conecte-se conosco


Tecnologia

Apple irá lançar cinco modelos de iPhone durante 2020, diz analista

Publicado

source

Olhar Digital

Segundo um relatório publicado pelo analista chinês Guo Minghao, a Apple irá lançar nada menos do que cinco modelos de iPhone neste ano (não contando variações na quantidade de memória interna), todos compatíveis com redes 5G .

O caçula da família será um aparelho de baixo custo com tela LCD de 4,7” e design similar ao do iPhone 8 , que por enquanto está sendo chamado de iPhone 9 . A ele se juntariam 4 modelos com tela OLED e design similar ao do atual iPhone 11 , com telas de 5,4”, 6,1”, e 6,7 polegadas.

Reprodução

Além da diferença no tamanho das telas, estes modelos também teriam diferença nas câmeras: o de 5,4” teria duas câmeras traseiras, o de 6,1” teria versões com duas ou três câmeras traseiras e o de 6,7” teria três câmeras traseiras. Comparando com a linha atual, isso significa que teríamos dois iPhone 12 (5,4” e 6,1”, dual cam), um 12 Pro (6,1”, triple cam) e um 12 Pro Max (6,7”, triple cam).


Leia também: Imagem do próximo celular dobrável da Samsung vaza na internet

Todos os aparelhos seriam compatíveis com redes 5G, tanto nas frequências Sub-6GHz quanto Milimeter Wave (mmWave). Graças ao suporte a 5G, Guo espera que a Apple venda de 80 a 85 milhões de unidades dos novos iPhones em 2020, um aumento de 6% a 13% no volume em relação a 2019.

Leia mais:  Quanto vale um disquete assinado por Steve Jobs? Peça é vendida por R$350 mil

Fonte: Gizchina

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook

Tecnologia

Instagram remove botão do IGTV da rede social

Publicado

por

source

Olhar Digital

Instagram arrow-options
Unsplash/NeONBRAND

Instagram retira botão do IGTV


O Instagram fez diversas tentativas de aumentar o uso da plataforma IGTV . Um dos meios encontrados pela rede social foi o de incorporar um ícone, fixado na parte superior do Feed , que fazia o direcionamento ao serviço de vídeos. Entretanto, ao que parece, o botão dedicado ao IGTV não surtiu o efeito esperado, por esse motivo, o Facebook , dono da plataforma, decidiu removê-lo.

Conforme apontado pelo site TechCrunch , o logotipo do IGTV  deixará de aparecer na página principal da rede social. O Facebook informa que os usuários descobrem o conteúdo da plataforma por meio de conteúdo no Feed, aplicativo do próprio IGTV e na guia ‘Explorar’.

Leia também: TikTok pode se tornar mais popular que o Instagram, diz criador do Snapchat

“Enquanto trabalhamos para facilitar a criação e descoberta de conteúdo do IGTV , aprendemos que a maioria das pessoas chega a esse material por meio de visualizações no Feed, perfis dos criadores de conteúdo e aplicativo próprio. Poucas pessoas clicam no ícone dedicado”, declarou um porta-voz do Facebook .


O Facebook diz que pretende manter o Instagram “o mais simples possível”, por isso optou por remover o botão da plataforma. Mesmo com as estratégias para a popularização do IGTV , o app independente teve pouca adesão entre os usuários do Instagram .

Leia também: Anúncios políticos: Facebook e Instagram vão oferecer mais controle a usuários

Leia mais:  Quanto vale um disquete assinado por Steve Jobs? Peça é vendida por R$350 mil

Estima-se que, dos mais de um bilhão de usuários do Instagram, apenas sete milhões tenham feito o download do aplicativo IGTV desde o lançamento, há 18 meses. Apenas como comparação, o TikTok , app que apresenta uma proposta como a do IGTV, acumulou 1,1 bilhão de downloads no mesmo período.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Depois de Jeff Bezos ser hackeado, saiba como se proteger de vírus no WhatsApp

Publicado

por

source

Olhar Digital

WhatsApp arrow-options
shutterstock

Veja como se proteger de vírus enviados no WhatsApp


Jeff Bezos , CEO da Amazon e homem mais rico do mundo, chocou ao mundo ao revelar que teve seu celular invadido pelo príncipe saudita Mahammed bin Salman. A invasão se deu através de um vírus enviado escondido em um vídeo. Esse acontecimento levantou a dúvida se é possível ser infectado por vírus pelo WhatsApp . E a conclusão é que, embora seja raro, é sim possível.

Muita gente acredita que os telefones não podem contrair o mesmo tipo de vírus que afeta os computadores, o que não deixa de ser verdade. Porém, nenhum sistema é infalível, e isso inclui Android , iOS e o próprio aplicativo de mensagem. Os casos que envolvem o WhatsApp hackeado costumam ser relacionados a  aplicativos que se disfarçam do próprio aplicativo de mensagens. Um exemplo foi o “WhatsApp Gold”, que afirmava ser uma versão premium do aplicativo, mas não passava de um programa malicioso projetado para roubar dados.

Leia também: Príncipe saudita é suspeito de hackear celular de Jeff Bezos


Em maio de 2019, foi revelado um bug que possibilitava acessar o telefone de um usuário para vigilância, utilizando uma chamada de áudio. Isso acontecia mesmo se a ligação não fosse atendida. Pouco depois o WhatsApp disponibilizou uma atualização que corrigiu o problema.

Leia mais:  Cerca de 40% dos sites brasileiros não têm certificado de segurança

Embora os casos de vírus no aplicativo sejam raros, é possível realizar algumas coisas para garantir que se esteja menos propenso a ser vítima deste problema; veja como se proteger:

Leia também: Criminosos clonam WhatsApp com facilidade; saiba como evitar

  • Verifique se o aplicativo é legitimo – O WhatsApp Gold mostrou que é fácil ter acesso ao smartphone se passando pelo app original. Para evitar isso, faça o download apenas de aplicativos na loja oficial do celular e verifique a autenticidade da empresa. Observar os comentários também pode ser útil para encontrar possíveis problemas;
  • Nunca abra arquivos suspeitos – Se um arquivo recebido parece estranho, não hesite em apagá-lo sem abrir, principalmente se for enviado por alguém desconhecido;
  • Instale um antivírus – Um bom aplicativo antivírus pode conter o vírus caso necessário.
  • Mantenha o WhatsApp atualizado – Patches de segurança são constantemente lançados e podem corrigir falhas existentes em versões anteriores.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana