, como no caso de monitorar a existência de relações pessoais entre sócios de uma empresa e os servidores do órgão que a contratou; as licenças médicas, para verificar, por exemplo, se há servidores usufruindo deste tipo de licença mas para fim diverso do tratamento de saúde; as licenças por interesse particular, para verificar, por exemplo, se há servidores em gozo deste tipo de licença para exercer atividades em conflito de interesses com o cargo público”, exemplifica o secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida.

A Controladoria começou a lançar mão da tecnologia da informação e inteligência de negócios há mais de seis anos para dar efetividade a alguns trabalhos de auditoria. Contudo, faltava sistematizar a análise de bases de dados para possibilitar o uso mais frequente das informações produzidas não somente nas auditorias, mas também no controle preventivo.

A necessidade foi identificada por grupo de trabalho constituído para planejar, propor e desenvolver soluções tecnológicas no âmbito da CGE. “Por isso constituímos um setor especializado para cuidar da produção de conhecimento de controle interno já que o uso da tecnologia é um caminho sem volta e precisamos dela para potencializar o trabalho dos auditores em apoio à boa e regular gestão dos recursos públicos”, acrescenta o secretário-controlador. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Preso suspeito de roubar mais de cinco estabelecimentos comerciais

Publicado

por

Na tarde deste domingo (21.04), policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar prenderam J.M.S.S. (27), no bairro Dom Pedro II em Rondonópolis.


O homem foi preso após ter assaltado uma farmácia. Ao checar os dados do suspeito foi constatado que ele teria praticado mais cinco roubos em estabelecimentos comerciais da cidade.

Os Policiais foram acionados pelo proprietário da farmácia. O homem foi preso em posse de um simulacro de arma e com o dinheiro subtraído do caixa do estabelecimento, nas imediações do local do crime. Ele foi reconhecido pelos policiais, como autor de mais cinco roubos, gravados por câmeras de vigilância.

Em um dos vídeos, o suspeito aparece praticando o crime com usando o mesmo boné apreendido pela PM no dia hoje. 

O proprietário da farmácia roubada também reconheceu o suspeito que foi conduzido para a delegacia de flagrante.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Informações falsas motivaram corrida pelo ouro em Aripuanã
Continue lendo

Mato Grosso

Trio suspeito de fazer idosos reféns em assalto é preso em Várzea Grande

Publicado

por

Policiais Militares de Várzea Grande prenderam na noite deste sábado (20.04) três homens suspeitos de roubarem um casal de idosos em uma fazenda em Rosário Oeste. As prisões foram realizadas no bairro Mapim.


O crime ocorreu em uma fazenda na BR-070. Os suspeitos invadiram armados o imóvel, depois de desligarem o circuito de câmeras. Uma das vítimas, de 63 anos, foi agredida com golpes na cabeça e o casal foi trancado em um dos cômodos da casa, que foi revirada pelos assaltantes que buscavam objetos de valor. De acordo com as vítimas, todas as portas da residência foram arrebentadas pelos suspeitos.

Os três suspeitos do crime, J.S.P. (30), D.A.J. (20) e R.N.F.M. (24), foram presos por policiais que faziam rondas na região do Mapim. Os militares desconfiaram dos ocupantes de um veículo Polo, que vinha do município de Jangada em alta velocidade.

O condutor do veículo, ao se deparar com a polícia, tentou fugir, mas acabou batendo o carro no meio-fio, capotando e caindo dentro um buraco. O suspeito R.N.F.M. saiu do carro atirando contras os policiais com um revólver calibre 38, dando início a um tiroteio em via pública. O suspeito foi baleado e encaminhado para receber atendimento no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande. Os outros dois suspeitos foram encaminhados para a delegacia de flagrantes.
 
A polícia localizou a caminhonete Chevrolet S10 que havia sido roubada e todos objetos subtraídos do casal. O veículo teve o rastreador arrancado pelos suspeitos. Dentro do carro abandonado havia três televisores 32 polegadas, joias, motosserra e uma roçadeira, dentre outros objetos.

Leia mais:  Campeão mato-grossense será conhecido no próximo domingo na Arena Pantanal

No Polo utilizado para a fuga, foram apreendidos dois rádios comunicadores HT e R$ 570. Uma das armas utilizadas no roubo também foi apreendida. Em diligências a PM descobriu que um dos suspeitos detidos tinha em sua casa uma motocicleta também roubada. O suspeito J.S.P. tem sete passagens pela polícia por vários crimes.

Neste domingo (21.04), o suspeito conduzido para o Pronto Socorro de Várzea, R.N.F.M veio à óbito no PSM de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana