conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Até agora 637 doses de vacina contra a Covid-19 foram aplicadas em profissionais da educação

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde deu continuidade na vacinação dos profissionais de educação contra a Covid-19 em Tangará da Serra. Na quarta-feira, 09, foi dado início na imunização de professores e demais profissionais que atuam no Ensino Fundamental, nas redes públicas e privada do Município. A vacina foi aplicada conforme agendamento, com apoio da Secretaria Municipal de Educação, entre às 16h e às 18h30 de ontem.

Antes, professores e demais profissionais da educação infantil já haviam sido imunizados na cidade. No total, 637 doses de vacina já foram aplicadas nesse grupo prioritário.

O setor de saúde do Município segue o estabelecido no Plano Nacional de Imunização (PNI) e nesta etapa imuniza professores, técnicos, servidores da limpeza, servidores do setor administrativo, vigias, ADI’s, merendeiras, dentre outros profissionais, receberam a primeira dose da vacina Astrazeneca/Oxford.

Os dados completos da imunização em Tangará da Serra, com números da quantidade de doses recebidas e da vacinação de todos os grupos prioritários, estão disponíveis no Vacinômetro, no site da Prefeitura: www.tangaradaserra.mt.gov.br.

População em geral

Na semana que vem, a Secretaria de Saúde começará a imunizar a população em geral, sem comorbidades, com idade entre 55 e 59 anos. O link para cadastramento na lista de espera da vacinação desse público já está disponível no site e redes sociais da Prefeitura. A vacina será aplicada em drive-thru no dia 19/06, sábado, no estacionamento da Havan.

Importante salientar que será divulgada uma lista no dia 17/06, com os nomes das pessoas a serem imunizadas no dia 19 (sábado).

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Vereador Eduardo Sanches visita cidades do Nortão para conhecer Projeto Alvará Fácil

Publicado

O vereador Eduardo Sanches (PSL) esteve em visita a cidades do norte do estado, e participou da implantação do projeto do “Alvará Fácil”, em Sorriso. A intenção é trazer o projeto para Tangará da Serra. O programa Alvará Fácil auxiliará a expedição do Alvará de Construção, objetivando acelerar o ritmo do processo de autorização para a execução.

Depois de sancionado, poderão ser licenciados os projetos de construção de residências unifamiliares e os projetos comerciais, abrangidos na Categoria de Uso Compatível, com área construída de até 750 m², além de outros requisitos, de acordo com a Lei de Uso e Ocupação do Solo vigente no município. O prazo de validade do Alvará Fácil será de 12 meses.

Mesmo com a pandemia a construção civil continua em ritmo acelerado e Tangará da Serra teve números de crescimentos expressivos na emissão de alvarás nos anos de 2020 e 2021.

Segundo Eduardo Sanches o Alvará Fácil chegou para facilitar a vida dos proprietários que desejam construir e profissionais. “Com o alvará fácil, os trâmites para a liberação dos projetos terão maior celeridade. O cidadão que tem urgência em construir não precisará esperar até 30 dias para ter acesso ao alvará, agora, o contribuinte sai com o alvará provisório em até 48h. Sem burocracia, menos papelada e muito mais rapidez”, explica vereador.

Também estiveram presentes na reunião, o secretário de Cidade, Ednilson Oliveira, o deputado estadual, Ulysses Moraes (PSL), e o vereador de Sorriso, Diogo Kriguer (PSDB). O parlamentar Eduardo Sanches finalizou sua agenda em Sinop.

Continue lendo

Tangará da Serra

Homem que teve corpo incendiado pela mulher não resiste e morre

Publicado

Genésio da Silva Miranda que foi atacado e teve seu corpo incendiado pela própria mulher acabou não resistindo aos ferimentos e morrendo em Cuiabá nesta segunda-feira, 21. O crime aconteceu em Tangará da Serra no dia 14 de junho, após uma discussão do casal.

Genésio foi atendido inicialmente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas), mas acabou sendo transferido para a capital em decorrência da gravidade dos ferimentos provocados pelo fogo em seu corpo.

A morte de Genésio foi confirmada pelo Hospital Municipal de Cuiabá, para onde a vítima havia sido transferida no dia 21 de junho. Atacado com álcool e fósforo, o homem sofreu queimaduras de 2° e 3° graus e ficou com cerca de 50% de seu corpo queimado.

De acordo com as últimas informações, a Polícia Civil de Cuiabá registrou o óbito e o corpo será ser encaminhado para Tangará. A mulher de Genésio, apontada como autora do crime, foi detida e liberada após audiência de custódia.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana