conecte-se conosco


Tangará da Serra

Adequações de Promotorias são apresentadas durante reunião

Publicado

Foto: Assessoria

As pendências foram regularizadas e a sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Tangará da Serra já está com o alvará do Corpo de Bombeiros. A regularização foi uma das demandas apresentadas na primeira visita da Comissão de Apoio Institucional, ocorrida no primeiro semestre deste ano. A Procuradoria-Geral de Justiça também adquiriu e entregou os equipamentos de combate a incêndio e pânico para regularização das Promotorias de Justiça de Campo Novo do Parecis, Barra do Bugres, Diamantino e Sapezal.

Em Campo Novo do Parecis, 63,32% do contrato para reforma e ampliação da sede já foram executados. A unidade passará a contar com auditório com capacidade para 45 lugares. Em Barra do Bugres, a reforma também está adiantada, com 78,66% dos serviços concluídos. As boas notícias foram repassadas pelo secretário-geral do Ministério Público, promotor de Justiça Milton Mattos Silveira, em reunião realizada nesta terça-feira, nas Promotorias de Justiça de Tangará da Serra.

Durante o encontro, conduzido pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, com a participação de 12 promotores de Justiça, também foram repassadas informações e esclarecidas dúvidas sobre o funcionamento dos Centros de Apoio Operacional (CAOs) e do Centro de Apoio Operacional do Conhecimento e Segurança da Informação (CAOP/CSI). A revisão do Planejamento Estratégico da Instituição também integrou a pauta de discussões.

O coordenador das Promotorias de Justiça de Tangará da Serra, Thiago Scarpellini Vieira, ressaltou a importância da aproximação entre a Procuradoria-Geral de Justiça e as Promotorias localizadas no interior do estado. “Durante muito tempo, nós cobramos e pedimos essa presença de toda a equipe da Procuradoria-Geral de Justiça junto aos promotores do interior e dos polos com a finalidade de melhorarmos os serviços prestados à população. Agora, com essas novas ferramentas que foram criadas, a exemplo do Portal de Apoio à Investigação (PAI), e também o novo Planejamento Estratégico, é muito importante essa aproximação para que possamos então colocar em prática essas melhorias visando sempre prestar um bom serviço à sociedade”.


O coordenador das Promotorias de Justiça de Campo Novo do Parecis, Luiz Augusto Ferres Schimit, também fez uma avaliação positiva do encontro. “A vinda do procurador-geral de Justiça acompanhado de sua equipe, que se desloca da capital para o interior, facilita a vida do promotor de Justiça do interior e proporciona um contato mais pessoal com a administração superior”, disse. (Fonte: Assessoria MP/MT)

Leia mais:  Atendimentos oftalmológicos iniciam em Tangará e pacientes faltam às consultas

Comentários Facebook
publicidade

Tangará da Serra

Incêndios criminosos tem atingido vários bairros de Tangará e responsável está sendo procurado

Publicado

Foto: ilustrativa

Moradores de vários bairros de Tangará da Serra tem reclamado do intenso odor de fumaça que invade as residências, principalmente no período da noite. Os moradores acreditam que o fogo tem sido colocado de forma criminosa nos terrenos, sempre quase no mesmo horário, por volta das 22h.

Nesta segunda-feira, 14, a fumaça foi sentida em bairros como Jardim Europa, Jardim Rio Preto, Vila Horizonte, Vila Santa Terezinha, Vila Alta, Vale do Sol, Novo Tarumã, Jardim Itália, Jardim Santiago e na região central.

“Eu moro no Jardim Europa, agora a noite [ontem] está difícil respirar”, relatou uma moradora. “Aqui na Cohab tá muita fumaça. Toda noite é assim”, disse outro morador em uma postagem na rede social.

O gestor comercial Jackson Firmino, que mora na Rua 48 do bairro Jardim Europa, informou à reportagem do Bem Notícias que na madrugada do último sábado, voltava para casa por volta das 1h, e ao chegar próximo de sua residência se assustou com a intensa quantidade de fumaça. “(…) estava muito forte. Mal dava para respirar. A rua estava tomada por fumaça. O cabelo e a roupa ficaram impregnados. Terrível essa situação que se repete todas as noites”, lamenta.

De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, denúncias tem chegado ao órgão, e diante disto fiscais estão fazendo levantamento para tentar conseguir identificar o responsável que está colocando esse fogo.

Leia mais:  Atendimentos oftalmológicos iniciam em Tangará e pacientes faltam às consultas

Por outro lado, conforme o secretário Magno César, os proprietários desses terrenos estão sendo autuados independentemente de serem os responsáveis ou não.

“A área está dentro do perímetro urbano e ele [proprietário] deveria mantê-la limpa e fazer as prevenções para que isso não ocorresse, não viesse a pegar fogo e prejudicar a população”, reforçou o secretário.


Ele ressaltou ainda que a Secretaria precisa do apoio da comunidade para esse caso, de forma que quem souber ou tiver alguma informação sobre o responsável que está ateando fogo, faça a denúncia pelo telefone 3311- 4862, ou até na Polícia através do 190.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Polícia Civil fecha ponto de venda de drogas conhecido como “Boca do Lacraia” no Bairro Jardim Parati

Publicado

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na noite desta segunda-feira (14) um homem suspeito de comandar o tráfico de drogas no Bairro Jardim Parti em Tangará da Serra.

O suspeito estava em liberdade condicional e usa tornozeleira eletrônica.

A ação, realizada pelo cartório de Repreensão ao Tráfico, foi decorrente de investigações. Os investigadores identificaram e verificaram importantes indícios de movimentação e possível distribuição e venda de entorpecentes, no local conhecido como “Boca do Lacraia”.

Segundo a equipe policial, o suspeito V.S.S recebeu recentemente liberdade condicional e se encontrava com tornozeleira eletrônica. Na casa, foram encontradas porções de pasta base de cocaína, maconha, dinheiro da venda de entorpecentes e uma balança de precisão que era utilizada para pesar as porções de drogas a serem comercializadas. Ainda foi apreendido um aparelho celular Samsung J7 NEO de cor dourada, que os investigadores suspeitam ter sido roubado ou furtado.


Celular apreendido sob suspeita de ter sido roubado ou furtado.

O suspeito deverá ser autuado por associação para o tráfico e tráfico de drogas.

Comentários Facebook
Leia mais:  Motociclista é arrastado por carro em acidente de trânsito no Bairro Alto da Boa Vista
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana