conecte-se conosco


Polícia

BOPE prende trio com arma, droga e dinheiro em bairro de Cuiabá

Publicado


.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais(Bope) da Polícia Militar prenderam na tarde de hoje(03.07), no Jardim Europa, em Cuiabá, três suspeitos(de 27, 28 e 30 anos) com arma, droga e dinheiro. Dois deles já respondem por outros crimes e estavam em liberdade condicional, monitorados por tornozeleira eletrônica.

A equipe do Bope chegou ao local, um ponto da rua São Paulo, após denúncia informando a presença de homens vendendo droga. Quando os policiais se aproximavam do endereço indicado um homem tentou fugir, dispensou uma sacola no solo e correu na direção de uma residência. Além de ser alcançado, na casa foram presos mais dois suspeitos, um deles com um revólver 38 na cintura.

Na sacola deixada para trás havia um pedaço de pasta base de cocaína. Já na casa, mais um pedaço de pasta base, R$ 3,3 mil em dinheiro e uma balança de precisão foram apreendidos. O Bope descobriu ainda que um dos suspeitos, o de 30 anos, mora no bairro Colorado, onde buscas levaram à apreensão de mais dois quilos de droga.

De acordo com a narrativa do BO(Boletim de Ocorrência). sobre os dois suspeitos monitoradores, de 27 e de 30 anos, o Bope verificou que respondem por crimes de assalto, homicídio e tráfico de drogas. Já contra o terceiro suspeito, de 28, não há registro de antecedente criminal, conforme o Bope.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Polícia

Polícia Civil capacita equipes de plantão especializado e de Delegacias da Mulher

Publicado

por


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil iniciou nesta segunda-feira (03.08) a capacitação das equipes que vão atuar no Plantão Especializado 24 horas para atendimento a vítimas de violência doméstica e sexual em Cuiabá. Além dos plantonistas da Capital, também participam da capacitação as equipes que atuam nas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher do interior do estado.

A capacitação foi organizada pela Diretoria da Polícia Civil e é toda ministrada por meio de videoconferência. São instrutores, delegados da instituição e equipe técnica de delegacias especializadas, membros do Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e da Universidade Federal de Mato Grosso.

A diretora Metropolitana da Polícia Civil, delegada Ana Paula de Faria Campos, explica que o curso, que segue até o dia 7 de agosto, aborda temas como Lei Maria da Penha, avaliação de risco, rede de enfrentamento à violência doméstica; diretrizes e fluxo de atendimento no plantão especializado; crimes de liberdade sexual conforme as mudanças trazidas pelas leis 13718 e 13772, ambas publicadas em 2018 e o funcionamento do módulo criminal do Processo Judicial eletrônico (PJe).

“Além disso, preparamos nessa capacitação orientações de como deve ser o fluxo de atendimento às mulheres vítimas de violência, sobre o Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente, as redes de acolhimento e proteção para essas vítimas, sobre como observar os sinais e tipos de violência e os reflexos nas vítimas e familiares”, explica a diretora.

No primeiro dia da capacitação, os participantes se reuniram com os diretores Ana Paula Campos, Daniela Maidel (de Execução Estratégica) e Walfrido Nascimento (Interior). Em seguida, o coordenador de Plantões Metropolitanos, delegado Walter de Melo Fonseca falou sobre o fluxo de atendimento no plantão. Também nesta segunda-feira, as equipes puderam interagir com a professora da UFMT, Vera Bertoline, que abordou sobre gênero e violência doméstica.

 

Plantão para vítimas de violência 

A unidade de plantão que começará a funcionar a partir do próximo sábado, 8 de agosto, vai atender vítimas de violência doméstica e sexual em Cuiabá. O plantão está instalado no prédio da 2ª Delegacia da Capital, no bairro Planalto, e é uma das medidas adotadas pela Polícia Civil e Secretaria de Estado de Segurança Pública, com apoio da primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, para ampliar o acolhimento, de forma ininterrupta na Capital.

 

Serão atendidas no Plantão 24h ocorrências envolvendo mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, conforme a Lei 11.340/2016 (Maria da Penha), além de vítimas de crimes contra a dignidade sexual conforme a Lei 12.015/2009 e as mudanças trazidas com as leis 3718/2018 e 3772/2018 (importunação sexual e violação da intimidade da mulher).  Também serão realizados procedimentos de prisão em flagrante, além de requerimento de medida protetivas, entre outras providências de urgência necessárias, conforme os casos.

A equipe do plantão será formada por cinco delegadas: Nubya Beatriz Gomes dos Reis, Juliana Rado, Vanessa Cunha Garcez, Lizzia Kelly Ferraro Noya e Jannira Laranjeira e mais as equipes de escrivães,  investigadores, assistentes sociais e psicólogas no total de 50 servidores da Polícia Civil.  

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Homem é preso por tentativa de estupro contra gestante em Tangará da Serra

Publicado

A Polícia Militar prendeu um homem, suspeito de tentar estuprar uma gestante, na tarde desta segunda-feira (03), no Bairro Alto da Boa Vista em Tangará da Serra.

Segundo a vítima, o suspeito invadiu a casa, pegou uma faca na cozinha, e de cuecas tentou estuprar a mulher que estava junto da filha de 6 anos. Ela entrou em luta corporal com o criminoso e ao gritar, ele se assustou e fugiu. Apesar de não ter sofrido ferimentos, diante do susto, a gestante foi encaminhada pelo SAMU até o hospital. A Mãe, a filha e o bebê passam bem.

De posse das características do indivíduo a PM rapidamente localizou e prendeu o homem. Mãe e filha reconheceram o suspeito, que não tem qualquer ligação com a família. O homm deverá ser indiciado por tentativa de estupro e ameaça.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana