conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Política MT

Botelho reconhece trabalho de militares e entrega de Moção de Louvor

Publicado


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Onze profissionais da área de Segurança Pública foram homenageados com Moção de Louvor, na terça-feira (5), na Presidência da Assembleia Legislativa, numa iniciativa do deputado Eduardo Botelho (União Brasil).

A homenagem se deu pelo Ato de Bravura, ao salvarem um cidadão na ponte Mário Andreazza, em outubro do ano passado, que contou com a atuação das equipes do Corpo de Bombeiros, Força Tática da Polícia Militar e Guarda Municipal de Várzea Grande. Um deles precisou passar por cirurgia e por isso não compareceu à cerimônia.    

“É muito importante valorizarmos esses profissionais que enfrentam muitos desafios no dia a dia, com a bandidagem e salvando vidas. Todo nosso respeito e reconhecimento”, disse o presidente da ALMT, deputado Botelho, ao entregar as moções, manifestando o reconhecimento público, pela coragem e determinação que moveu todas essas equipes para salvar uma vida.

Soldado PM, Maycon Douglas Oliveira, explicou o ocorrido. Ele foi um dos profissionais que se machucou durante a ocorrência e já está recuperado. “A única coisa que importava naquele momento era o rapaz. É gratificante receber essa homenagem porque a gente passa por diversas situações e a população não vê. Então, ser homenageado é gratificante!”    

Foram homenageados da Polícia Militar:

Cabo PM Whelton Ferreira Pio

Soldado PM Antonio Rodrigues de Freitas

Soldado PM Maycon Douglas Oliveira

Sargento PM Christian Rodrigues de Oliveira

Soldado PM Lucas Luiz de Oliveira Leite

Corpo de Bombeiros Militar

1º Tenente BM Fábio dos Santos Sabino

1º Sargento BM João Alberto Espinosa

Soldado BM Rafael Afonso Gomes da Fonseca

Soldado BM Kayko Pedro Pavine Oliveira

Guarda Municipal de Várzea Grande

Elcio Cheiber Simões

Welida Cristina Oliveira Mendes

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política

Para quem ignora vacina, Governador avisa. “Uma hora pode dar m…”

Publicado

O governador Mauro Mendes (União Brasil) criticou parte da população que não completou o esquema vacinal contra a Covid-19. Para ele, a insistência negacionista pode “dar merda” para as pessoas, levando-as à internação e até mesmo à morte.

Segundo levantamento feito pela Secretária de Estado de Saúde e divulgado na terça-feira (28), dos 101 pacientes que estão internados pela Covid-19, em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de Mato Grosso, 91% não completaram o esquema de vacinação.

“Essas pessoas fizeram a opção de correr risco. Se você corre o risco, uma hora dá merda. E deu merda para essas pessoas, e pode dar a todas aquelas que continuarem insistindo nessa bobagem de não querer tomar vacina”, disse o governador à imprensa.

CÍNTIA BORGES E VITÓRIA GOMES
Mídia News

Continue lendo

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana