conecte-se conosco


Esportes

Bebidas alcoólicas são liberadas para venda em estádios de futebol em SP

Publicado

Lance

cerveja no estádio
Reprodução
Bebidas Alcoólicas estarão liberadas no estádios de São Paulo

Os deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo aprovaram, nesta quinta-feira (13), o projeto de lei que autoriza a venda e o consumo de bebidas alcoólicas dentro de estádios de futebol e arenas esportivas no estado de São Paulo.

Leia também:  Portugal sobe posições e Brasil segue em 3º no ranking da Fifa; confira

Com a aprovação na Assembleia o projeto de lei 1.363/15, que “dispõe sobre a autorização, comercialização, propaganda e consumo de bebidas alcoólicas em eventos esportivos nos estádios de futebol e arenas esportivas localizadas no Estado”, segue para a sanção do governador do estado, João Doria.

A venda, distribuição e o consumo de bebidas alcoólicas em um raio de 200 metros da entrada dos estádios está proibida desde 1996.

O projeto criado pelo deputado Itamar Borges, autoriza a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em bares, lanchonetes e congêneres destinados aos torcedores, bem como nos camarotes e espaços VIPs dos estádios e arenas .

Ainda segundo o projeto, a venda de bebidas alcoólicas deve ser iniciada 1h30 antes do início da partida e encerrada 60 minutos após seu término.

O projeto de lei também prevê alguns cuidados com a embalagem. As bebidas deverão ser comercializadas em embalagens plásticas descartáveis, cujo recipiente não tenha capacidade superior a 500 ml. A venda e a entrega de bebida alcoólica a menores de 18 anos é proibida.

Leia mais:  Criador da camisa amarela da seleção brasileira morre aos 83 anos de idade

Leia também:  Até na NBA? Vasco é alvo de piadas após vice campeonato do Golden State

Um detalhe importante é que a liberação é apenas para bebidas com teor alcoólico entre 6 e 9% vol., vetando desta forma a venda de whisky, vodka e pinga, bebidas mais fortes

A liberação de bebidas alcoólicas nos estádios pode ser benéfica para os clubes de São Paulo, como acredita o advogado Cristiano Caús, que atua na área do direito esportivo. Ele acredita que os clubes possam tirar proveito econômico com a liberação. 

“A aprovação da venda pra ALESP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) é motivo de comemoração para os torcedores e também para as empresas de bebidas, especialmente cervejarias, pois o mero patrocínio agora será incrementado com uma ativação decente nas praças esportivas. E o recurso vindo dessas empresas não é de se jogar fora”, afirmou.

Cristiano criticou a proibição da venda de bebidas nos estádios, que para ele, teve como principal motivo a questão da violência entre torcidas.

Leia também:  Conmebol anuncia Austrália e Catar como convidadas para Copa América 2020


“A proibição da venda de bebidas alcoólicas nos estádios sempre me soou como um atestado de incompetência do poder público na área da segurança. No século 21, não podemos admitir a proibição como controle da violência’, declarou o advogado.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

HÃN?! Reação espantada de Galvão Bueno com a entrada de Fernandinho bomba na web

Publicado

por

Lance

Galvão Bueno espantado
TV Globo/Reprodução
Galvão Bueno ficou espantado com a entrada de Fernandinho

Partida empatada, 15 minutos do segundo tempo, Venezuela recuada… qual substituição você faria se fosse o técnico da seleção brasileira – ou até mesmo se fosse Galvão Bueno? Muitos optariam por mexer na parte ofensiva para tentar quebrar a resistente zaga adversária, certo? Porém, Tite resolveu ir contra o senso comum e optou por queimar uma substituição alterando os volantes: Casemiro por Fernandinho .

Leia também: Tite isenta VAR após tropeço do Brasil: “Absolutamente nada a reclamar”

A troca pegou não só os torcedores de surpresa, mas também acabou gerando uma situação inusitada na transmissão da Rede Globo. Assim que o repórter Tino Marcos anunciou que Tite havia chamado Fernandinho, a reação de estranheza, bastante espontânea, de Galvão Bueno repercutiu nas redes sociais.

Assista no vídeo:

Depois do empate por 0 a 0 , na coletiva, Tite saiu em defesa de Fernandinho. “O atleta tem que trabalhar em cima da pressão, todos têm. Aposto na virtude e qualificação. É o jogador que foi para a seleção da Premier League (Campeonato Inglês). Não posso ficar preconceituando. Para mim, seria muito fácil. Se faz o gol no cabeceio, pronto, muda tudo”, disse.


Veja as reações na web com a surpresa de Galvão Bueno:

Leia mais:  Porto afasta Éder Militão após zagueiro passar a madrugada em boate













Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Perto de voltar ao Barcelona, Neymar procura casa na Espanha. E o PSG sabe disso

Publicado

por

Neymar deixou o Barcelona em 2017 e pode retornar agora em 2019
AS.com / Reprodução
Neymar deixou o Barcelona em 2017 e pode retornar agora em 2019

A possível volta de Neymar ao Barcelona segue tomando forma. De acordo com o canal espanhol de televisão “GOL”, o atacante brasileiro, inclusive, já procura uma casa nova para morar na cidade catalã.

Leia também: Além do MSN: Relembre trios de ataque marcantes da última década

Segundo a emissora, a ideia de Neymar é de voltar a viver na mesma casa onde ficou por quatro anos quando se mudou para a cidade espanhola.

A notícia chega dois dias depois do presidente do PSG , Nasser El-Khelaifi, declarar ao L’Equipe que “já não quer mais comportamentos de estrelas”, em clara alusão a Neymar.

O diário espanhol “El Mundo” já revelou um suposto pedido de Lionel Messi ao presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, para trazer Neymar de volta ao atual campeão espanhol. Messi, Suárez e Neymar formaram histórico trio de ataque MSN e seguem muitíssimo amigos.

Leia também: Pai de Neymar liga para o Real e insiste em levá-lo pra Madrid

Mas os rumores não param por aí. Em sua capa desta quarta-feira, o jornal espanhol “Mundo Deportivo” estampa como manchete um suposto recado do atacante brasileiro ao PSG, onde ele afirma que não quer permanecer na França e manifesta interesse de voltar ao Barça .

“Não quero jogar mais aqui. Quero voltar à minha casa de onde nunca devia ter saído”, estampa o diário.

Leia mais:  Criador da camisa amarela da seleção brasileira morre aos 83 anos de idade
Capa do Mundo Deportivo sobre a volta de Neymar ao Barcelona
Reprodução
Capa do Mundo Deportivo sobre a volta de Neymar ao Barcelona

Maior contratação da história do futebol, Neymar chegou ao PSG na temporada 2017 ao custo de 222 milhões de euros.

Leia também: Cara a cara! Advogado de Najila diz que pedirá acareação entre ela e Neymar


Além do “Mundo Deportivo”, Neymar ainda é capa de outro jornal espanhol desta quarta. O “Sport” estampa a seguinte matéria: “O vestiário diz sim a Neymar”. Isso mostra os pontos positivos, como o bom relacionamento do jogador nos bastidores do clube e com o elenco, que ajudam na negociação.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana