conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Nacional

Argelino que elogiava Hitler em posts vira réu por apologia ao nazismo no Brasil

Publicado


source
Ele usava nome falso, mas foi rastreado pelo número vinculado à conta
O Antagonista

Ele usava nome falso, mas foi rastreado pelo número vinculado à conta

Um cidadão argelino que vive no Brasil se tornou réu por apologia ao nazismo devido a publicações no Facebook nas quais enaltecia símbolos e personalidades do regime ditatorial alemão, entre elas o líder Adolf Hitler. Abdessalem Martani, de 48 anos, usava nome falso na rede social, mas foi descoberto a partir do número de telefone vinculado à conta, registrado em São Paulo.

O réu responderá por veiculação da suástica para fins de divulgação do nazismo, conforme previsto no artigo 20 da Lei nº 7.716/89, que dispões sobre crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. Ele pode ser condenado a até cinco anos de prisão, além do pagamento de multa.

Entre as postagens, constam não apenas o símbolo característico do Terceiro Reich e fotos de Hitler, mas também referências a outro expoente da ideologia antissemita, o escritor e ativista político Dietrich Eckart, precursor do partido nazista.

“Verifico nesta cognição sumária que a acusação está lastreada em razoável suporte probatório, dando conta da existência da infração penal descrita e fortes indícios de autoria”, diz a decisão da 7ª Vara Criminal Federal de São Paulo após denúncia do Ministério Público Federal (MFP).

O órgão tomou ciência das postagens por meio da investigação de outros crimes nos quais o réu se envolveu. Ele já foi julgado e condenado pelos delitos e cumpre prisão em regime semiaberto em Itaí, no interior paulista.

Drop here!

Comentários Facebook

Nacional

Doria diz que não há perspectiva de novas medidas restritivas em SP

Publicado

por


source
Governador João Doria (PSDB)
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Governador João Doria (PSDB)

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta quinta-feira (27) que não há perspectiva para adoção de novas medidas restritivas no estado. Mesmo com o avanço da pandemia e o aumento de casos, Doria reforçou que o importante é seguir com a vacinação.

“Quero deixar bem claro aqui que não há nenhuma perspectiva de medidas restritivas ao comércio, ao setor de serviços, ou a indústria ou a qualquer outro setor. O que é importante é que as pessoas sigam se vacinando, e vacinem os adolescentes e as crianças. E usem máscaras e álcool em gel. Não há nenhuma perspectiva neste sentido”, disse.

A fala aconteceu durante um discurso na cidade de Bauru, no interior de São Paulo. O evento aconteceu para anunciar um novo chamamento público para contratar uma Organização Social de Saúde (OSS) que irá gerir o Hospital das Clínicas da cidade.

Continue lendo

Nacional

Eduardo Paes garante carnaval no Rio: “Vai ter de qualquer jeito”

Publicado

por


source
 Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD)
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD)

Com o feriado de Tiradentes (21/04) escolhido como a nova data para a realização do Carnaval no Rio de Janeiro,  o prefeito da cidade Eduardo Paes (PSD) , afirmou que “vai ter Carnaval este ano de qualquer jeito”. No entanto, a festa em abril só indica a realização dos desfiles na Marquês de Sapucaí, o Carnaval de rua ainda não tem data confirmada.

Devido ao avanço da variante ômicron da Covid-19 no país, o Rio adiou o Carnaval no final do mês de fevereiro. No dia 21/01, após um encontro virtual entre os prefeitos do Rio e de São Paulo, com os secretários de Saúde e os presidentes das ligas das escolas de samba das duas cidades, os desfiles nos sambódromos foram adiados para abril.

No início de janeiro, Paes decidiu, juntamente com as ligas dos blocos de rua e as autoridades sanitárias, que os desfiles de rua também deveriam ser cancelados .

Na última terça-feira (25), o prefeito da cidade do Rio assegurou que continuará a fazer os repasses para as escolas, que poderão manter seus funcionários trabalhando, com salários em dia e mantendo os ensaios nas quadras. “Eu acredito na ciência”, disse Paes ao programa Bar Apoteose.

Leia Também

Em relação ao combate contra o coronavírus, o secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, classificou o atual momento como ”preocupante” por conta da quantidade de pessoas sem o esquema vacinal completo ou sem nenhuma dose da vacina.

”Estamos vendo o número de pessoas sendo internadas aumentando. Infelizmente, pessoas que não se vacinaram, que não foram tomar a dose de reforço no momento correto. É triste ver uma pessoa internada por uma causa que poderia ter sido evitada pela vacina”, disse Soranz na última quarta-feira (26).


Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana