conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Política MT

AL Social apoia show gratuito de Nico e Lau no Pedra 90

Publicado


Foto: Marcos Lopes

Quem perdeu o espetáculo ‘Remedeia com o que tem’ no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros no mês de setembro pode assistir a uma montagem parecida gratuitamente, neste sábado (23), às 20h, na praça Ana Martinha, no bairro Pedra 90, em Cuiabá.

A peça teatral conduzida pelos personagens Nico e Lau promete tirar boas gargalhadas do público, sendo oferecida em espaço aberto. Quem preferir pode também assistir de casa. A montagem será transmitida pelo Youtube da dupla Nico e Lau https://www.youtube.com/user/Nicoelauproducoes e pelo facebook.com/duplanicoelau.

O espetáculo criado pelos comediantes Lioniê Vitório e J. Astrevo compõe o segundo espetáculo do projeto “Quero Mais Cultura” – 2ª edição. A peça teatral conduzida pelos personagens Nico e Lau também vai enaltecer as canções autorais do mais novo álbum musical da dupla – que dá nome ao show: Remedeia com o que tem.

“É um espetáculo recheado de histórias hilárias. Teremos performances inusitadas e interpretação de músicas que compõem o novo trabalho musical da dupla”, antecipou Lioniê Vitório, conhecido pelo personagem Nico.

O show de humor deste sábado comportará 300 pessoas, distribuídas em cadeiras afastadas, para garantir as medidas de biossegurança. A temperatura da plateia também será medida e recomenda-se chegar entre 19h e 20h, pois será encerrada a entrada a partir das 20h.

A iniciativa do 2º Quero Mais Cultura é do Instituto Leverger, tem apoio cultural de Fruta Sul e tem apoio estrutural da Assembleia Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT).

“Lioniê e J. Astrevo sempre foram nossos parceiros. Já fizeram rir mães, crianças, famílias inteiras em bairros distantes em tantas ações promovidas pela Assembleia Social. E, é claro, nos disponibilizamos para esta parceria, até porque este projeto atende três de nossos pilares: a aproximação da Assembleia Legislativa com o povo, a promoção da cultura mato-grossense e o acolhimento de nossa população tão vulnerável”, avaliou a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira.

 Mais informações, pelo telefone (65) 3627.1244 ou pelo site www.nicoelau.com.br.

Sinopse do espetáculo – Ao longo do tempo, Nico e Lau aprenderam a ‘Remediar Com Que Têm’ e, assim, manter um diálogo com público de forma simples, objetiva e cativante. Neste projeto, além de celebrar os 26 anos de carreira, também se constitui num cenário perfeito para o lançamento da mais recente obra da dupla: O CD Remedeia Com o Que Tem, o sexto álbum da trajetória dos comediantes.

Um show de mais de uma hora, que diverte e interage com a plateia, promovendo entretenimento saudável para um público presencial que, nos últimos meses, tem consumido arte e cultura apenas de forma remota.

Serviço

Show ‘Remedeia com o que tem’, da dupla Nico e Lau – 2º Quero Mais Cultura –

Formato: presencial e transmissão on-line

Data: Sábado (23), às 20h

Local: Praça Ana Martinha (Praça do Pedra 90), localizada na Avenida Newton Rabello de Castro, 403, bairro Pedra 90, Cuiabá

Entrada franca: 300 ingressos disponíveis

Transmissão ao vivo pelos canais: https://www.youtube.com/user/Nicoelauproducoes e facebook.com/duplanicoelau

Classificação: Livre

Informações: (65) 3627-1244 / www.nicoelau.com.br

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política MT

ALMT derruba parecer e aprova projeto que permite realização de “prova de vida” em domicílio

Publicado

por


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou na sessão desta terça-feira (7), em segunda votação, o Projeto de Lei 835/2019, de autoria do deputado estadual Faissal Calil, que determina que as instituições financeiras devam efetuar a prova de vida de cidadãos que recebam benefícios governamentais em domicílio, caso seja comprovada a impossibilidade de locomoção do cliente.

A aprovação do projeto se deu após a derrubada do parecer contrário da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da ALMT, por 13 votos. De acordo com Faissal, a proposta dá mais dignidade aos idosos, evitando constrangimentos e citou ainda um caso recente, onde um idoso que foi realizar a comprovação, acabou infectado pelo vírus da covid-19.

“Várias reportagens já mostraram idosos sendo carregados no colo, em agências bancárias, para fazer esta comprovação. Isso afronta a dignidade da pessoa humana. Recentemente, um beneficiário que estava no lar dos idosos de Cuiabá foi realizar esta prova de vida em um banco e acabou infectado com covid-19. Ele acabou transmitindo para outras pessoas que lá moravam e algumas infelizmente morreram. Esta lei tem um cunho social muito grande”, afirmou.

Faissal destacou que as instituições financeiras possuem meios próprios e eficientes para a realização de pesquisa externa de comparecimento ao local onde se encontra o idoso incapacitado de locomoção.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Deputados aprovam PLC que regulamenta teletrabalho para servidores estaduais

Publicado

por


Foto: Ronaldo Mazza

Em sessão ordinária nesta terça-feira (7), os deputados estaduais de Mato Grosso aprovaram, durante a Ordem do Dia, em segunda votação, o Projeto de Lei Complementar 47/2021, que estabelece a modalidade do trabalho à distância como cumprimento da jornada de trabalho no âmbito do Poder Executivo do estado. O PLC 47/2021 foi aprovado com substitutivo integral de autoria das lideranças partidárias e teve duas abstenções, dos deputados Lúdio Cabral (PT) e Valdir Barranco (PT).

Durante a votação, o PLC foi discutido em plenário. O deputado Paulo Araújo (PP), que pediu inversão de pauta para a votação da matéria, defendeu o PLC que regulamenta o teletrabalho em Mato Grosso. “É um importante avanço para a administração pública”, acrescentando que o “teletrabalho já demonstrou que funciona, inclusive nesta Casa de Leis”, destacou.

Quem também saiu em defesa da mensagem governamental foi o deputado Wilson Santos (PSDB). Segundo o parlamentar, o teletrabalho veio para ficar. “Defendo e vou votar a favor porque os resultados da produtividade aumentaram e isso foi claro e evidente em todos os poderes”, disse, citando como exemplo a própria Assembleia Legislativa. “O teletrabalho é o futuro chegando agora”, afirmou Santos.

O deputado Valdir Barranco (PT), se posicionou favorável à matéria, mas contra sua aprovação. “O Ministério do Trabalho apontou fragilidades dessa proposta do governo, durante audiência pública. Temos que ouvir as bases dos servidores para votar esta matéria”, disse o parlamentar que criticou o fato de a matéria estar sendo aprovada de forma célere em plenário. “O encaminhamento da audiência pública foi para não aprovarmos essa matéria com urgência”, disse Barranco.

Foto: Ronaldo Mazza

Já o deputado Lúdio Cabral (PT) rechaçou a fala de Barranco. “Eu já havia apresentado duas emendas ao PLC 47/2021. Quero seguir a orientação do meu colega de bancada e me abster da votação”.

Em justificativa à mensagem, o governo argumenta que o teletrabalho já é uma realidade no panorama contemporâneo do mundo do trabalho, cujas obrigações laborais são realizadas remotamente, com a definição de entregas e prazos a serem cumpridos, por meio de tecnologias de informação e comunicação.

O governo também argumenta que neste período de pandemia o teletrabalho (home office) tem se demonstrado uma modalidade viável para determinadas funções públicas, sendo dirigido a servidores que “realizam atividades intelectuais e são capazes de cumprir as metas previamente estabelecidas, executar as atividades sem comando específico, cumprir prazos e efetivamente entregar resultados”.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana