conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mulher

6 receitas salgadas e gostosas para espantar o frio

Publicado


source

Alto Astral

6 receitas salgadas e gostosas para espantar o frio
Reprodução: Alto Astral

6 receitas salgadas e gostosas para espantar o frio

A queda brusca nas temperaturas reforçou que o inverno deste ano não está para brincadeiras e parece cada vez mais difícil se manter aquecido. Quando mantas e casacos ainda não são suficientes, que tal pensar em se aquecer de dentro para fora?

Por isso, a procura pelas comidas quentinhas aumenta nessa época do ano, afinal, não há nada melhor do que recorrer a um prato delicioso e quente para aliviar o frio! Então, acenda o fogão para começar a esquentar e confira 6 receitas salgadas e gostosas que irão espantar o frio de uma ver por todas!

Caldo de camarão

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 25 min

Rendimento: 4 porções

Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 50ml de azeite de oliva
  • 200g de cebola
  • 30g de alho
  • 5g de sal
  • 500g de camarão sete barbas
  • 160g de pimentão verde
  • 260g de tomate picado
  • 200ml de leite de coco
  • 10g de cebolinha
  • 500ml de água

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o azeite, refogue a cebola e o alho até dourar. Coloque o camarão, o pimentão, o tomate picado, refogue tudo e acrescente a água. Reserve uma parte do refogado e bata o restante no liquidificador. Volte ao fogo e acrescente o leite de coco, a cebolinha, a parte reservada do refogado e deixe apurar. Corrija o sal e sirva.

Escondidinho de carne-seca com abóbora e mandioca

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h Rendimento: 8 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 cebolas picadas
  • 800g de carne-seca dessalgada, cozida e desfiada
  • 1 tomate sem sementes picado
  • Sal e cheiro-verde picado a gosto
  • 250g de queijo mussarela fatiado
  • 1 pote de requeijão cremoso (200g)

Purê de abóbora

  • 2 xícaras (chá) de abóbora cabotiá cozida e amassada
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1/2 xícara (chá) de creme de leite
  • Sal a gosto

Purê de mandioca

  • 3 xícaras (chá) de mandioca cozida e amassada
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1/2 xícara (chá) de creme de leite
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Aqueça uma panela com o azeite, em fogo médio, e frite a cebola até dourar. Adicione a carne, o tomate, sal, cheiro-verde e refogue por 3 minutos. Desligue. Para o purê de abóbora, leve todos os ingredientes ao fogo médio em uma panela, mexendo até incorporar e ficar cremoso. Para o purê de mandioca, leve todos os ingredientes ao fogo médio em uma panela, mexendo até incorporar e ficar cremoso.

Em um refratário grande, faça uma camada de purê de abóbora, espalhe metade da mussarela por cima e faça uma camada com o refogado de carne-seca. Espalhe o requeijão por cima, cubra com o purê de mandioca e polvilhe com a mussarela restante. Leve ao forno médio, preaquecido, por 10 minutos ou até gratinar. Retire e sirva em seguida.

Caldinho de feijão com bacon na caneca

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h (+2h de molho) Rendimento: 12 porções Dificuldade: fácil

Você viu?

Ingredientes

  • 1kg de feijão-preto
  • 2,5 litros de água
  • 1 folha de louro
  • 200g de bacon em cubos pequenos
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1/2 pimentão vermelho sem sementes em cubos pequenos
  • 1 talo de salsão em cubos pequenos
  • Sal e molho de pimenta vermelha a gosto
  • Cheiro-verde picado e bacon em cubos frito para acompanhar

Modo de preparo

Em uma tigela, coloque o feijão, cubra com 1 litro da água e deixe de molho por 2 horas. Transfira o feijão para a panela de pressão com a água do molho, adicione o louro, tampe e cozinhe, em fogo médio, por 15 minutos, após iniciada a pressão. Desligue, deixe a pressão sair naturalmente e abra a panela. Deixe esfriar e bata no liquidificador até obter um creme. Aqueça uma panela grande, em fogo médio, e refogue o bacon por 5 minutos ou até desgrudar a gordura, sem dourar. Adicione a cebola, o alho, o pimentão e refogue por 5 minutos ou até dourar. Acrescente o salsão e refogue por 2 minutos. Despeje o caldo batido, sal, pimenta e a água restante. Cozinhe em fogo baixo, mexendo de vez em quando, por 15 minutos. Transfira para canecas e sirva acompanhado de cheiro-verde e bacon.

Macarrão cremoso de forno com molho rosé e branco

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h Rendimento: 4 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1/2 colher (sopa) de alho picado
  • 15 tomates picados
  • Sal a gosto
  • 1 lata de creme de leite sem soro
  • 1 xícara (chá) de bacon picado
  • 1 cebola ralada
  • 1 folha de louro
  • 4 filés de peito de frango cozidos e desfiados
  • 1 pacote de tagliatelle em ninhos (500g)
  • 3 xícaras (chá) de creme de leite fresco
  • 1 colher (sopa) de ervas finas secas
  • 2 xícaras (chá) de queijo muçarela ralado
  • 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o azeite, em fogo médio, e frite o alho. Acrescente os tomates e refogue por 3 minutos. Bata no liquidificador, volte para a panela e cozinhe por 10 minutos. Tempere com sal. Desligue e adicione o creme de leite. Em outra panela, em fogo médio, frite o bacon até dourar, junte a cebola, o louro e refogue por 3 minutos. Adicione o frango e acerte o sal.

Em um refratário grande, coloque o molho e espalhe o frango. Distribua os ninhos e reserve. Misture o creme de leite fresco com as ervas e sal e regue os ninhos. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio, preaquecido, por 15 minutos. Retire o papel, polvilhe com os queijos misturados e asse por mais 15 minutos ou até o queijo derreter e dourar. Sirva em seguida.

Risoto de queijo com bacon

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 30min Rendimento: 4 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 150g de bacon em cubos
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 cebola em cubos
  • 1 xícara (chá) de vinho branco seco
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de arroz arbóreo ou carnaroli
  • 1 cubo de caldo de legumes
  • 4 xícaras (chá) de água quente
  • 4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 4 colheres (sopa) de queijo gouda ou provolone ralado
  • 4 colheres (sopa) de requeijão cremoso
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, em fogo médio frite o bacon na própria gordura, mexendo até dourar. Retire e escorra sobre papel absorvente. Despreze a gordura e na mesma panela, e fogo médio derreta a manteiga. Refogue a cebola por 2 minutos. Acrescente o arroz e regue com o vinho. Refogue por 2 minutos e regue aos poucos com o caldo de legumes dissolvido na água quente, mexendo até evaporar. Continue regando conforme o caldo evapora. Cozinhe por 15 minutos ou até o arroz amaciar e ficar cremoso.

Polenta com carne moída

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 50min Rendimento: 6 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de fubá pré-cozido
  • 6 xícaras (chá) de água
  • 1 cubo de caldo de legumes
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • Manteiga para untar
  • 1 xícara (chá) de queijo muçarela ralado

Molho

  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 500g de carne moída
  • 3 tomates picados
  • 1 lata de molho de tomate
  • 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada
  • 1 xícara (chá) de palmito escorrido picado
  • 1/2 xícara (chá) de cheiro-verde picado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Para o molho, aqueça uma panela com o azeite, em fogo médio, e frite a cebola e o alho até dourar. Adicione a carne e refogue até secar toda a água. Acrescente o tomate, o molho e cozinhe por 10 minutos. Junte a azeitona, o palmito, o cheiro-verde, sal, pimenta e cozinhe por 5 minutos. Desligue e reserve. Para a polenta, misture o fubá com metade da água até dissolver. Reserve.

Aqueça uma panela com a água restante, o caldo de legumes e a manteiga até ferver e dissolver o caldo. Adicione o fubá dissolvido e cozinhe por 5 minutos, mexendo. Transfira para um refratário médio untado, cubra com o molho e polvilhe com a muçarela. Leve ao forno alto, preaquecido, por 5 minutos para gratinar. Retire e sirva.

Receitas: Guia da Cozinha

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook

Mulher

Simpatias com flores para atrair o que você deseja

Publicado

por


source
Simpatias com flores para atrair o que você deseja
Redação João Bidu

Simpatias com flores para atrair o que você deseja

As flores têm significados diferentes e podem atrair diversas vibrações que te ajudarão a realizar os seus desejos. Para usá-las a seu favor, as simpatias com flores são uma ótima opção, afinal, elas reúnem a energia mística da natureza com a fé contida nos rituais.

JÁ CONFERIU SEU HORÓSCOPO DE HOJE NO SITE DO JOÃO BIDU? VEJA AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO! 

Semana do cliente

Para te dar uma mãozinha na hora de alcançar a prosperidade, o amor, ou até ajudar uma pessoa doente, separamos 5 simpaticas cheias de poder para você fazer e utilizar a força das flores para atrair boas energias.

Simpatia para atrair dinheiro

Retire uma pétala de uma rosa amarela e guarde dentro da sua carteira. Ferva o que sobrar da flor em um litro de água. Coe, espere esfriar e, depois do seu banho diário, despeje a água da flor no seu corpo, do pescoço para baixo. Não enxague e espere seu corpo secar naturalmente. Em seguida, reze o Salmo 39, enrole a pétala da carteira com uma nota de dinheiro de qualquer valor e dê a quem necessite mais do que você. Jogue as sobras do banho em um vaso com flores e cuide da planta com carinho.

Simpatia para atrair o par perfeito

Escreva o nome dos seus pretendentes em pétalas de girassol. Coloque-as num prato e deixe por uma noite no sereno. O vento vai levar as pétalas e a que sobrar estará com o nome do seu par perfeito. Se sobrar mais de uma, deixe o prato novamente no sereno. Faça isso até sobrar apenas uma pétala no prato.

Leia Também

Simpatia para ter sorte em tudo

Compre um vaso de violeta e enterre nele duas moedas de qualquer valor. Mantenha o vaso em cima da geladeira da sua casa e, sempre que for regar a planta, reze um Pai-Nosso. Renove a terra do vaso todo ano, jogando a antiga no lixo e retirando as moedas. Lave-as bem e dê a quem precisa, colocando outras no lugar.

Simpatia para ter sucesso em qualquer profissão

Em um papel laminado dourado, desenhe uma estrela de Davi (a de seis pontas) e faça um círculo em volta. Dentro, escreva seu nome inteiro seis vezes e, em cima do seu nome, a palavra sucesso. Acenda uma vela laranja e um incenso de girassol ou de flor-de-laranjeira. Recorte o círculo e segure-o em suas duas mãos abertas. Então, diga três vezes: “Arcanjo Miguel e sua Divina Luz, vinda da Eterna Providência, Jesus, faça com que eu, (nome completo), sempre tenha sorte em minha profissão de (nome da profissão ou cargo ocupado) e que tudo no Universo conspire a meu favor. Amém e Amém”. Deixe o papel embaixo do pires ou do castiçal em que a vela e, quando ela terminar de queimar, coloque o papel em algo que esteja sempre com você – pode ser bolsa ou carteira. Termine rezando três Pai-Nossos e sete Ave-Marias. Jogue os restos da vela e do incenso no lixo e utilize o pires como de costume, depois de lavado.

Simpatia para o Bem-estar de uma pessoa doente

Ofereça flores vermelhas ao enfermo. É essencial que elas fiquem na sala, dentro de um vaso, não no quarto da pessoa doente. Quando elas murcharem, devem ser lançadas para o alto, em saudação às almas protetoras. Em seguida, recolha e despeje as flores em um jardim fora de casa.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!

Publicado

por


source
6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!
Reprodução: Alto Astral

6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!

Nem sempre é fácil escolher entre cachorros e gatos, assim há quem opte por ter os dois e criá-los juntos. No entanto, a rivalidade entre as espécies é histórica, servindo até mesmo de pano de fundo para filmes, como o longa infantil ‘Como Cães e Gatos’, de 2001.

Dessa forma, muitos pais de pets sentem certo receio na hora de introduzir um gatinho em um ambiente já dominado por um cão, e vice-versa. Afinal, tal mudança é carregada por diversas dúvidas, muito embasadas nas diferenças entre as espécies, como: será que eles podem realmente conviver juntos? Será que o processo é trabalhoso? Será que teremos muitas brigas em casa?

Assim, para entender melhor sobre o assunto e ajudar você que está passando (ou pretende passar) por essa mudança, o Alto Astral conversou com a veterinária especialista em Bem-Estar Animal Rosangela Ribeiro Gebara.

Para ela, as duas espécies podem viver juntas, sim! Além de estabelecerem laços afetivos, cães e gatos podem brincar, dormir e comer juntos.

Contudo, assim como os seres humanos, alguns cachorros e gatos, quando juntos, apenas se toleram, já que levam estilos de vida distintos e, por isso, seguem algumas regras. “Os gatos circulam no habitat gostam de dominar o ambiente, e os cães, quando invadem essa intimidade, podem irritar o gato”, explica Rosangela, que também é membro da Comissão Técnica de Bem-Estar Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo

Assim, para aqueles donos de cachorros e gatos que estão com dificuldade em se adaptarem facilmente, listamos 6 dicas que podem ajudar seu cão e gato viverem em harmonia . Confira abaixo:

Leia Também

  • Apresente eles pouco a pouco, não force a amizade! Uma boa opção é começar a interação através de uma porta de vidro, por exemplo, ou seja, uma barreira que possibilite com que eles se enxerguem e se sintam acolhidos pelo tutor;
  • Sirva alimentos apetitosos aos dois, todos os dias quando eles estiverem lado a lado;
  • Se não tiver um portãozinho, mantenha o cachorro na coleira e o gato do outro lado da sala;
  • Deixe-os cheirar um ao outro com calma, falando palavras doces e num tom ameno. Sentir o cheiro um do outro é muito importante na apresentação de cães e gatos;
  • Sempre que estiverem juntos, faça muito carinho em ambos e ofereça guloseimas para ambos – eles devem associar o carinho e guloseima ao fato de estarem um com o outro;
  • Observe bem os dois animais em busca de sinais de alerta. A linguagem corporal deles diz muito também. Sinais como pelo eriçado, rosnar, latir e arranhar, dizem que é hora da distração e separação, antes que haja estresse ou brigas.

Vale ressaltar que se o seu cão ou gato for muito bravo, estressado ou até mesmo se tiver algum histórico de ataque a outros animais, vale procurar a ajuda de um profissional em comportamento animal ou adestrador experiente com esse tipo de socialização.

Todavia, a veterinária comenta que, apesar do processo não ser necessariamente fácil, vale o esforço. “São raríssimos os casos em que os animais não se acostumam de jeito nenhum, vale a pena tentar sempre com segurança. Muitas vezes os cães e gatos desenvolvem uma amizade verdadeira e fazem companhia um ao outro”, observa.

Por fim, Rosangela destaca ainda que mesmo no caso daqueles que se dão bem e conseguem ser amigos, são necessários alguns cuidados, como lembrar de deixar a comida do gato em um local alto para que somente ele tenha acesso e o cão não coma toda a ração dele, ou vice-versa, isolando a comida do cachorro. Isso porque as rações têm finalidades e índices calóricos diferentes para ambas as espécies.

Além disso, mantenha a vacinação dos seus bichinhos em dia e consulte sempre um médico veterinário.

Fonte: Rosangela Ribeiro Gebara, membro da Comissão Técnica de Bem-Estar Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), é graduada em Medicina Veterinária e mestre Ciências de Animais pela Universidade de São Paulo e especialista em Bem-Estar Animal (Cambridge e-Learning Institute) e Bioética (USP). Gerencia programas da World Animal Protection com foco em animais de companhia e em situações de desastres.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana