conecte-se conosco


Entretenimento

A relação de amor e ódio dos fãs com o fim de “Game of Thrones”

Publicado

O último episódio de “Game of Thrones” a ir ao ar, “The Bells”, foi assistido por mais de 12 milhões de pessoas nos EUA. Antes disso, o terceiro episódio da temporada, que mostrou a batalha em Winterfell, foi assistido por quase 18 milhões somando variadas plataformas e bateu o recorde de audiência da série.


daenerys olha para a cidade em seu dragão em cena de game of thrones
Divulgação
“Game of Thrones”

A popularidade de “ Game of Thrones
”, que chegou ao oitavo ano como uma das maiores da televisão, só aumenta com os desfechos das histórias iniciadas em 2011. Com a forte presença digital dos espectadores, a série é comentada on-line sem parar. O mesmo episódio da batalha, por exemplo, gerou 7,8 milhões de tuítes no mundo.

Muitos desses 7 milhões, no entanto, estão furiosos. Séries costumam ter desfechos fora do previsto, principalmente para impactar o público e não é a primeira vez que alguém fica indignado com um final
(e “GoT” ainda tem um episódio pela frente). Mas o impacto acaba sendo muito maior com a soma de ira e acesso ao Twitter.

E ira é a melhor palavra para descrever uma grande porção de fãs
da produção da HBO no momento. Conforme a oitava temporada foi se desenvolvendo, as críticas foram se acumulando, a ponto de um fã (ou ex-fã?) criar uma petição para que a emissora refaça a temporada, alegando que a série “merece uma temporada final que faça sentido”.

Leia mais:  Aos 91 anos, Cid Moreira se divide entre Brasil e EUA e vive fase instagrammer

Os próprios atores, em entrevistas resgatadas nas últimas semanas, não mostravam grande empolgação com o final.  Kit Harrington, que vive Jon Snow, chegou a definir como “decepcionante” a última temporada.

Explicações demais


personagens bebem e conversam em uma mesa em familia soprano
Divulgação
Cena final de “Família Soprano” também dividiu os fãs da série da HBO

Agora “GoT” é o centro das atenções, mas essa não é a primeira vez que os rumos de uma série dividem opiniões. “Lost”, que foi ao ar entre 2004 e 2010, teve um final que deixou muitos fãs revoltados. A produção não esclarece muitos pontos misteriosos mostrados ao longo dos anos e deixa subentendido que todos estavam mortos desde a queda do avião.

“How I Met Your Mother” decepcionou muita gente com o fim, que mostrava justamente como Ted (Josh Radnor) conheceu a mãe de seus filhos, que acaba sendo uma pessoa desconhecida.

“Família Soprano”, que acabou em 2007, deixou as pessoas tão confusas que muitos entraram em contato com suas operadoras de TV para verificar se não havia um problema. Isso por que a cena final mostra a família em um restaurante e, quando parece que algo pode acontecer, a tela fica preta e acaba.

Leia mais:  Após ordens de Dalila, Paul faz oferta tentadora à Camila em “Órfãos da Terra”

As imagens deixam em aberto se Tony Soprano (James Gandolfini) foi assassinado ou não. Na época, porém, o engajamento on-line era menor, e o final não causou o furor nas redes como acontece mais recentemente. Ajuda também o fato de que o criador da série, David Chase, não deu maiores explicações sobre o final.

Na época, ele chegou a dizer que não tinha interesse em “explicar, interpretar ou adicionar qualquer coisa a cerca do que foi mostrado”. Com “GoT” esse não é o caso e os criadores David Benioff e D.B.Weis comentam cada episódio. Isso abre espaço para os fãs questionarem ainda mais o conteúdo – e até mesmo as decisões narrativas tomadas por eles.

Não há unanimidade, e o que “ Game of Thrones
” fez, embora alguns acreditem que seja incoerente, segue o fator “surpresa” que acompanha a série desde o começo. Mas o acumulo de análises, comentários, teses e entrevistas podem pôr a perder o prestígio angariado até aqui.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Keanu Reeves diz que toparia interpretar Wolverine nos cinemas

Publicado

por


keanu reeves
Divulgação
Há somente mais um papel que Reeves gostaria de interpretar: o de Wolverine, membro bastante polêmico dos X-men

Keanu Reeves é uma figura querida pelos cinéfilos desde que salvou o mundo como Neo em Matrix. Agora que se encontrou no personagem John Wick, que se transformou em uma franquia cujas ramificações emanam do cinema para os games e para a TV, há somente mais um papel que Reeves gostaria de interpretar: o de Wolverine, membro dos X-men.

Leia também: “John Wick 3” amplia universo da franquia e traz cenas de ação alucinantes

A revelação foi feita durante uma entrevista ao BuzzFeed. No vídeo, Keanu Reeves aparece brincando com cachorrinhos e responde a algumas perguntas de fãs. Um dos intenautas quis saber qual personagem Reeves gostaria de interpretar – e o ator foi categórico: “Quando eu era criança, eu sempre quis ser o Wolverine, então, o Wolverine
.”

Interpretar o Wolverine nas telonas não deve ser um sacrifício para Reeves. Versátil e adaptável a qualquer papel, o ator já fez comédias como Bill & Ted: Uma Aventura Fantástica, suspenses como Advogado do Diabo e até chegou a se aventurar pelo mundo das artes marciais em O Homem do Tai Chi.

Será que Keanu Reeves
daria um bom Wolverine? Os fãs podem até não ter uma resposta para esta pergunta, mas torcem para que seu desejo de infância será realizado.

Leia mais:  Aos 91 anos, Cid Moreira se divide entre Brasil e EUA e vive fase instagrammer

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Tiago Iorc é primeiro convidado em retorno da série Acústico MTV

Publicado

por


Tiago Iorc
Reprodução/Instagram
Tiago Iorc lançou novo disco, “Reconstrução”, de surpresa

Série de grande sucesso nas décadas de 1990 e 2000, o projeto”Acústico MTV” será retomado no Brasil em 2019. A emissora confirmou a informação através de uma nota nesta quarta-feira. E a primeira atração do retorno já está escolhida: o cantor e compositorTiago Iorc . 

Leia também: Maluma, baby! Colombiano é o rei das parcerias com pop stars da música

A apresentação fechada para convidados, a ser gravada no dia 30 de maio, será a primeira de Tiago Iorc
 desde o lançamento surpresa de seu mais recente álbum, “Reconstrução” , que bateu recordes de streaming no começo do mês . O músico está longe dos palcos desde que decidiu tirar um período sabático há quase um ano e meio. A data de exibição do “Acústico MTV Tiago Iorc” ainda não foi definida.

Felipe Simas, empresário do músico, comemorou o convite: “O ‘ Acústico MTV
‘ ocupa um lugar bastante especial na memória afetiva de todos nós ligados à indústria da música no Brasil. Ter o Tiago como o primeiro artista dessa nova geração a reviver esse projeto é uma enorme satisfação”.

Até hoje, o recordista de vendas do “Acústico MTV
” é o da banda Kid Abelha, que vendeu mais de 2 milhões de unidades físicas só no Brasil. Artistas como Gilberto Gil, Legião Urbana, Cássia Eller, Charlie Brown Jr., Capital Inicial e Rita Lee também gravaram edições memoráveis. A última tinha sido a de Arnaldo Antunes, em 2011.

Leia mais:  Com painéis disputados, CCXP 2018 vê público investir em programação alternativa

Leia também: “Estou me divertindo”, diz Paula Fernandes sobre repercussão de Shallow

No mercado internacional, o “MTV Unplugged” teve como show mais histórico o da banda Nirvana, gravado em 1993. Mas astros como Bob Dylan, Paul McCartney e Eric Clapton também participaram. A MTV retomará o projeto globalmente. Nos Estados Unidos, Shawn Mendes foi escalado como primeira atração, assim como Tiago Iorc
no Brasil.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana