conecte-se conosco


BemRural

CAFÉ/CEPEA: Altas externa e do dólar impulsionam preços do arábica

Publicado

Cepea, 25/03/2020 – Os aumentos dos valores internacionais do café arábica e do dólar, que, por sua vez, são influenciados pelas incertezas globais diante da pandemia de coronavírus, têm elevado as cotações da variedade no mercado doméstico. O Indicador CEPEA/ESALQ do café tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, avançou 44,84 Reais por saca de 60 kg (ou 8,33%) entre 17 e 24 de março, fechando a R$ 582,94/sc nessa terça-feira, 24. Quanto ao dólar, finalizou a R$ 5,092 ontem, valorização de 1,82% no mesmo comparativo. Assim, segundo informações do Cepea, o maior preço no Brasil até elevou pontualmente o ritmo de fechamento de negócios (especialmente para entrega futura), mas o atual cenário conturbado mantém a maior parte dos agentes retraída. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook

BemRural

IPPA/CEPEA: Grãos e pecuária impulsionam IPPA/Cepea em março

Publicado

por

Cepea, 07/04/2020 – Em março, o IPPA/Cepea (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários) teve alta expressiva de 6,5% frente a fevereiro, em termos nominais. O principal impulso para esse resultado veio dos grãos (IPPA-Grãos/Cepea) e da pecuária (IPPA-Pecuária/Cepea), que possuem alto peso no índice geral e registraram respectivas elevações mensais de 15% e de 3,1%. No mês, o IPPA-Grãos/Cepea foi influenciado pela soja, pelo milho e pelo algodão. O IPPA-Pecuária/Cepea, por sua vez, foi influenciado pelo boi gordo, pelos suínos e pelos ovos. Quanto ao IPPA-Hortifrutícolas/Cepea, este cresceu 8,3% frente a fevereiro e foi influenciado pela banana e tomate, uma vez que houve pressão de baixa da laranja. Na mesma comparação, o IPA-OG-DI Produtos industriais, calculado e divulgado pela FGV, cresceu 1,75%. Dessa forma, de fevereiro para março, os preços agropecuários subiram frente aos industriais da economia. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook
Continue lendo

BemRural

TRIGO/CEPEA: Com alta procura, área cultivada deve aumentar no Brasil

Publicado

por

Cepea, 7/4/2020 – Os preços domésticos do trigo estão em alta desde outubro do ano passado, influenciados pelo dólar elevado, por dificuldades na importação e, mais recentemente, pela firme demanda interna. Com isso, neste ano, produtores podem aumentar a área destinada à triticultura frente à de 2019, na expectativa de boa rentabilidade. Conforme dados do Deral/Seab divulgados em 23 de março, a área da nova safra deve somar 1,08 milhão de hectares, 4,7% a mais que a da temporada passada (2018/19). A produtividade pode crescer 32%, a 3,24 t/hectare, resultando em produção de 3,4 milhões de toneladas, forte alta de 39% em relação à temporada anterior. Ao mesmo tempo, moinhos estão em busca de alternativas para importação, no intuito de amenizar o impacto doméstico da menor disponibilidade. Conforme dados do Cepea, os preços do trigo recebidos pelos produtores (mercado de balcão) iniciaram o mês de abril (média de três dias úteis) entre 7% e 23% maiores que a média de abril/19, considerando-se as diferentes regiões produtoras do Sul e de São Paulo. No mercado de lotes (negociações entre empresas), os preços estão entre 16% e 30% maiores na mesma comparação. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana