conecte-se conosco


Política MT

Bairro Jardim Imperial, em Cuiabá, recebe curso de pintura em pano de prato

Publicado

Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT

Tinta, tecido, pano de prato e muita disposição. Com essas matérias-primas, 18 moradores da região do bairro Jardim Imperial, em Cuiabá, dentre os quais uma família inteira, concluíram o curso de Pintura em Pano de Prato oferecido por um mês pela Assembleia Social (antiga Sala da Mulher da Assembleia Legislativa de Mato Grosso). O encontro de encerramento ocorreu na terça-feira (30).

Em momento de descontração, os alunos comentavam o avanço no aprendizado, especialmente porque jamais haviam se proposto a fazer pintura. E houve cajus, maçãs, peras, corujas, com cores e sombras, representados ali no pano.

Os objetivos do curso oferecido pela Assembleia Social (AS) são, além de oferecer possibilidade de contribuir com a renda das famílias de comunidades periféricas, permitir a convivência entre os participantes e uma atividade saudável. “É complementação de renda, mas é também socialização, é se descobrir na pintura”, avalia a diretora da AS, Daniella Paula Oliveira.

Izabel Andrade da Silva se surpreendeu com a descoberta de seu talento. “Amei o curso, a convivência, as conversas, as brincadeiras. Fiz para ocupar o tempo e gostaria de fazer outras coisas, como desenho de roupas”.

O curso foi oferecido na varanda da casa de Suelly Eufrásia da Silva, conhecida na comunidade por trabalhar por anos na unidade de saúde da região (e se aposentar recentemente). “Ninguém tinha pintado ainda, mas ficou parecendo de profissional”, vangloriou orgulhosa, se referindo aos trabalhos dos colegas.

Leia mais:  Barranco propõe utilização de pagamento com cartões em cartórios

Dona Suelly conhecia integrantes do gabinete do deputado Carlos Avallone (PSDB) e solicitou algum curso para a comunidade. A equipe do Avallone encaminhou o pedido para a Assembleia Social, que averiguou a necessidade local. “O legal é entrar em algo que você vai plantar coisas boas”, refletiu a anfitriã.  “É de uma beleza muito grande abrir a própria casa para receber o projeto, receber as pessoas”, enaltece e agradece Daniella Paula à dona Suelly.

“A cada curso, a gente vem com frio na barriga por não saber a surpresa que vem o resultado. Desta vez, me surpreendi com a turma. Primeiro porque participou uma família inteira, segundo pela capacidade de todos, muitos têm habilidade para se aprimorar na pintura”, comentou a parceira de sempre da Assembleia Social, Daniela Cunha Crescêncio (a professora e artista plástica Dani Xu), que já ofereceu incontáveis cursos de pintura pelo braço social da ALMT.

Alexandra Luíza Gonçalves Ferreira, de 14 anos, queria participar do curso, mas pediu a companhia da mãe, Luciana Ferreira da Silva. Por sua vez, Luciana arrastou o marido e a filha de nove anos e todos se aventuraram na pintura. A mãe ficou muito impressionada com o resultado e declarou: “Não tenho coragem de vender, vou levar para casa e decorar”. O momento em família foi memorável! “Não faltamos a nenhum dia de aula, foi muito divertido e a professora é um amor”, enaltece.


Diante dos pedidos de novos cursos na comunidade, a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula, já garantiu outras capacitações, possivelmente a Oficina de Chaveiros Artesanais e o curso de Pintura em Tela, para dar continuidade ao talento para artesanato.

Leia mais:  Audiência pública discute o fechamento provisório de 16 de delegacias em MT

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Espaço Cultural da ALMT recebe grupo Cinderela

Publicado

por

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A Assembleia Legislativa recebe a exposição de artesanato do grupo Cinderela. O evento, que tem início hoje (19) e vai até a sexta-feira (23), acontece no saguão principal da sede do Parlamento. Doze expositores participam da mostra com produtos vão desde alimentos até artesanatos ligados à cultura regional.

“As feiras são o principal meio de divulgação dos trabalhos artesanais, são elas que levam os trabalhos até as pessoas”, explica a coordenadora do Grupo Cinderela, Verônica Cabral. “Por isso, dispor de espaços como o que a Assembleia viabiliza é muito importante para promover a cultura e a geração de renda para aqueles que trabalham artesanalmente”, destaca.

A artesã Angélica Milane participa pela primeira vez da exposição com artigos para animais de estimação produzidos com materiais reciclados. “Essa é uma proposta que envolve sustentabilidade e amor. Quem não gosta de fazer uma agrado para o seu pet? Ainda mais sabendo que os artigos são produzidos com materiais que já perderam a sua finalidade inicial e poderiam ser descartados, mas estão virando caminha ou brinquedo?”, diz com orgulho.

Outra novidade da edição deste ano são as tradicionais redes bordadas, uma tradição da cultura cuiabana, que trazem paisagens que retratam as belezas naturais do pantanal e do cerrado. “Eu digo sempre que esse trabalho é uma arte, pela forma como é feito, tudo manualmente e tem desenhos que são exclusivos. Chega-se a demorar sessenta dias para uma rede ficar pronta”, destaca o artesão Ernane Monteiro. Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Leia mais:  Barranco propõe utilização de pagamento com cartões em cartórios

Realizado por intermédio do Instituto de Memória, a exposição do Grupo Cinderela já faz parte do calendário cultural da ALMT. Geralmente são realizadas duas edições ao ano.


Grupo Cinderela – Fundado há mais de dez anos, o grupo busca dar mais autonomia financeira para os artesãos que participam do projeto. Dentre os produtos comercializados estão artesanatos, artigos para casa, bijuterias e alimentos.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Em busca de novos apoiadores, PSL realiza encontro estadual de filiação em Cuiabá

Publicado

O Partido Social Liberal (PSL) organizou um grande ato político na tarde deste sábado (17) para atrair novas lideranças e se fortalecer visando as eleições municipais de 2020.

O ato faz parte da campanha nacional de filiação e ocorre em várias capitais do Brasil.

Comandado pelo deputado federal Nelson Barbudo, presidente regional da sigla, o evento iniciou às 13h30, no Hotel Fazenda Mato Grosso. O ato faz parte da campanha nacional de filiação e ocorre em várias capitais do Brasil. Atualmente, o PSL tem apenas três prefeitos em Mato Grosso, incluindo o chefe do Executivo de Campo Novo do Parecis, Rafael Machado. A ideia de Barbudo é aumentar para 30 prefeitos nas próximas eleições, e prestou durante o evento, atendimento aos novos filiados e realizou palestras de qualificação aos futuros candidatos aos cargos de prefeito e vereador.

O atual secretário de Planejamento, Julio Cesar Gomes sinalizou pretensão de se filiar ao PSL.

De Tangará da Serra, apoiadores do Governo Bolsonaro, além dos membros da Executiva, Marcos Figueiró, Debora Mazutti, Gunther Gomes, e o presidente do PSL municipal,  Caio Garcia, participaram de reunião com a senadora Selma Arruda. O atual secretário de Planejamento, professor Julio Cesar Gomes Silva, foi um dos convidados e revelou ao Bem Notícias, a pretensão de se filiar ao PSL. “Eu já estava em Cuiabá, por compromissos particulares e aproveitei para me inteirar sobre a ideologia do partido. As palestras foram muito proveitosas, e me identifiquei com o discurso. Ainda não sou filiado a nenhum partido e estimo em breve, fazer parte do PSL”, declara.


Neste encontro, as lideranças discutiram ainda, possíveis candidatos à Prefeitura da Capital, maior colégio eleitoral de MT e traçaram o cenário no interior do estado. Atualmente a sigla conta com cerca de 90 Executivas Provisórias e a intenção para o processo eleitoral de 2020, é chegar a 130 municípios dos 141 existentes em Mato Grosso.

Leia mais:  Visando melhorias no estado, deputado apresenta diversas indicações

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana