conecte-se conosco


Mato Grosso

Apenas o município de Brasnorte está com risco alto de contaminação de Covid-19 em Mato Grosso

Publicado


.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (27.08) o Boletim Informativo n°172 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 7) que o único município do Estado que configura na classificação com risco “alto” para o novo coronavírus é Brasnorte.

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, 19 municípios estão na classificação de risco “moderado” para a disseminação do coronavírus. São eles: Cuiabá, Rondonópolis, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Várzea Grande, Primavera do Leste, Campo Novo do Parecis, Tangara da Serra, Barra do Garças, Cáceres, Mirassol D’Oeste, Sapezal, Sinop, Jaciara, Cláudia, São Felix do Araguaia, São Pedro da Cipa, Ponte Branca, Reserva do Cabaçal.

Outros 121 municípios estão na classificação “baixo”, indicado pela cor verde e não apresentam grandes riscos de contaminação. Nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco “muito alto”, indicado pela cor vermelha que indica alerta máximo de contaminação.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Quinta-feira (27): Mato Grosso registra 88.385 casos e 2.707 óbitos por Covid-19

Publicado

por


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (27.08), 88.385 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.707 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.   

Foram notificadas 1.681 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 88.385 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 17.640 estão em monitoramento e 68.038 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 300 internações em UTIs públicas e 284 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 73,37% para UTIs adulto e em 32,68% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (17.859), Várzea Grande (6.865), Rondonópolis (6.167), Lucas do Rio Verde (4.431), Sorriso (4.258), Tangará da Serra (3.837), Sinop (3.432), Primavera do Leste (2.711), Nova Mutum (1.888) e Campo Novo do Parecis (1.817). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19 em Mato Grosso, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 75.523 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 960 amostras em análise laboratorial. 

Cenário nacional

Na última quarta-feira (26), o Governo Federal confirmou o total de 3.717.156 casos da Covid-19 no Brasil e 117.665 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 116.580 óbitos e 3.669.995 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quinta-feira (27).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sinfra apresenta balanço de obras e ações de infraestrutura à Assembleia Legislativa

Publicado

por


.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) apresentou aos deputados estaduais um balanço da execução dos programas do governo Mato Grosso Pró Estradas, Cidades Urbanizadas, Cidades Sustentáveis e Operação do Sistema de Transporte, ao longo do segundo semestre de 2019. Os programas abrangem as obras e ações de infraestrutura realizadas em todo o estado.

Os dados foram apresentados durante audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa, na tarde desta quinta-feira (27.08), para a prestação de contas da evolução das metas físicas previstas na Lei Orçamentária Anual (LOA) para serem executadas no segundo semestre do ano passado.

De acordo com o secretário-adjunto de Obras Rodoviárias da Sinfra, Nilton de Britto, a audiência é  uma oportunidade  de mostrar a atuação da secretaria que, mesmo não dispondo de recursos financeiros para realizar todas as obras de infraestrutura necessárias em Mato Grosso, tem conseguido atender a todas as regiões do Estado.

“Agradecemos o apoio que a Assembleia Legislativa tem dado à Sinfra. Agradecemos o reconhecimento da população e da Assembleia a esse esforço que a Sinfra tem feito. Infelizmente não dispomos dos recursos que gostaríamos de ter, mas acreditamos que temos correspondido à expectativa de todos”, disse.

No segundo semestre do ano passado foram realizadas a pavimentação de 153,46 quilômetros e a restauração de outros 182,32 quilômetros em várias rodovias estaduais, como o asfaltamento da MT-020 em Paranatinga e a restauração da MT-246 entre Jangada e Barra do Bugres. Também foi executada a conservação de quase 4 mil quilômetros de rodovias, ultrapassando em 25% o previsto para execução no período.

Sinfra apresenta balanço das obras e ações de infraestrutura à Assembleia Legislativa

Além disso, a Sinfra também realizou a manutenção de 2 mil quilômetros de rodovias não-pavimentadas, construiu  mais de 1 mil metros de pontes de concreto, como a ponte  do Rio Arinos III na MT-488 em Tapurah e a ponte do Rio Sangue I na MT-242 em Brasnorte, bem como  executou a reforma de 104 metros de pontes de madeira.

Em relação ao Programa Cidades Urbanizadas, sob responsabilidade da Secretaria-adjunta de Obras Especiais, houve um avanço nas obras de mobilidade e infraestrutura urbana iniciadas para atender às demandas da Copa do Mundo de 2014, com a conclusão da Avenida Parque do Barbado e do Centro Oficial de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT).

Já sob a responsabilidade da Secretaria-adjunta de Cidades foi feita, ainda no Programa Cidades Urbanizadas, a elaboração de 100 projetos técnicos de edificações e infraestrutura do Estado e Municípios, bem como foi concedido o apoio à execução de projetos, construções e reforma de obras públicas municipais.

Entre elas, as obras de praças públicas em Mirassol D´Oeste, Guarantã do Norte e Jauru, por exemplo. Já no programa Cidades Sustentáveis foram entregues 360 moradias do residencial Nico Baracat, em Cuiabá.

O programa de Operação do Sistema de Transporte, por sua vez, compreende o serviço de transporte intermunicipal de passageiros, as concessões aeroportuárias, de hidrovia, rodovias estaduais, além de eventuais projetos de ferrovia.

Para a operação do serviço de transporte intermunicipal de passageiros, foram formalizados contratos emergenciais, através de chamamento público, para garantir a continuidade da prestação do serviço até a conclusão do processo licitatório já em andamento.

Governo avança com obras de infraestrutura em todas as regiões de Mato Grosso

Também foram executadas a ampliação da infraestrutura aeroportuária do Estado, a manutenção e operação hidrovias e a formalização de 37 parcerias, além da concessão de 279,2 quilômetros das rodovias MT-320/MT-208 e MT-100 à iniciativa privada.

“Nós estamos mostrando o modelo de gestão do nosso governador Mauro Mendes e, dessa forma, estamos aqui trabalhando de porta aberta, com lisura, transparência e atendendo a todos da mesma forma e igualdade”, afirmou o secretário-adjunto de Logística e Concessão, Huggo Waterson.

Ao final da apresentação do balanço, o deputado estadual Carlos Avallone reconheceu o esforço e empenho da Sinfra para que as ações citadas pudessem ser concretizadas. “Quero dar o reconhecimento da Assembleia Legislativa ao trabalho que vocês vêm realizando, um trabalho com integridade, que tem sido bastante elogiado e faço aqui questão de destacar isso. Estamos satisfeitos com a apresentação que foi feita”, afirmou o deputado.

Também participaram da audiência pública o secretário-adjunto de Obras Especiais da Sinfra, Isaac Nascimento, a representante do Núcleo de Gestão Estratégica para Resultados da Sinfra, Andreia Lorenzet, e o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Secretaria de Estado de  Planejamento e Gestão (Seplag), Anildo  Correa.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana