conecte-se conosco


Mulher

7 fatores que podem levar à falta de desejo feminino e como melhorar tudo isso

Publicado

Você sente prazer durante o sexo? Sente que está satisfeita com a pessoa que se relaciona sexualmente? Se a sua resposta for “não”, não é preciso se sentir mal por isso. Na verdade, a falta de desejo feminino está mais presente na vida das mulheres do que se imagina. Diariamente o Delas
recebe dúvidas de leitoras que não sabem como agir diante da falta de prazer sexual.


Falta de desejo feminino é algo comum e que atormenta diversas mulheres
shutterstock
Falta de desejo feminino é algo comum e que atormenta diversas mulheres

Leia também: Não ter prazer no sexo é normal? Delas responde leitora que nunca se satisfez

Pensando nisso, listamos os sete fatores mais comuns que contribuem para a falta de desejo feminino
. Claro, não podemos esquecer que cada caso é um caso e o que funciona para uma mulher pode não resolver o problema de outra. Por isso, sempre recomendamos buscar orientação profissional para respostas mais certeiras sobre casos específicos.

Confira os 7 fatores que podem contribuir para a falta de desejo:

1. Ausência de diálogo pode levar à falta de desejo feminino


Não dialogar com o outro pode aumentar o problema da falta de desejo feminino
shutterstock
Não dialogar com o outro pode aumentar o problema da falta de desejo feminino

A conversa é um dos pilares que mantém um relacionamento saudável. Dessa forma, evitar falar sobre sexo e temas que envolvem a sexualidade pode ser um dos fatores que contribuem para a falta de desejo. Quando não há diálogo, é muito mais difícil do outro saber como te satisfazer na cama e, consequentemente, a frustração aparece acompanhada da falta de prazer.

Falar sobre sexo, sobre como você gosta de ser tocada e o que gosta de experimentar na cama é fundamental. Isabel Losada, autora do livro “Adventures in Sex, Love and Laughter”, fala ao site iNews
 que todos devem aprender a falar “sim”, “não” e “espere”, deixando tudo sempre muito claro, principalmente na “hora H”.

Além disso, a especialista em sexualidade Cátia Damasceno afirma que dialogar bastante e mostrar interesse em mudar aspectos do relacionamento que incomode o casal também são algo essencial para não deixar a falta de prazer te consumir.

2. Cair na rotina pode esfriar o sexo e atrapalhar o desejo


Adotar jogos eróticos é uma forma de evitar cair na rotina e impedir que a falta de prazer feminino tome conta da relação
shutterstock
Adotar jogos eróticos é uma forma de evitar cair na rotina e impedir que a falta de prazer feminino tome conta da relação

Há quanto mais tempo o casal está junto, mais fácil cair na rotina. E quando isso acontece, o sexo pode ficar morno, sem graça e a falta de desejo feminino toma conta da relação. No entanto, adotar alguns hábitos e novas atitudes pode ajudar a reacender a chama da paixão e fazer o sexo ser prazeroso novamente. O casal pode testar novas posições, buscar novos ambientes para fazer sexo
e testar algumas brincadeiras e desafios.

Leia mais:  Pela contribuição à sociedade lideranças femininas recebem o título 'Mulher Cidadã'

Em entrevista anterior ao Delas, a sexóloga Priscila Junqueira comenta que jogos eróticos são uma ferramenta para manter a vida sexual ativa e divertida ao mesmo tempo.  “Objetos e técnicas para proporcionar mais prazer e explorar os desejos ajudam os casais a acabarem com a rotina”, explica a especialista.

3. Não explorar zonas erógenas pode deixar tudo mais monótono


Explorar as zonas erógenas, como o pescoço, é uma forma de combater a falta de desejo feminino
shutterstock
Explorar as zonas erógenas, como o pescoço, é uma forma de combater a falta de desejo feminino

Ao contrário do que algumas pessoas imaginam, o órgão sexual não é a única região do corpo humano capaz de proporcionar prazer. Na verdade, existem zonas erógenas que podem e devem ser exploradas. Essas zonas são regiões com muitas terminações nervosas ou pele mais fina, que são mais sensíveis ao toque e provocam uma sensação de prazer quando são estimuladas. No geral, essas zonas são a parte interna dos braços e coxas, os seios, a virilha, a região atrás do pescoço, as orelhas, o lábio e o clitóris.

Leia também: Conheça 12 zonas erógenas e saiba como estimular cada uma para ter mais prazer

4. Falta de lubrificação pode deixar a relação bastante incômoda


Apostar em lubrificantes é uma saída para driblar a falta de lubrificação que contribui para a falta de desejo feminino
shutterstock
Apostar em lubrificantes é uma saída para driblar a falta de lubrificação que contribui para a falta de desejo feminino

A lubrificação é fundamental para garantir o prazer feminino
e garantir que a penetração seja mais confortável. De acordo com especialistas, a lubrificação nada mais é do que uma secreção expelida por glândulas na vagina que tornam a mucosa mais hidratada e contribuem para uma relação mais prazerosa.

A falta de lubrificação pode estar relacionada a diversos fatores e um dos mais comuns é o fato de a mulher não estar relaxada. Por isso, durante o sexo, tente se concentrar na relação, curtir o momento e relaxar.

Leia mais:  Saiba como identificar risco decolapso num imóvel; confira dicas e se previna

E se tiver problemas com a lubrificação natural, não tenha receio de usar um lubrificante
. Lembre-se apenas de escolher um produto à base de água para usar junto com a camisinha, assim não há riscos de corroer o material do preservativo. 

5. Não estar relaxada é um problema para o sexo e para o desejo


Ficar relaxada é fundamental para se entregar inteiramente à relação sexual e enfrentar a falta de desejo feminino
shutterstock
Ficar relaxada é fundamental para se entregar inteiramente à relação sexual e enfrentar a falta de desejo feminino

Segundo a terapeuta sexual Thais Plaza em entrevista prévia ao Delas, quando a mulher não consegue relaxar e se entregar ao sexo, isso pode prejudicar diretamente o prazer dela. De acordo com a profissional, o orgasmo é uma consequência de uma relação sexual prazerosa em que as pessoas mergulham com o corpo e a mente. Dessa forma, a dificuldade em se concentrar pode dificultar chegar ao ápice do prazer. 

6.  Investir apenas na penetração pode atrapalhar a relação


Investir no sexo oral e no estímulo clitoriano é a melhor forma de combater a falta de desejo feminino
shutterstock
Investir no sexo oral e no estímulo clitoriano é a melhor forma de combater a falta de desejo feminino

Muita gente acha que o momento mais importante do sexo é a penetração. Pode até ser, porém, não é tão simples atingir o prazer somente com ela. De acordo com um estudo publicado no periódico “Archives of Sexual Behaviour”, o sexo penetrativo é a prática que tem menos chance de fazer a mulher alcançar o orgasmo. Na verdade, o segredo está em investir no clitóris, já que a região tem mais de 8 mil terminações nervosas e é dedicada exclusivamente ao prazer.

Além disso, o estudo aponta que o sexo oral antes ou depois da penetração faz o número de mulheres que chegam ao orgasmo passar de 35% para 60%. Então, investir nesse tipo de estímulo é uma forma de driblar a falta de desejo feminino e garantir que a mulher fique mais satisfeita na hora do sexo.

7. Fazer sexo sem estar com vontade não é uma boa ideia


O sexo deve ser sempre algo consensual e confortável para ambos; caso contrário, a falta de desejo feminino aumenta
shutterstock
O sexo deve ser sempre algo consensual e confortável para ambos; caso contrário, a falta de desejo feminino aumenta

Este é o último item, mas talvez um dos mais importantes de toda a lista. Muitas mulheres acabam cedendo o desejo do outro e fazendo sexo sem estar realmente com vontade, apenas para agradar a pessoa com que se relaciona. No entanto, a prática é extremamente prejudicial não apenas para a relação do casal, mas também para a autoestima da mulher. Lembre-se sempre que sexo é consenso e que você deve se sentir confortável durante a relação.

Leia também: Sexo com penetração não me dá prazer, por quê? Delas responde


Tem alguma dúvida sobre sexo, sexualidade ou até mesmo posições sexuais? Faça como as leitoras que nos mandaram perguntas sobre a falta de desejo feminino
e entre em contato conosco pelo email [email protected] Nós traremos uma especialista para respondê-la com sigilo total!

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Madrinha escolhe vestido ousado para casamento da irmã e gera confusão

Publicado

por

Ser madrinha de um casamento requer aceitar algumas exigências dos noivos que nem sempre são agradáveis, como uma mulher que pediu para a amiga perder alguns quilinhos para o dia do evento . Porém, a situação também pode ser inversa, como a irmã de uma noiva que quis seguir seus próprios gostos e provocou uma confusão a poucos dias da cerimônia ao querer usar um vestido ousado.

madrinha de casamento gera polêmica com vestido
Reprodução/Fashion Nova
O vestido que a madrinha gostaria de usar tem detalhes transparentes, além de estar na cor preta


Por meio do Facebook, a noiva desabafou sobre a atitude de sua irmã, que também seria sua madrinha de casamento. Na publicação, ela explica que pediu para as damas de honra usarem um vestido azul com flores, e elas deveriam ter procurado opções em janeiro de 2019.

Sua “irmãzinha”, entretanto, não ouviu os conselhos dela e quis inovar completamente na escolha do look. A noiva compartilhou uma foto da roupa que a madrinha gostaria de usar no casamento, e chamou a atenção a ousadia da mulher.

Leia também: Sogra usa vestido de noiva no casamento da nora, mas história tem final feliz

“Meu casamento é daqui a oito dias e eu disse para minha irmãzinha comprar em janeiro um vestido azul-marinho com flores”, inicia ela. “Ela me disse hoje que ainda não pediu um vestido, mas gostou desse. Eu disse que não é apropriado para o meu casamento, especialmente como uma dama de honra”, complementa a noiva na legenda.

Leia mais:  56% das brasileiras temem sinais de envelhecimento no rosto, diz estudo
vestido ousado
Reprodução/Fashion Nova
Esse é o vestido que a madrinha gostaria de usar na cerimônia. A noiva compartilhou a imagem com os internautas


Indignada, a pretendida esclarece à irmã que, se ela não quer ser uma das testemunhas da união, basta dizer. A menina, então, abandonou o posto, mas ainda quer ter todas as regalias. “Ela deixou de ser minha dama de honra e eu acho que ela ainda pensa que pode ter toda a diversão de madrinha comigo, como a de despedida de solteira… Desculpe, não!”, diz a mulher.

Leia também: Mulher desabafa após achar que roupa escolhida para casamento irá ofuscar noiva

Atitude da madrinha é criticada na web

Os internautas entenderam e apoiaram a noiva nessa história, fazendo críticas ao modo de agir da irmã e ao vestido ousado que ela gostaria de usar na cerimônia. “Isso deve ser usado em um quarto”, dispara um.


“Lingerie deslumbrante. Não é apropriado para nada ao ar livre, exceto uma festa na piscina”, opina outro. Um dos usuários do Facebook afirmou que esse tipo de roupa que a madrinha desejou colocar é adequado para outros eventos. “É um casamento, não o Coachella”, comenta ele.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

O sexo caiu na rotina? Confira 5 dicas para esquentar a relação

Publicado

por

Com o passar dos anos, o relacionamento pode cair na rotina e a temperatura entre quatro paredes dar uma esfriada – e fazer com que o sexo fique menos frequente. Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pelo Instituto do Casal, em 2016, indica que 55,9% dos casais consideram a vida sexual ruim.

Leia também: Jovem de 21 anos fala sobre vida sexual com noivo de 74: “Não precisa de Viagra”

casal na cama
Shutterstock
Profissionais do Instituto do Casal listam cinco dicas que vão ajudar a esquentar a relação e beneficiar a vida sexual

De acordo com Marina Simas, psicóloga e sócia-diretora da empresa, falar sobre sexo é um dos assuntos mais frequentes nas terapias de casal. “Todo mundo faz, só que algumas pessoas com menos e outras com mais frequência. É impressionante como ainda existe um tabu sobre um tema natural e o quanto a vida sexual influencia uma relação”, ressalta. Mas, afinal, como esquentar a relação e deixar o clima cada vez melhor? Confira cinco dicas que vão ajudar!

1. Conheça seu corpo e estimule outros prazeres

Muitas pessoas ainda não sabem, mas não é só a área genital que garante prazer durante o sexo. Para aproveitar bem o momento, é preciso conhecer o corpo e as áreas que possam proporcionar prazer e, assim, garantir uma fuga da rotina para o casal. Para isso, o par também deve conhecer o outro e estimular áreas que possam ser diferentes. 

“Tem muitas mulheres e homens que não sabem onde fica o clitóris e o ponto G e não conhecem o próprio corpo ou o corpo do parceiro. Se são assim com a área genital que é básica, imagina com as outras partes do corpo se forem consentidas por ambos”, expõe Denise Figueiredo, psicóloga e sócia-diretora do Instituto do Casal. 

Leia mais:  Mulher dá respostaperfeita após ser insultada em aplicativo de relacionamento

De acordo com Denise, o que vale nesses casos é apostar em brincadeiras com outras partes do corpo e sempre inovar para que o sexo não pareça igual e, assim, esquentar a relação. “O céu é o limite e, para estimular o prazer, vale todo tipo de investida”, explica. Já pensou em utilizar brinquedos eróticos ? Converse com o par e permita que a relação fiquei mais apimentada. 

2. Agende o sexo

No início, pode até parecer estranho, mas você já imaginou em ter um dia e horário para colocar o sexo em ação no relacionamento? De acordo com as profissionais, essa é uma forma de conseguir espaço e momentos juntos para viverem a intimidade.  

“Muitas pessoas acham que o sexo tem que ser de forma natural, mas é extremamente interessante também poder agendar o momento. Até por que quando você tem um encontro e espera pelo sábado a noite pra isso, você também acaba se programando para o momento. Isso também é válido no relacionamento”, ressalta Marina. 

3. Explore outros locais

Para variar o sexo, vale sair do quarto e ir para os outros cômodos, como sala, cozinha e até dentro do chuveiro no banheiro. Mas, além disso, por que não tentar também fora de casa? E nem precisa ser em um local distante. “Se não tem tempo de viajar, já pensou em passar um final de semana em um hotel na própria cidade? O casal pode explorar um ambiente diferente e sair da rotina”, aponta Denise.

Leia mais:  Pela contribuição à sociedade lideranças femininas recebem o título 'Mulher Cidadã'

4. Deixe o celular de lado

No ano passado, outra pesquisa do Instituto do Casal aponta que 47% dos casais brigam com o par por conta do uso excessivo do celular. Atualmente, é difícil se manter desconectado, mas a tecnologia pode atrapalhar o relacionamento. “É muito comum o casal deixar de fazer sexo por causa do uso do celular. O mundo está tão conectado que nem o momento a dois é preservado como deveria”, destaca Marina.

5. Busque ajuda profissional

Terapia de casal é uma prática que pode ajudar a estimular o diálogo e dar alternativas para uma vida sexual que o casal acha que está fadada a monotonia. A ajuda profissional pode contribuir nos desenvolvimentos comportamentais e emocionais do casal e fortalecer o relacionamento.

“O que percebemos é que muitos casais só procuram terapia quando a relação já está para terminar e isso pode ser ruim. É muito importante já ter o hábito de buscar uma ajuda desde o início”, finaliza Denise.

Leia também: Terapeuta de 90 anos cita os piores erros que estão atrapalhando sua vida sexual


Ao seguir essas dicas, você conseguirá esquentar a relação e ter ainda mais prazer durante o sexo.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana