conecte-se conosco


Mato Grosso

Bombeiros encontram corpo de jovem desaparecido em cachoeira

Publicado

O corpo de Jefferson Freitas, de 25 anos, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (14) por volta das 10h30, na cachoeira Cascata dos Namorados, em Vila Bela da Santíssima Trindade.

Vítima estava desaparecida e era procurada pelos bombeiros.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros buscas eram realizadas no local desde domingo (13), quando o jovem desapareceu. Testemunhas disseram que a vítima tomava banho na lagoa na companhia de amigos, quando resolveu ir até a cabeceira da cachoeira para tirar fotos, enquanto nadava foi sugado por um redemoinho. Um dos amigos,  tentou resgatar Jefferson, mas ele afundou e não foi mais visto.


A vítima nadava na Cascata dos Namorados, quando desapareceu.

A perícia compareceu ao local e constatou a morte por afogamento. O corpo foi encaminhado para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC) de Pontes e Lacerda. Jefferson Freitas, deverá ser velado em enterrado em Tangará da Serra.

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Quadrilha rende funcionários e rouba grande quantidade de defensivos agrícolas em fazenda no Distrito de Deciolândia

Mato Grosso

Fim de Ano: operação vai reforçar em 30% o policiamento preventivo e a repressão à criminalidade

Publicado

A Polícia Militar lançou nesta sexta-feira (22) a Operação Final de Ano em Tangará da Serra.

Foto:José Aparecido Vieira

Em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (22) no Centro da cidade, foi apresentado o plano operacional,  que vai reforçar em 30% o policiamento preventivo e a repressão à criminalidade até o dia 1º de janeiro de 2020. Mais policiais e mais viaturas entre carros e motocicletas, estarão nas ruas diariamente, principalmente, em áreas comerciais, como o Centro e pontos com maior concentração de consumidores.

O trabalho prevê o acompanhamento diário dos índices criminais pela Superintendência de Planejamento e Estatísticas(Spoe), para avaliar o policiamento e fazer mudanças ou adequações de acordo com as necessidades apontadas. O Serviço de Inteligência no monitoramento de locais e situações relacionadas a práticas criminosas, também estará em atuação.


As ações de policiamento específicas de final de ano estão incorporadas à Operação Guardião III, desenvolvida pelo Comando Especializado da PMMT, que reúne os Batalhões Bope, Rotam, Ambiental, Trânsito e Cavalaria, em parceria com a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal.

Comentários Facebook
Leia mais:  Aprovados em concurso são convocados pela Prefeitura de Tangará da Serra
Continue lendo

Mato Grosso

Ministro do Meio Ambiente garante reforço e recursos para combater incêndios florestais

Publicado

por

Os comandantes dos Corpos de Bombeiros e das Polícias Militares da Amazônia Legal estiveram reunidos em Cuiabá nesta quinta (21.11) para apresentar um plano de ações visando à redução dos incêndios florestais. A apresentação do documento foi feita para o governador Mauro Mendes e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que, antes, sobrevoaram o entorno de Cuiabá e Chapada dos Guimarães.

A integração já era discutida entre os Corpos de Bombeiros dos nove Estados amazônicos, mas foi compilada num planejamento que será executado a partir de janeiro, segundo a apresentação do comandante da corporação de Mato Grosso, coronel Alessandro Borges.

O plano visa potencializar as atividades de prevenção e repressão a ilícitos ambientais que geram desmatamento, com atenção especial aos incêndios florestais. O plano inclui a criação de uma inteligência ambiental, acordo de cooperação técnica com os Estados, dar aptidão para o ciclo completo ambiental para a PM e CBM, educação ambiental e integração com a Defesa Civil.

Para isso, os militares pediram ao ministro investimentos em equipamentos (viaturas, coletes balísticos, armas de fogo, aeronaves, equipamentos de combate a incêndio florestal) para combate e repressão aos incêndios florestais. Também é necessário capacitar militares para as questões ambientais (fiscalização e educação ambiental), visando reduzir os indicadores de degradação ambiental.

De acordo com Salles, R$ 430 milhões, advindos da Petrobrás e de recursos recuperados da Operação Lava Jato, deverão ser compartilhados com as PMs e CBMs dos nove Estados da Amazônia Legal. O ministro afirmou que “a descentralização desse recurso para questões ambientais visa um pacto de ambientalismo de resultado”.

Leia mais:  Aprovados em concurso são convocados pela Prefeitura de Tangará da Serra

Ainda em dezembro uma nova reunião estabelecerá os detalhes jurídicos da cooperação entre as forças de segurança e órgãos ambientais.

O governador Mauro Mendes lembrou que durante a reunião com governadores da Amazônia Legal, na quarta-feira (20.11), a integração entre os entes federativos foi apontada como uma das formas mais preponderantes para que se alcancem as metas de cooperação.

“Existem agendas comuns dos Estados da Amazônia Legal, como a preservação da floresta e a questão agrária. Essa articulação é decisiva para alcançarmos resultados positivos”, afirmou o governador.


Já o comandante destacou ser necessário iniciar, desde o início do ano, as quatro fases do enfrentamento (preparação, prevenção, atuação e responsabilização). “Esse investimento será específico para a área ambiental”, ressaltou.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana