conecte-se conosco


Mato Grosso

Centro de Triagem na Arena Pantanal segue rigoroso protocolo de higienização

Publicado


.

Por dia, cerca de 600 pessoas passam pelo Centro de Triagem na Arena Pantanal em busca de atendimento para realização do teste da Covid-19.  Com grande número de pessoas circulando no local, há um rígido protocolo de higienização para reduzir os riscos de contágio do novo coronavírus.

Para realizar todo processo de limpeza dos espaços, uma força-tarefa conta com a dedicação de 30 profissionais de limpeza responsáveis por todo o complexo de saúde.

De acordo com Graciele Marques Rodrigues, coordenadora da equipe de profissionais da limpeza, quando os atendimentos são encerrados, todos os espaços do Centro de Triagem passam por limpeza.

“No período noturno é realizada a desinfecção geral: teto, paredes, chão e mobílias”, explicou. 

Além de contar com rigoroso processo de limpeza, o Centro de Triagem está equipado com 22 aparelhos de toten dispenser de álcoool 70%, espalhados em pontos estratégicos. O aparelho permite higienização automática das mãos sem precisar tocar ou apertar nenhum botão. Para isso, basta colocar as mãos dentro do espaço para receber uma grande borrifada.

Todo os parelhos usados no processo de triagem. A exemplo, o esfigmomanômetro (utilizado para aferir pressão) e termômetro digital, sempre são desinfetados antes de serem utilizados em um novo atendimento.  O aparelho de tomografia passa pelo mesmo processo de limpeza após ser utilizado. Esse procedimento é realizado pelo profissional de saúde.

Quem passa pelo local garante que o ambiente está limpo e não representa insegurança. A paciente Meire Oliveira esteve no Centro de Triagem, na quarta-feira (29) para realizar o teste da Covid-19. Contou que ficou impressionada com a estrutura e organização.

“Aqui é tudo muito bem organizado, é tudo muito limpo. Os profissionais estão paramentados, tem álcool em todos os lugares para gente limpar as mãos, os banheiros estão bem limpinhos, eu gostei bastante. Essa parte de higienização está muito boa, eu não me senti insegura, o Governo e os profissionais estão de parabéns”, elogiou a paciente.

Uma das coordenadoras que atua na linha de frente do combate à Covid-19, Patrícia Dourado, disse que todo esse trabalho vem sendo reconhecido pelas pessoas é decorrência “de um treinamento realizado com todos os profissionais para a limpeza de cada objeto utilizado no atendimento. “Tudo foi pensado seguindo os manuais da Anvisa e tudo que preconiza a organização Mundial de Saúde”.

Ela conta ainda que os profissionais tiveram treinamentos específicos sobre troca de roupas de maneira segura e onde dispensar material descartável. “Foi tudo muito bem pensado para garantir a segurança de todos”, explicou a gestora.  

Serviço

O atendimento no Centro de Triagem da Covid-19 é uma ação promovida pelo Governo de Mato Grosso para auxiliar à Atenção Básica municipal de saúde no combate à pandemia.

O Centro foi montado na Arena Pantanal que fica localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

O atendimento no Centro de Triagem funciona de segunda-feira a sábado, das 7h às 17h. São entregues até 600 senhas das 6h às 6h45. É obrigatório o uso de máscaras de proteção e as equipes do Corpo de Bombeiros monitoram o local para garantir a organização do espaço durante a entrega das senhas.

Para saber mais sobre o passo a passo de como funciona o atendimento clique aqui.

Para saber como chegar ao Centro de Triagem na Arena Pantanal clique aqui. 

 

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Economia

Em agosto, concessionária de energia retoma corte por falta de pagamento em MT

Publicado

A partir do dia 1º de agosto, as concessionárias de energia elétrica poderão retomar o corte de energia elétrica por falta de pagamento. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a revisão da Resolução Normativa nº 878/2020, que estabelece a volta do corte para consumidores residenciais e comerciais que atuam no segmento de atividades consideradas essenciais, desde que estes sejam devidamente informados ou avisados previamente sobre a ação.

A distribuidora deve enviar ao consumidor uma nova notificação sobre a existência de pagamentos pendentes, ainda que já tenha encaminhado aviso em período anterior para o mesmo débito.

A ANEEL decidiu também manter a proibição de cortes de energia por falta de pagamento para alguns grupos de consumidores que se enquadram nos perfis descritos pela agência enquanto durar o estado de emergência da pandemia. Conforme prevê o Decreto Legislativo nº 6/2020 que o prazo atualmente vai até o final de 2020. São eles:

  • Consumidores de baixa renda;
  • Unidades onde morem pessoa que dependa de equipamentos elétricos essenciais à preservação da vida;
  • Unidades que deixaram de receber a fatura impressa sem autorização do consumidor;
  • Aqueles em locais sem postos de arrecadação em funcionamento (como bancos e lotéricas, por exemplo) ou nos quais a circulação de pessoas seja restringida por ato do poder público.

Com as novas regras, diversas atividades também devem ser retomadas pelas distribuidoras a partir do dia 1º de agosto, tais como:

  • Atendimento presencial ao público: a ANEEL também ressalta que “eventuais restrições devem ser discutidas com a autoridade de saúde local, que tem competência legal para avaliar a viabilidade da execução dos serviços no contexto de restrições frente à pandemia”.
  • Entrega da fatura impressa na residência do consumidor: se a leitura do consumo residencial não for possível, a empresa deve oferecer condições para a auto releitura ou fazer a média do consumo dos últimos 12 meses.
  • Cumprimento de prazos e indicadores anteriormente exigidos: a norma prevê também que os serviços solicitados que não foram atendidos, tal como o ressarcimento por danos causados em equipamentos, devem ser regularizados até o dia 31/08 .

Vale lembrar que a ANEEL manteve a bandeira tarifária na cor verde até o dia 31 de dezembro de 2020, sem custo adicional na conta do consumidor. E que a Lei nº 14.015/2020  proíbe cortes de água e energia elétrica nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados ou vésperas de feriado.

Os consumidores que não tiverem suas demandas resolvidas pela distribuidora também podem entrar em contato com a Ouvidoria da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager-MT) pelos canais de atendimento disponibilizados, como o telefone 0800 727 0167 ou WhatsApp (65) 98435-7458. A AGER-MT é responsável por desenvolver, por delegação da ANEEL, os procedimentos de fiscalização dos serviços públicos de distribuição e geração de energia elétrica no Estado de Mato Grosso.

Além de poder registrar reclamação de forma presencial no Procon Estadual, outra alternativa para os consumidores registrarem sua reclamação contra a Energisa, ainda, é o Consumidor.gov.br. Disponível aos consumidores desde 2014, a plataforma de reclamação online tem sido o principal instrumento para os consumidores registrarem suas reclamações durante a pandemia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Policial Militar e filho de sargento estão entre os seis mortos em confronto com o Bope

Publicado

Um policial militar e o filho de um sargento estão entre os seis mortos nesta quarta-feira (29), em confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope), nos fundos do Berlvedere II, bairro Itamaraty, em Cuiabá.

Conforme o apurado, o PM e o filho do sargento estariam entre os mortos. A assessoria de imprensa da corporação confirmou as informações. As identidades de todos estão sendo confirmadas em exames de necropsia, no Instituto Médico Legal (IML) para onde os corpos foram levados. No local, foi encontrada uma arma que pertenceria a um policial militar.

Conforme as informações iniciais, os bandidos estavam em dois carros (Corolla blindado e Uno) e atiraram contra a viatura do Bope. Os PMs responderam os disparos e seis bandidos acabaram atingidos.

Segundo o  tenente-coronel Ronaldo Roque da Silva, comandante do Bope, disse que os bandidos estavam sendo monitorados desde a última terça-feira (28). No local onde os criminosos foram mortos, os PMs encontraram três revólveres e a mesma quantidade de pistolas.

Um dos homens usava colete balístico da PM e outro tornozeleira eletrônica. Uma máscara de palhaço também foi apreendida.

 

 

Fonte:OlharDireto

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana