conecte-se conosco


Carros e Motos

BMW começa a produzir S 1000 RR no Brasil após investimento de R$ 4,7 milhões

Publicado

source
BMW arrow-options
Divulgação
BMW S 1000 RR: Super moto é pensada para entregar o máximo de desempenho nas pistas

Após anunciar um investimento de R$ 4,7 milhões para produzir a esportiva BMW S 1000 RR em Manaus (AM), a inicia a sua produção hoje (12). A supermoto se torna o décimo modelo da linha atual produzia em Manaus (AM), juntando-se a R 1250 GS, R 1250 GS Adventure, F 750 GS, F 850 GS, F 850 GS Adventure, G 310 R, G 310 GS, S 1000 R e S 1000 XR. A redação do iG Carros entrou em contato com a fabricante para saber o que mudou em relação à importada que é vendida hoje, mas preferiram não comentar nada, por enquanto.

LEIA MAIS: Suzuki Hayabusa deverá voltar a ser fabricada

Entre as principais vantagens da BMW S 1000 RR se tornar nacional, estão a possibilidade da equipe de engenharia conseguir refinar o projeto para rodar com mais eficiência em solo brasileiro, além da oferta de peças, que pode vir a chegar mais rapidamente a partir da encomenda, bem como se tornar mais em conta. Atualmente, o modelo parte de R$ 76.900, quase o mesmo preço da rival Honda CBR 1000RR Fireblade (R$ 71.390), que acaba de receber atualizações .

LEIA MAIS: Ducati Panigale V4 S chega ao Brasil com desenvolvimento da MotoGP

Equipamentos e números da importada

BMW arrow-options
Divulgação
Cluster multifuncional informa o piloto dos dados de condução e permite ajustes na eletrônica

Na última atualização, o modelo é equipado com um motor de 999cc que gera 207 cv a 13.500 rpm e 11,52 kgfm a 1.000 rpm. Além disso, traz o sistema de trocas de marcha rápidas quickshifter bidirecional de série. No total, ela pesa 197 kg, 11 kg menos do que os 208 kg da geração anterior.

Leia mais:  Relembre 5 carros que já foram vendidos no Brasil, mas não agradaram pelo visual

LEIA MAIS: Kawasaki Ninja ZX-10R SE 2020 chega com desempenho mais refinado

De acordo com a marca, uma das missões dos engenheiros foi melhorar a moto esportiva em todos os aspectos, tanto na velocidade quanto na dinâmica ao dirigir, deixando a esportiva mais amigável. Para isso, recebeu itens de auxílio como assistente de partida em rampas e quatro modos de pilotagem: Rain, Road, Dynamic e Race. Ao adicionar o pacote Pro, a esportiva traz configurações mais permissivas do controle de tração, freios ABS e outros.


Por fim, a BMW S 1000 RR atual adota um conjunto em LED. O novo quadro posiciona o motor integralmente à estrutura. O cluster, por sua vez, é digital e conta com tela de 6,5 polegadas.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Hyundai HB20 renovado parte de R$ 46.490. Confira equipamentos, preços e versões

Publicado

por

source
Hyundai HB20 arrow-options
Cauê Lira/iG Carros
O novo Hyundai HB20 aposta em visual arrojado para se destacar na nova briga de compactos

A família Hyundai HB20 é apresentada oficialmente em sua nova geração, iniciando o segundo ciclo de sua vida pouco depois do lançamento do principal rival, o Chevrolet Onix . A relação entre equipamentos e versões ainda não foi revelada, mas a marca coreana antecipa que o modelo parte de R$ 46.490. 

LEIA MAIS: Confira as primeiras impressões ao volante do Chevrolet Onix Plus Premier

Em sua nova geração, o Hyundai HB20 estreia motor 1.0 turbo de injeção direta com 120 cv de potência e 17,5 kgfm de torque nas versões mais caras. O propulsor acompanha piloto automático e aletas para trocas de marcha atrás do volante, conforme antecipado nas primeiras imagens divulgadas pela Hyundai. 

O motor 1.6 da família Gamma continua vivo na nova geração do HB20, porém um pouco mais potente: de 128 cv para 130 cv, além dos 16,5 kgfm de torque. As versões equipadas com este propulsor continuam integrando câmbio automático de seis velocidades. 

LEIA MAIS: Fiat Grand Siena resiste ao tempo em sua nova linha 2020

Durante a primeira noite do lançamento, a Hyundai revelou apenas o pacote de equipamentos das versões mais caras, a Diamond Plus (ainda sem preço). Destaque para itens de segurança, como controle de estabilidade e tração, quatro airbags, assistente de partida em rampa, acendimento automático dos faróis, sensor de estacionamento, câmera de ré e assistente de frenagem eletrônica. 

Leia mais:  SUV-cupê de R$ 70 mil da Volkswagen deve se chamar T-Sport, diz site

LEIA MAIS: Fiat lança a versão HGT do Cronos, com apelo esportivo e motor 1.8


No pacote de conveniência, a família HB20 contará com rebatimento elétrico dos retrovisores, direção elétrica progressiva e isofix. Novos detalhes sobre o Hyundai HB20 serão revelados no decorrer do evento de lançamento. 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Toyota terá novo modelo no Brasil, diz governador de SP

Publicado

por

source
Daihatsu DN Trec arrow-options
Divulgação
Daihatsu DN Trec: protótipo de 2017 antecipa o futuro SUV da Toyota que deverá ser fabricado em São Paulo

A Toyota quer avançar mesmo no ranking das marcas da mais vendidas do Brasil. Atualmente em 6° lugar no acumulado dos oito primeiros meses do ano,  com 8,21% do mercado, de acordo com os números da Fenabrave, a fabricante vai anunciar o início da produção de um novo carro em São Paulo, de acordo com o governador João Dória.

 LEIA MAIS:  Novo SUV da Toyota chegará abaixo do RAV4, com tração integral

Em sua conta no Instagram , Dória diz que a Toyota vai produzir um novo modelo em território paulista e que o anúncio oficial será feito no próximo dia 19, em Nagoya (Japão), para onde ele irá para se reunir com executivos da marca japonesa.

Entretanto, Dória não deu mais detalhes sobre qual modelo será feito nem o valor do investimento da fabricante , ou tampouco a data do início da fabricação. Somente que novos empregos serão gerados em uma das unidades de produção da Toyota, que tem fábricas em São Bernardo do Campo, Sorocaba, Indaiatuba e em Porto Feliz, todas em São Paulo.

Daihatsu DN Trec arrow-options
Divulgação
Basta tirar exageros de um protótipo como as câmeras no lugar de retrovisores, para saber como será o modelo

 Vale lembrar que o valor mínimo para conseguir abatimento da cobrança de ICMS de 2,5%, pelo programa IncentivAuto, é de R$ 1 bilhão. E que a Toyota ainda não tem nenhum modelo no disputado segmento de SUVs compactos. Portanto, o mais provável é que a marca irá produzir a versão definitiva do protótipo Daihatsu DN Trec , mostrado pela primeira vez no Salão de Tóquio (Japão), em novembro de 2017.

Leia mais:  SUV-cupê de R$ 70 mil da Volkswagen deve se chamar T-Sport, diz site

LEIA MAIS: Novos híbridos japoneses conseguem unir versatilidade e economia


O SUV compacto terá a mesma base da nova geração do Toyota Yaris, a TNGA-B. Mede apenas 3,98 metros de comprimento por 1,70 m de largura e 1,60 m de altura. Deverá começar a ser vendido no Brasil apenas em 2021, quando irá enfrentar rivais como Jeep Renegade, Hyundai Creta, Honda HR-V, Nissan Kicks, Ford EcoSport e outros. É bem possível que tenha pela menos uma versão híbrida.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana