conecte-se conosco


Política Nacional

Amado e odiado, Bolsonaro tem aprovação de 18% a 66% nas capitais, aponta Ibope

Publicado


source
bolsonaro
Agência Brasil

Jair Bolsonaro divide opiniões e popularidade nas capitais vai de 18%, em Salvador, a 66%, em Boa Vista

Amado e odiado, o presidente Jair Bolsonaro realmente divide opiniões, apesar de viver momento de grande popularidade . A primeira rodada de pesquisas do Ibope em 25 capitais revela grandes diferenças regionais na forma com que os eleitores encaram o presidente.

Se em Salvador (BA), a administração de Bolsonaro é considerada ótima ou boa por apenas 18%, menor índice do País, em Boa Vista (AC), sua aprovação chega a 66%. Em quase todas as capitais, as avaliações muito positivas ou muito negativas superam as regulares. Em nenhuma a avaliação regular tem maioria.

Após o registro oficial das candidaturas para as Eleições 2020 , São Luís (MA) é a única capital brasileira que ainda não teve um levantamento do Ibope para avaliar o governo Bolsonaro.

De acordo com o Ibope , a média de aprovação ao governo é maior nas capitais das regiões Norte e Centro-Oeste e menor nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. A última pesquisa nacional do instituto de pesquisa, concluída no mês de setembro, revelou aprovação de cerca de 40%; 29% consideravam o governo regular, meso percentual dos que consideravam o governo Bolsonaro ruim ou péssimo.

De olho nas eleições municipais, a pesquisa de aprovação do presidente ajuda candidatos a definirem o rumo de suas campanhas, buscando se aproximar de Bolsonaro, como faz  Celso Russomanno (Republicanos) em São Paulo, por exemplo, ou se afastar o máximo possível, como seria o cenário ideal em Salvador, já que na capital baiana a administração bolsonarista é considerada ruim ou péssima por 62% dos eleitores.

Confira as avaliações do governo Bolsonaro por capital

Região Centro-Oeste – sem o DF:

  • Campo Grande – 45% ótimo e bom, 34% ruim ou péssimo e 20% regular;
  • Cuiabá – 49% ótimo e bom, 28% ruim ou péssimo e 23% regular; e
  • Goiânia – 44% ótimo e bom, 33% ruim ou péssimo e 22% regular.

Região Nordeste – sem São Luís (MA):

  • Aracaju –  34% ótimo e bom, 44% ruim ou péssimo e 19% regular;
  • Fortaleza – 26% ótimo e bom, 47% ruim ou péssimo e 25% regular;
  • João Pessoa – 43% ótimo e bom, 33% ruim ou péssimo e 21% regular;
  • Maceió – 42% ótimo e bom, 36% ruim ou péssimo e 21% regular;
  • Natal – 39% ótimo e bom, 37% ruim ou péssimo e 23% regular;
  • Recife – 29% ótimo e bom, 43% ruim ou péssimo e 28% regular;
  • Salvador – 18% ótimo e bom, 62% ruim ou péssimo e 17% regular; e
  • Teresina – 26% ótimo e bom, 42% ruim ou péssimo e 31% regular.

Região Norte:

  • Belém – 29% ótimo e bom, 43% ruim ou péssimo e 28% regular;
  • Boa Vista – 66% ótimo e bom, 15% ruim ou péssimo e 18% regular;
  • Macapá – 42% ótimo e bom, 33% ruim ou péssimo e 24% regular;
  • Manaus – 54% ótimo e bom, 26% ruim ou péssimo e 19% regular;
  • Palmas – 44% ótimo e bom, 28% ruim ou péssimo e 27% regular;
  • Porto Velho – 50% ótimo e bom, 29% ruim ou péssimo e 21% regular; e
  • Rio Branco – 48% ótimo e bom, 27% ruim ou péssimo e 23% regular.

Região Sudeste:

  • Belo Horizonte – 39% ótimo e bom, 41% ruim ou péssimo e 19% regular;
  • Rio de Janeiro – 34% ótimo e bom, 38% ruim ou péssimo e 28% regular;
  • São Paulo – 27% ótimo e bom, 48% ruim ou péssimo e 24% regular; e
  • Vitória – 32% ótimo e bom, 44% ruim ou péssimo e 22% regular.

Região Sul:

  • Curitiba – 40% ótimo e bom, 35% ruim ou péssimo e 24% regular;
  • Florianópolis – 33% ótimo e bom, 47% ruim ou péssimo e 18% regular; e
  • Porto Alegre – 26% ótimo e bom, 50% ruim ou péssimo e 23% regular.

Comentários Facebook

Política Nacional

Eduardo Bolsonaro posta foto do nascimento da filha: “Bebê mais lindo que já vi”

Publicado

por


source
Eduardo Bolsonaro filha
Reprodução / Facebook

Geórgia nasceu há uma semana e Eduardo Bolsonaro recordou momento compartilhado foto do parto

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) , compartilhou pela primeira vez uma imagem da filha Geórgia nas redes sociais. A criança nasceu há uma semana, em um parto natural e humanizado. Na imagem, Eduardo aparece ao lado da esposa, psicóloga Heloísa Wolf e da equipe médica.

“Há 1 semana Heloísa começou a sentir contrações a noite, a Enfermeira Fernanda Bittencourt @fefe_sb veio à nossa casa e depois de madrugada fomos ao hospital. As contrações ficaram mais fortes, Heloísa sofreu, mas foi forte, segurou a onda. Tive pena dela, mas não havia o que eu pudesse fazer e sabia que depois viria a bonança. Cerca de 2 horas depois nascia nossa princesa de parto natural”, relembrou Eduardo.

Pai de primeira viagem, Eduardo Bolsonaro  diz que ainda se emociona ao lembrar do momento em que Geórgia chegou ao mundo.

“Impossível não se emocionar – até escrevendo isso e relembrando me seguro. Ficamos felizes porque ela veio com muita saúde e tudo deu certo”.

O deputado agradeceu as orações e mensagens recebidas em apoio à nova fase. Nos comentários, diversos apoiadores falaram sobre como o “milagre da vida” é importante e transformador na vida das pessoas e parabenizaram o casal. 

Leia o relato completo:


Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Rogéria Bolsonaro escolhe tesoureira investigada por rachadinha da Alerj

Publicado

por


source
rogéria e flávio
Reprodução / Instagram

Rogéria Bolsonaro ao lado do filho mais velho, Flávio Bolsonaro

Uma das  investigadas no Caso Queiroz está atuando como coordenadora financeira na campanha da primeira ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Rogéria Bolsonaro (Republicanos).

Alessandra Cristina Ferreira de Oliveira atuou com o filho mais velho de Rogéria, Flávio Bolsonaro , no gabinete da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), e teve os sigilos bancários quebrados pela Justiça.

Na campanha de Rogéria, Alessandra vai ocupar ao mesmo tempo duas, das três funções importantes de uma campanha eleitoral: coordenadora financeira e contadora.

Ficará sob a responsabilidade de Alessandra prestar contas à Justiça Eleitoral , além de ser a responsável por contratos firmados com gráficas, produções de conteúdo para redes sociais, tv, rádio e também contratos firmados com funcionários.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana