conecte-se conosco


Polícia

Alegria e confraternização marcam a 14ª edição do Arte e Cultura em Ação

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil realizou na tarde de sexta-feira (13.12), a tradicional comemoração do projeto “Arte e Cultura em ação: revelando talentos”. O evento completa em 2019 a sua 14ª edição, e a cada ano revela talentos de novos servidores, os quais já se dedicam ao trabalho policial.

A 14ª edição do evento aconteceu no auditório da Diretoria Geral da Polícia Civil, em Cuiabá, reunindo servidores e familiares, como revelações de aptidões musicais, artesanato, culinárias e desenhos a lápis. 

Durante a abertura, a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, falou do momento de alegria, o qual intitulou de o “Nosso Natal”, uma vez que o ano inteiro é repleto de tarefas, compromissos, sendo no “Arte cultura em ação” o momento em que nossos profissionais se unem para celebrar.

“Em nome da Diretoria Geral parabenizo todos os envolvimentos neste brilhante evento, em especial a equipe da Gerência de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança (Gadss), pelo esforço em promover a 14ª edição desse projeto cultural que visa proporcionar momentos de integração e confraternização”, enalteceu a diretora Daniela Silveira Maidel.

Iniciando as atrações, o Coral Vozes da Polícia Civil contagiou os presentes com suas canções. Em seguida, foi o momento das apresentações musicais cantadas ao vivo, que animaram a plateia.

O delegado geral, Mario Dermeval Aravechia de Resende, foi contagiado pela alegria do evento e subiu ao palco para “dar uma palhinha”, cantando uma música para os presentes. Além do show apresentado pelos artistas da música, o evento também contou os servidores que expuseram os seus trabalhos.

Leia mais:  A Polícia Civil apreende 470 pedras de diamantes em Comodoro

Expondo pela primeira vez no evento, a servidora Gabriela Costa, lotada na Coordenadoria de Gestão de Pessoas, falou da alegria em participar do projeto podendo divulgar os dotes culinários. “Faço doces gourmet como fonte de renda extra e agora para divulgar esse trabalho para todos os meus colegas de serviço”, disse ela.

A esposa do policial civil Benedito Monserat, Irene Marques do Nascimento Almeida, destacou a oportunidade de mostrar os seus produtos, além de expandir o seu negócio. “Esse tipo de espaço é muito importante para nós, pequenos empreendedores, pois com esse apoio conseguimos propagar nosso trabalho”, destacou Irene.


Na ocasião, houve sorteios de brindes e lembranças para os convidados, que encerraram o evento que busca a qualidade de vida, contagiados pela alegria e confraternização de final de ano.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Polícia

Fazendeiro é encontrado morto dentro de carro na MT-364 em Campos de Júlio

Publicado

O fazendeiro Inácio Eurico Vogt, foi encontrado morto com as mãos amarradas dentro de um carro, na noite dessa terça-feira (28), na MT-364, entre Comodoro e Campos de Júlio.

Segundo a Polícia Militar uma denúncia anônima destacou que dois homens estavam em um posto agindo de forma suspeita, por volta das 20h50. Eles teriam pedido para um funcionário encher um galão de 20 litros alegando que iriam abastecer outro veículo que estava longe.

Em buscas a PM localizou os suspeitos e ao dar sinal de parada, a dupla fugiu em alta velocidade, dando início à perseguição. Após bloqueio na pista, o condutor, jogou o carro fora da rodovia e fugiram a pé por um matagal. No veículo, a equipe encontrou o corpo de Inácio deitado no banco de trás, com os braços amarrados e muito sangue. Uma ambulância foi acionada e constatou a morte da vítima.


A esposa do fazendeiro informou que o marido saiu de casa por volta das 18h00 e desapareceu. Eurico era morador de Sapezal. Ninguém foi preso. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil e Politec identificam corpo localizado em rio em Araguaina
Continue lendo

Polícia

Polícia Civil prende traficante e fecha ponto de droga no bairro Areão

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), fechou na tarde desta terça-feira (28.01), um ponto de vendas de drogas, localizado no bairro Areão em Cuiabá.

A ação resultou na prisão de um jovem responsável pela venda do entorpecente, além da apreensão de drogas e vários objetos relacionados ao tráfico.

A ação foi deflagrada com objetivo de dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela 13ª Vara Criminal de Cuiabá.

Em buscas na residência, os policiais encontraram no quarto do suspeito, uma balança de precisão, uma faca com resquícios de entorpecente, três comprimidos de substância desconhecida, uma porção de pasta base e R$ 64 em dinheiro.

Na despensa da casa, também foi encontrada uma porção de maconha. Segundo informações, o traficante é integrante de uma facção criminosa e atuava na venda de entorpecente no período diurno, porém durante a noite a comercialização intensificava.


Diante das evidências, o suspeito foi conduzido a DRE, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

 

Comentários Facebook
Leia mais:  A Polícia Civil apreende 470 pedras de diamantes em Comodoro
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana