conecte-se conosco


Mulher

Adolescente comete suicídio após fazer enquete com seguidores no Instagram

Publicado

Uma adolescente de 16 anos, que morava no estado de Sarawak, na Malásia, cometeu suicídio na segunda-feira (13) depois de  fazer uma enquete
com seguidores do Instagram. No post, ela questionou se deveria viver ou morrer e pediu para que as pessoas “a ajudassem escolher”. A maior parte delas votou a favor de sua morte.


Instagram
shutterstock
A jovem compartilhou uma enquete no Instagram questionando aos seguidores sobre se deveria morrer ou viver

Segundo informações da agência de notícias AFP, a jovem fez a seguinte postagem na história  Instagram
: “É muito importante. Me ajudem a escolher entre D/L”. A letra D significa “death” (morte em inglês), já o L é para “life” (vida).

Junto ao texto ainda havia uma enquete para que os seguidores votassem. A polícia local afirmou que 69% das pessoas votaram pela morte e 31% pela vida.

Um deputado da Malásia pediu uma investigação para evitar casos semelhantes e autoridades do país, como o ministro da Juventude e Esportes, Syed Saddiq, expressou preocupação com a saúde mental
dos jovens no país. 

Ching Yee Wong, responsável pela comunicação da empresa na Ásia, transmitiu seus pêsames à família e afirmou que sabe “da importante responsabilidade de se assegurar que as pessoas que usam a rede social
 se sintam seguras e apoiadas”.

Instagram é rede social mais nociva à saúde mental

Uma pesquisa realizada Royal Society for Public Health, uma instituição de saúde pública do Reino Unido, em parceria com o Movimento de Saúde Jovem, mostrou que o Instagram é a  rede mais mais prejudicial para a mente dos jovens.

Leia mais:  Mãe fica chocada ao encontrar bebê com as pernas amarradas em hospital

No total, 1.479 pessoas entre 14 e 24 anos foram entrevistadas. Os resultados indicam que 90% dos jovem dessa faixa etária usam redes sociais mais do que qualquer outro grupo — o que os torna ainda mais vulneráveis a sofrer com os efeitos colaterais.

Segundo estudo, os jovens avaliados estão ansiosos, deprimidos, com a autoestima baixa, sem sono. A razão disso tudo pode estar ligada ao compartilhamento de fotos pelo Instagram
, que impacta negativamente a autoimagem e a aumenta o sentimento chamado de FOMO (“fear of missing out”), ou seja, o medo que os jovens têm de ficar por fora dos acontecimentos.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
publicidade

Mulher

5 modelos de bolsas que nunca saem de moda e combinam com todos os estilos

Publicado

por

A bolsa é um dos acessórios que pode fazer toda a diferença na hora de montar um look, além de, claro, tornar o visual mais funcional e prático. E para facilitar a sua vida, há sempre aqueles modelos de bolsa que não saem nunca de moda.  

Pensando nisso, o Delas
conversou com Daniela Fiszpan, diretora de estilo da Fiszpan, para saber quais modelos de bolsa
continuam fazendo sucesso independente da moda da vez — e como não errar na composição seguindo seu próprio estilo.  Confira abaixo: 

Modelos de bolsa #1: mochila


mulheres usando mochila
Reprodução/Pinterest
A mochila é um dos modelos de bolsas mais práticos e versáteis que existem, já que te permite carregar vários objetivos

Segundo Daniela, a mochila é a opção ideal para quem carrega muitos objetos, já que a maior parte dos modelos tem muitos bolsos e divisões. Por isso é super prática  e garante um visual despojado e muito mais confortável. 

“É perfeita para quem está estudando ou trabalhando, por exemplo, pois costuma carregar muitos livros, notebook e outros acessórios
“, comenta. 

Veja também: 9 looks com mochila de couro para usar em qualquer ocasião

Modelos de bolsa #2: carteiro


mulheres usando bolsa carteiro
Reprodução/Pinterest
Os modelos de bolsa carteiro ganharam as ruas há mais de dez anos e, ainda hoje, permanecem firmes por serem estilosas

Há quase 10 anos, a Mulberry viu a “itgirl” Alexa Chung usando uma bolsa masculina de carteiro vintage e resolveu homenageá-la com uma criação especial para ela. Desde então, este modelo voltou com tudo e nunca mais saiu de moda 
.

Leia mais:  Quer adotar formas geométricas na decoração da casa? Confira ideias e inspire-se

“Ele é ótimo para o dia a dia, pois combina com tudo e é muito prático deixando o visual com um ar mais casual e vintage”, diz a diretora de estilo. 

Modelos de bolsa #3: baú


mulheres usando bolsa baú
Reprodução/Pinterest
Como ícone de estilo, os modelos de bolsa baú permitem que você use em qualquer hora do dia e combine com vários estilos

A bolsa baú é um dos maiores ícones de estilo desde que foi eternizado por Audrey Hepburn em “Bonequinha de Luxo”. “É um modelo mais estruturado, quadrado e tem um design semelhante ao de um baú — por isso o nome”, explica. 

Os tamanhos podem variar entre médio e grande, assim como as alças. Assim, as bolsas maiores são perfeitas para aproveitar o dia, enquanto as menores são mais usadas de noite.

Modelos de bolsa #4: tiracolo


mulheres com bolsa tiracolo
Reprodução/Pinterest
O tiracolo está entre os modelos de bolsa mais populares, charmosos e que também combinam com vários eventos e looks

A bolsa tiracolo é prática e super charmosa. Como o tamanho pequeno permite levar apenas o essencial, é um modelo que combina tanto com uma noite de balada, um almoço de trabalho ou um passeio pelo shopping. 

“A dica para o  outono/inverno
é deixar o look mais moderninho usando-a cruzada no corpo por cima do casaco. É um detalhe que garante uma bossa extra!”, diz a profissional. 

Leia mais:  Relembre 5 vezes em que mulheres deram aula de autoestima aceitando seus corpos

Modelos de bolsa #5: clutch


mulheres usando bolsa clutch
Reprodução/Pinterest
Os modelos de bolsas clutch são clássicos e perfeitos para efeitos sofisticados, mas essa não é a única forma de usá-los

A clutch nada mais é do que uma bolsa carteira menor e estruturada. Apesar de ser mais usada nas mãos, alguns modelos possuem alças removíveis que permitem mais praticidade, o que pode ser uma  tendência
 tanto para o seu dia a dia, quanto em eventos formais. 

“Este é um dos modelos de bolsa
que surgiram lá nos anos 20 e é muito usado até hoje, ainda mais em festas que pedem uma produção mais sofisticada”, finaliza Daniela. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

7 erros comuns que você pode cometer na hora de lavar o cabelo

Publicado

por

Lavar o cabelo parece uma rotina simples: molhe, passe shampoo, enxágue, repita. Mas será que é só isso mesmo? O momento da lavagem serve tanto para higienizar os fios, removendo impurezas e oleosidade, quanto para deixá-los saudáveis e bem cuidados. 

Leia também: Lavar os cabelos todo dia é prejudicial? Saiba quais cuidados ter com os fios


lavar o cabelo
shutterstock
Lavar o cabelo é um dos primeiros passos para uma rotina de cuidados com os fios, mas você está fazendo isso do jeito certo?

Dependendo dos seus hábitos na hora de  lavar o cabelo
 , os fios podem ficar mais pesados, ter as fibras danificadas e até cair. Para ajudar você nesta atividade tão rotineira, a dermatologista Mayara Bravo, da Clínica Karla Assed Curitiba,  selecionou os erros mais comuns: 

1. Lavar o cabelo com água quente

“Prefira a água mais fria que suportar”, recomenda a especialista. Segundo ela, a temperatura alta costuma danificar as fibras capilares e ressecar o couro cabeludo. Isso faz com que as glândulas sebáceas produzam mais óleo, o que causa um efeito rebote. 

2. Passar shampoo diretamente no cabelo

A recomendação da dermatologista é aplicar uma quantidade pequena de shampoo nas mãos antes de aplicar o produto nos fios. “Ao despejar o produto diretamente no couro, a quantidade pode acabar sendo muito maior do que você imagina”, diz. Isso também pode aumentar a oleosidade
 , porque deixa os fios ressecados. 

Leia mais:  by Koji completa 7 anos e moderniza o espaço

3. Limpar o couro cabeludo usando as unhas

“Cuidado com as unhas ao massagear os fios: seu couro cabeludo
é sensível, use sempre as pontas dos dedos”, recomenda Mayara. Se você usar as unhas diretamente no couro cabeludo, pode acabar causando ferimentos ou deixar a pele irritada. 

4. Enxaguar só por cima

Na hora de lavar os fios, é muito importante tirar todo o resíduo e não deixar a água cair só por cima, já que isso pode deixá-lo oleoso mais rápido. “Enxágue até ter certeza que não ficaram resíduos, pois eles tendem a deixar o cabelo mais ‘pesado’”, diz a dermatologista. 

5. Usar qualquer shampoo

Um dos cuidados essenciais é escolher o shampoo que combina com o seu tipo de cabelo. Então, o ideal é usar produtos que controlem a oleosidade se essa é a principal necessidade do seu fio
 , ou que combata o frizz se o volume é o seu maior problema. 

“Se você tiver mais de uma necessidade capilar, como a maioria das mulheres, tenha duas opções de shampoo e condicionador e alterne o uso. Vale lembrar que em qualquer sinal de irritação, suspenda imediatamente o uso de qualquer produto e procure um especialista.” 

6. Aplicar condicionador na raiz

O shampoo se aplica na raiz, o condicionador não. Ele pode obstruir a raiz dos fios e causar uma série de danos além do cabelo oleoso
, como queda e caspa. “Aplique o condicionador somente no comprimento, deixando o produto agir pelo tempo indicado e enxágue bem”, diz. 

Leia mais:  Mãe faz sucesso ao criar contrato com regras para filho adolescente usar celular

7. Secar com toalha torcendo os fios

Depois de lavar o cabelo
de forma correta, busque secá-lo com uma toalha para não danificá-lo
com a temperatura do secador. O ideal é apertar a toalha de forma delicada contra os fios para retirar o excesso de água. “Jamais torça ou friccione os fios”, finaliza a especialista. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana