conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Economia

Banco Central alerta para golpe da “pirâmide do Pix” pelo WhatsApp

Publicado


source
Banco Central alerta para golpe da “pirâmide do Pix”
Lorena Amaro

Banco Central alerta para golpe da “pirâmide do Pix”

O Banco Central do Brasil ( BC ) está alertando para um novo golpe usando o Pix . Dessa vez, usuários estão criando grupos no WhatsApp que funcionam como um esquema de pirâmide financeira.

Os chamados “grupos de Pix” explodiram em popularidade nas redes sociais na última semana. Contudo, de acordo com o BC, o esquema deve ser denunciado e não promovido.


Entenda o golpe

De modo geral, os grupos de Pix são criados no WhatsApp e divulgados em páginas e grupos no Facebook e no TikTok.

Primeiramente, o usuário do topo da pirâmide recruta membros para participarem do esquema. Para entrar no grupo, paga-se ao “anfitrião” valores que variam de R$ 1 a R$ 75, dependendo da categoria.

Em seguida, os novos membros são “promovidos” a administradores do grupo e podem convidar outras pessoas para participar e assim sucessivamente.

As características são similares aos esquemas de pirâmide financeira. A diferença é que, neste caso, não há produtos de investimento ou serviços oferecidos para disfarçar o golpe.

Em vez disso, há apenas a promessa de dinheiro fácil. Além disso, muitos grupos afirmam não se tratar de um golpe, pois o esquema é movido por “doações voluntárias”. É o que afirmam administradores de um grupo público no Facebook com mais de 7 mil membros.

O “ Quer ganhar pix de 1 real de 5 e até de 75 reais ” recruta novos participantes para um esquema que possui três categorias: bronze, prata e ouro.

Neste “sistema voluntário de ajuda”, como o grupo de apresenta, os novos membros fazem um cadastro e depois escolhem a categoria.

Na categoria bronze, o usuário faz um Pix de R$ 1 a seu recrutador. Na prata, o pagamento é de R$ 5 e, na ouro, são R$ 75 pagos. A descrição do grupo apresenta ainda uma simulação de ganhos:

“Você divulga através do seu link para 10 pessoas, certo? Você irá ganhar R$ 1 porque eles irão se tornar Bronze. Então, você receberá R$ 10 no seu primeiro nível. As 10 pessoas indicam mais 10. Você receberá + R$ 5 de cada uma delas. Ou seja, você indica 10, essas 10 indicam, mais 10 serão, 100 pessoas no seu segundo nível.”

Grupos de Pix explodem e Bacen alerta

Grupos como esses cresceram em popularidade, atingindo um topo de buscas no Google nesta semana. O estado do Brasil onde mais se busca por grupos de Pix é o Maranhão, seguido por Amazonas e Mato Grosso.

Abaixo, a imagem mostra o interesse pelo termo “grupo de Pix” no Google:

Pix

No entanto, apesar de parecer lucrativo, o Banco Central alertou para que a pessoas não entrem no esquema:

“Desconfie sempre que uma oferta parecer boa demais para ser verdade, como ganhar muito dinheiro chamando pessoas para transferirem dinheiro sem motivo algum e ganhar uma parte desses valores. Nesse caso, não entre nessa e denuncie o esquema para a autoridade policial, que tem a competência legal para coibir esse tipo de crime”, disse a autoridade monetária ao portal Poder360.

O Bacen diz ainda que, infelizmente, o Pix ou qualquer outro meio para a transferência de recursos podem ser usados por pessoas mal-intencionadas para aplicar golpes.

Comentários Facebook

Economia

PF mira Secretaria da Saúde de Sergipe por desvio de R$ 4 milhões

Publicado

por


source
Policia Federal deflagra operação contra fraudes na Saúde em Sergipe
Agência Brasil

Policia Federal deflagra operação contra fraudes na Saúde em Sergipe

A Polícia Federal (PF) realiza uma operação para investigar o desvio de R$ 4,16 milhões por meio de contratos sem licitação , pela  Secretaria da Saúde de Sergipe (SES). Ao todo, estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão nos municípios sergipanos de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Propriá, além de São Paulo (SP).

A operação  ‘ Transparência ‘ conta com 72 policiais federais e seis auditores da Controladoria-Geral da União (CGU/SE).

A investigação da PF apontou compras de máscaras cirúrgicas descartáveis, locação de containers e fornecimento de alimentação parenteral para pacientes das unidades hospitalares do estado, de acordo com informações do G1. Cinco empresas estão inclusas na investigação.

A suspeita é de que as contratações foram realizadas com a ausência de fundamentação para a aquisição dos itens, falta de competitividade, superdimensionamento do objeto contratado e sobre preço.

Parte da verba era do governo federal para o enfrentamento da pandemia de Covid-19. O Fundo Estadual de Saúde de Sergipe recebeu mais de R$ 500 milhões da União para custear serviços públicos de saúde, incluindo cerca de R$ 150 milhões destinados especificamente à prevenção e combate à Covid-19.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde afirma estar colaborando com as investigações da Policia Federal. A pasta ainda assegurou a transparência e legalidade nas aplicações dos recursos públicos utilizados no combate a pandemia da Covid-19 no estado.

“A SES destaca ainda a importância da fiscalização constante das ações e recursos públicos e ressalta que Sergipe é o 1º estado no Nordeste e o 6º estado mais transparente do Brasil, com nível Alto de desempenho, segundo o ranking do Índice de transparência da Covid-19, divulgado pela ONG Open Knowledge Brasil”, disse.

Continue lendo

Economia

Bitcoin fica abaixo de R$ 150 mil pela primeira vez desde janeiro

Publicado

por


source
Bitcoin
Gino Matos

Bitcoin

O bitcoin continua em queda livre devido à repressão do governo chinês às operações de mineração da criptomoeda. Nesta terça-feira, seu valor despencou para menos de US$ 30 mil (R$ 150 mil)  pela primeira vez desde janeiro, quase pulverizando todo o seu ganho de 2021.

Por volta das 12h30 GMT (9h30 em Brasília), o bitcoin era negociado a US$ 29.624, queda de mais de 9%.

A criptomoeda perdeu cerca de 50% desde seu recorde de meados de abril, de cerca de US$ 64 mil, o que a deixou com alta de apenas 5% no ano.

Em comparação, houve um ganho de 12% para o S&P 500 desde o final de dezembro. A moeda começou 2021 sendo negociada em torno de US$ 29 mil.

Você viu?

É uma queda notável para o ativo digital, que há apenas algumas semanas estava crescendo em meio a um abraço mais caloroso de Wall Street e de investidores de varejo.

Mas a repercussão negativa sobre o gasto de energia da mineração do bitcoin, causada em grande parte por declarações de Elon Musk, da Tesla, bem como a forte repressão da China, empurrou-o para baixo nas últimas semanas. Pequim proibiu bancos e o Alipay, braço de pagamentos do Alibaba, de oferecerem serviços com criptomoedas.

O bitcoin foi negociado pela última vez abaixo de US$ 30 mil no final de janeiro.

Em maio, as criptomoedas perderam US$ 600 bilhões em valor em apenas uma semana.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana