conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Centro de Equoterapia e Equitação da Cavalaria da PM dobra atendimento a população

Publicado


A duplicação da pista do Centro de Equoterapia e Equitação do Regimento Montado da Polícia Militar de Mato Grosso – Cavalaria, dará início ao projeto ‘Efeitos da equoterapia na inclusão social de crianças e adolescente imigrantes’ e a prática de volteio interativo. Noventa famílias passarão a ser atendidas no local.

Os projetos foram lançados na manhã desta quarta-feira (21.07), com a presença do comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, que destacou o trabalho ostensivo e a consolidação dos serviços sociais desenvolvidos pela unidade que é o embrião da corporação. Todas as medidas de biossegurança foram tomadas.

“É um orgulho poder fazer parte dos avanços dessa unidade. Com a ampliação da pista, mais famílias poderão ser assistidas com as ações sociais que ajudam no desenvolvimento de tantas crianças de adolescentes”, destacou o comandante.

Na avaliação do comandante da Cavalaria, tenente-coronel Walmir Barros Rocha, a duplicação da pista enriquece ainda mais o corpo da tropa e a identidade do Regimento Montado e caminha diretamente à filosofia de Polícia Comunitária, obedecendo suas doutrinas e aproximando a Polícia Militar dos cidadãos.

“Desenvolvemos um trabalho social e oportunizamos ajudar mais pessoas passando de 45 para 90 famílias atendidas na equoterapia. O espaço reúne, em único lugar, o trabalho do Comando Especializado – unidade Cavalaria da PM, aliado ao conhecimento científico da UFMT, em prol do atendimento às crianças que necessitam deste método terapêutico e educacional”.  

Foto: SD Elias 

A pró-reitora e coordenadora do Centro de Equoterapia da UFMT, Liziane Pereira de Jesus, conta que a unidade desenvolve um trabalho multidisciplinar de cunho filantrópico e prioriza a população de baixa renda.

Ela destacou o projeto ‘Efeitos da equoterapia na inclusão social de crianças e adolescentes imigrantes’ – que beneficia 10 crianças e adolescentes com idade entre 2 e 17 anos.

“O trabalho vem sendo desenvolvido desde 2010 e junto com a Pastoral do Migrante estamos associando essa interação com o cavalo e vem surtindo efeito positivo de socialização com os participantes do projeto”.

Além do cunho social, o Centro de Equoterapia agrega uma série de projetos das mais diversificadas áreas, contribuindo e fomentando o ensino, a pesquisa e a extensão, pilares que orientam a conduta institucional. O espaço é voltado para famílias de baixa renda. Crianças com deficiência ou necessidades especiais são atendidas no espaço gratuitamente. 

Participaram da solenidade, o subchefe de Estado Maior, coronel Calor Eduardo Pinheiro da Silva, deputado Ulysses Moares, oficiais, alunos e familiares da equoterapia e sociedade civil organizada. 

Foto: SD Elias 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Barra do Bugres

Carro roubado é recuperado pela PM em Nova Olímpia

Publicado

A Polícia Militar de Nova Olímpia com apoio da corporação de Barra do Bugres conseguiu recuperar um carro que havia sido roubado. Ainda durante a ação policial, um casal foi detido, suspeito de terem cometido o crime de receptação, pois afirmaram aos oficiais que haviam comprado o veículo de um terceiro.

De acordo com o boletim de ocorrência, o veículo, uma Saveiro, foi recuperado ao ser visto no Bairro Aeroporto em Nova Olímpia, estacionado e sem placa dianteira, apenas com a placa traseira indicando que o carro era de Altamira, Pará.

Ao proceder com a checagem via Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), os policiais identificaram que se tratava de um veículo roubado. Após diligências à procura do suspeito, a PM identificou um casal que afirmava ter adquirido o carro. Ambos foram encaminhados à Delegacia de Polícia.

Continue lendo

Polícia

Operação Lei Seca flagra quatro motoristas embriagados e seis dirigindo sem habilitação em VG

Publicado

por


Quatro motoristas foram presos ao serem flagrados em blitz da Operação Lei Seca dirigindo embriagados. A 30ª edição da ação ocorreu às 23h56 de quarta-feira (28.07), na Avenida Dom Orlando Chaves, no bairro Ponte Nova, em Várzea Grande. As abordagens foram até às 1h30.

Outras seis pessoas foram flagradas dirigindo sem habilitação e tiveram que assinar Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Em uma hora e meia foram aplicados 53 testes de alcoolemia e 53 veículos fiscalizados. Deste total foram removidas 19 carros e 6 motocicletas. Nove carteiras de habilitação foram recolhidas.

Também foram aplicadas 29 notificações. Sete pessoas estavam sob efeito de álcool, duas se recusaram a fazer teste de alcoolemia, seis por dirigir sem habilitação, 13 conduziam veículo sem registro ou não licenciado.

A Operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Guarda Municipal, Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas (SOE).

Fonte: PM MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana