conecte-se conosco


Política Nacional

Até mesmo aliados ironizam faltas de Joice na CPI das Fake News

Publicado

source
mulher arrow-options
Renato Costa / FramePhoto / Agência O Globo
Joice Hasselmann (PSL-SP) na tribuna da Câmara dos Deputados

As constantes justificativas dadas pela deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) para desmarcar por duas vezes suas participações na CPI das Fake News irritam até mesmo os aliados dela. A informação é da coluna Radar, do jornalista Robson Bonin (Veja).

Segundo o colunista, que não citou nomes, as faltas da deputada, que primeiro afirmou que tinha sofrido ameaças para não participar e depois pediu mais tempo para preparar um bom material na apresentação da CPI , já geraram ironias e piadinhas entre parlamentares.

Leia também: ‘Joice não acrescenta, é só modinha’, diz líder do PSDB sobre chapa com Covas


Em entrevista dada no dia em que adiou a participação na CPI , Joice afirmou que recebeu mensagem enquanto voava de São Paulo para Brasília. No texto, era chamada de “vagabunda” e que ela “merecia um tiro na testa”.

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Leia mais:  Congresso retoma atividades com maior renovação da história recente

Política Nacional

Governo ignora STF e mantém sigilo de gastos com cartão corporativo

Publicado

por

source
Bolsonaro arrow-options
Presidência da República
Governo disse que gastos de Bolsonaro seriam confidenciais

O governo federal ignorou uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que derrubou o artigo de um decreto militar de 1967 que mantinha sob sigilo os gastos da Presidência da República. O artigo foi derrubado há um mês pela Corte, mas o Planalto continua sem divulgar as informações dizendo que as despesas reservadas do presidente e de seus ministros são confidenciais.

Após a decisão do STF, em novembro, o governo foi notificado da mudança, mas ele continua dizendo que não vai tornar as informações públicas. O argumento utilizado é a Lei de Acesso à Informação (LAI), que diz que os gastos só devem ser mantidos sob sigilo se eles comprometerem de alguma forma a segurança nacional ou as negociações econômicas do País.

“Sobre o assunto, cabe esclarecer que a legislação utilizada pela Presidência da República para classificar as despesas com grau de sigilo é distinta daquela que foi objeto da decisão do STF”, disse, em nota, a assessoria de comunicação do Palácio do Planalto.

Leia também: 80% dos brasileiros pelo menos desconfiam de falas de Bolsonaro, diz Datafolha

Segundo dados do Portal da Transparência do Governo Federal, desde que Bolsonaro assumiu o cargo de presidente, a Presidência desembolsou R$ 14,5 milhões com cartões corporativos. Esse valor, no entanto, não tem maiores detalhamentos sobre cada vez que o recurso foi utilizado.


Na interpretação do Executivo, mesmo que o Supremo tenha decidido pela derrubada do artigo que permitia o sigilo, outra lei, a da Transparência, permita que a Presidência mantenha os gastos dos cartões corporativos sem serem revelados.

Leia mais:  Congresso retoma atividades com maior renovação da história recente

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Dilma é chamada de bandida e outras ofensas em voo. Veja o video

Publicado

por

source

Circula nas redes sociais um vídeo em que passageiros de um voo que ia de São Paulo até Porto Alegre hostilizam a ex-presidente Dilma Rousseff (PT).  As agressões foram filmadas no momento do desembarque da petista.Alguns ocupantes cantavam “A sua hora vai chegar”, em tom de provocação.

Na troca de farpas os ocupantes ofendem Dilma, chamando-a de “bandida” e afirmam que ela “quebrou o país”. Após rebater os passageiros, Dilma ainda afirmou que eles defendiam as milícias. 

Antes de sair, a petista ainda responde com ironia: “Ah é, fui eu? Tá ótimo, então”. Na internet, usuários saíram em defesa da petista. 

As agressões foram filmadas no momento do desembarque da petista. O episódio aconteceu na última quinta-feira (5).


Assista ao vídeo:


Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Leia mais:  Bebianno se filia ao PSDB e deve ser candidato à prefeitura do Rio de Janeiro
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana