conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Casal de traficantes é preso pela Polícia Civil com pasta base de cocaína

Publicado

Assessoria PJC | MT

Em prosseguimento às atividades ininterruptas de repressão à criminalidade, especialmente ao tráfico de drogas no município de Castanheira (779 km a Noroeste), a Polícia Judiciária Civil prendeu neste final de semana um homem e uma mulher que realizavam comércio de entorpecentes. Em um período de 40 dias, 14 traficantes foram presos em ações da PJC na região.

O casal foi preso em flagrante, no sábado (10), em uma residência no bairro Guadalupe, por volta das 10h da manhã. A ação se deu em cumprimento a mandado de busca e apreensão domiciliar realizado por policiais civis dos municípios de Castanheira e Juína.

Identificados como Marelo Prado Machado, 39, conhecido como “1313”, e Rosilândia Analia Trindade, 42, os suspeitos eram investigados pela atuação no tráfico de drogas.

Durante as buscas na residência foi encontrado em cima de um guarda roupa, em um balde vermelho, um invólucro contendo substância análoga a pasta base de cocaína. Também foi apreendida no local uma motocicleta, (Honda NXR Broz), utilizada pelos suspeitos na distribuição dos entorpecentes, e objetos de procedência duvidosa: como uma ferramenta maquita (marca Skil, cor preta) e dois celulares (01 Samsumg e 01 alcatel, ambos de cor preta).

Repressão

O delegado Marco Bortolotto Remuzzi, que atua nas delegacias de Juína e Castanheira, destaca o esforço de todo o efetivo da Polícia Civil na repressão qualificada ao tráfico de drogas na região.

“As investigações resultaram em 14 prisões de traficantes em apenas 40 dias. Estamos fechando o cerco para esse tipo de crime em Juína e Castanheira. Seguimos empenhados para que novas prisões aconteçam nos próximos dias. O tráfico não terá trégua em nossa região”, enfatiza o delegado.

Dois dias antes da prisão do casal em Castanheira,um homem foi preso pela Polícia Civil por tráfico de drogas no Terminal Rodoviário de Juína, com tabletes de pasta base de cocaína. (Saiba mais AQUI)

Após os procedimentos de praxe na delegacia, o suspeito Marcelo foi encaminhado para unidade prisional. Já Rosilândia aguardará na delegacia para ser apresentada em audiência de custódia na segunda-feira (12), em razão de não ter cadeia feminina no local da prisão.

 

 

 

Comentários Facebook

Cidades

Quatro morrem carbonizados e um fica ferido em acidente na BR-364

Publicado

Quatro pessoas morreram carbonizadas nesta segunda-feira, 04, após uma grave colisão entre uma Toyota Hilux e uma carreta, na BR-364, entre Comodoro e Campos de Júlio (389 e 313 km de Tangará da Serra, respectivamente). Além dos mortos, uma pessoa ficou gravemente ferida.

Veja abaixo o vídeo do acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos bateram de frente. O trecho na região está interditado para o atendimento da ocorrência.

Vídeo do local do acidente mostra o estrago. A caminhonete partiu ao meio com a batida. A carroceria ficou “para trás” e a cabine foi arrastada alguns metros. Veja vídeo no fim da matéria.

Nas imagens é possível ver bastante fumaça no local e alguns focos de incêndio às margens da pista.

O vídeo também mostra o corpo de um homem carbonizado no meio da pista e outros dois dentro da Hilux. “Gente queimando vivo aqui, gente, que acidente horrível. Você está doido”, narra.

O homem que gravou as imagens ainda conta que o motorista da carreta estava vivo dentro do veículo.

ATENÇÃO: IMAGENS SÃO FORTES

Com Repórter MT

Continue lendo

Barra do Bugres

Pai e filhos são presos na Barra por matar homem com tiro e golpes de facão em Alagoas

Publicado

O Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Tangará da Serra, coordenado pelo Delegado Adil Pinheiro de Paula, com apoio da Delegacia de Barra do Bugres e atendendo a uma solicitação do Núcleo de Inteligência da SSP de Alagoas, cumpriu nesta manhã de quinta-feira, 30, três mandados de prisão pelo crime de homícidio.

Os três indivíduos presos são pai e filhos. O crime aconteceu no Assentamento São Luiz, Povoado de Ouricuri, zona rural da cidade de Atalaia no Estado de Alagoas.

Segundo o Delegado Adil Pinheiro, os suspeitos em dezembro de 2012 assassinaram a vítima Jakson Batista da Silva com disparo de arma de fogo e golpes de facão. Os criminosos estavam escondidos em Barra do Bugres.

De acordo com a PJC, os presos passaram por exame de corpo delito e foram encaminhados para a Cadeia Pública de Barra do Bugres, onde ficam a disposição da justiça.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana