conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Briga de casal resulta na apreensão de 11 armas em apartamento

Publicado

Um arsenal de armas, incluindo vários fuzis, carabinas, espingardas, revólveres e carregadores de munições, foi apreendido pela Polícia Militar da 6ª Cia em uma residência do bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. A descoberta se deu em atendimento a um casal  que estaria brigando, por volta das 23h50 de segunda-feira (12.11).

O filho do suspeito R.B.S., 62 anos, chamou a viatura porque o pai e a madrasta R.M.S., 48, trocavam agressões verbais.  A mulher relatou que o companheiro teria rasgado sua roupa e puxado seu cabelo e machucado o braço direito. Já o homem disse que estava deitado em seu quarto no momento em que ela entrou e o agrediu verbalmente, por conta disso acabou dando um soco no rosto dela.

Foi então, que R.M.S. revelou que R.B.S. possuía diversas armas de diferentes calibres no apartamento. O suspeito confirmou mostrando onde estariam as armas, e disse que era atirador e colecionador.

Foram recolhidas 11 armas e encaminhadas para a central de flagrantes, sendo quatro carabinas fuzis de calibre 38 marca Rossi, duas calibre 22 marca Marlin Arms e uma calibre 22 BRNO. Três espingardas, sendo calibre 22 marca CBC, calibre 12 CBC e calibre 28; duas pistolas, uma calibre 22  Browning e a outra 7.65 também da marca Browning e dois revólveres calibre 32 Smith & Wesson e Taurus do mesmo calibre, além de alguns carregadores e 7 capas para arma longa.  

O suspeito disse que tinha os documentos de registros das armas, mas até o término da elaboração do boletim de ocorrência não apresentou nenhum.

Comércio ilegal

Em Nova Mutum, na tarde de ontem (12.11), policiais do 26º Batalhão receberam denúncia sobre um suspeito que estaria exercendo a atividade de armeiro, ou seja, uma oficina clandestina de manutenção de armas, além de comercializar armas de fogo, em uma residência no bairro Bela Vista.

O suspeito L. N. A. F, 39 anos, foi localizado no local informado, e disse que tinha duas armas em casa, que estariam ali para manutenção. Depois confessou a existência de uma carabina Winchester calibre 30-30 que estaria à venda por R$ 3.500,00, que estaria em seu poder a cerca de um ano.

Na residência também foram encontradas mais armas, uma carabina calibre Winchester 22  e uma espingarda calibre 20 de dois canos da marca Boito, que estavam em cima da cama do suspeito. A citada carabina Winchester (modelo 94 cal 30-30) também foi localizada enterrada dentro de um cano de PVC, na frente da residência. 

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana