conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

5 mil bolsas de sangue são produzidas pelo MT Hemocentro no Estado

Publicado

A sede do MT Hemocentro em Cuiabá recebe mensalmente quase 4 mil doadores de sangue que ajudam a salvar vidas no Estado. Além de duas unidades de Cuiabá, Mato Grosso conta ainda com mais 16 postos em municípios do interior, além do ônibus de coleta de sangue, Hemobus. 

Segundo a diretora do MT Hemocentro, Silvana Salomão, todos as unidades de coleta no Estado produzem um total de 5 mil bolsas de sangue para testes por mês. “Cada bolsa pode salvar até quatro vidas”, destacou.  

Ao chegar em um dos postos do MT Hemocentro, o doador é atendido pela recepcionista que faz o cadastramento, depois passa por uma pré-triagem e em seguida por uma triagem clínica mais rigorosa, que é realizada por uma médica e é essa profissional quem autoriza a doação de sangue.  

Após a doação, o doador fica em observação por alguns minutos enquanto toma um lanche, que faz parte do procedimento padrão de doação de sangue. 

Para ser um doador, a pessoa precisa ter mais de 18 anos. O voluntário deve apresentar documento com foto e estar em boas condições de saúde. Também é necessário não ter tomado vacina nos últimos 30 dias e ter feito refeição pelo menos duas horas antes da doação.

O material coletado socorre pacientes que precisam de transfusão de sangue em todas as unidades de saúde da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado. “O brasileiro é muito solicito, mas quando se fala em doação de sangue muitos mitos rondam o ato. A coleta de sangue é um gesto de amor, um ato voluntário e altruísta. Isto é fazer o bem, sem olhar a quem”, disse Silvana.

A diretora explicou também que além da coleta de sangue convencional, por aférese em que são coletadas plaquetas e hemácias, a sede do MT Hemocentro realiza o atendimento de pacientes diagnosticados com doenças hematológicas. “Temos um ambulatório de hematologia, onde são tratadas todas as doenças relacionadas ao sangue pelos nossos médicos, consultas, medicamentos e exames laboratoriais”, explicou.  

Ajudar ao próximo foi o que motivou a estudante de 22 anos, Tassila Luiza, a procurar um dos postos de coleta em Cuiabá para doar sangue pela primeira vez. “O meu conselho para quem ainda não veio doar é vir, porque não dói nada e ainda ajuda a salvar vidas”, disse a jovem.

Em Cuiabá existem duas unidades de coleta: no Pronto-Socorro, situado à Avenida General Vale, 192, com atendimento das 8h às 16h, e na sede, Rua 13 de Junho, 1055, com atendimento de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h30, além do Hemobus.

Benefícios aos doadores 

Em Mato Grosso os doadores regulares de sangue têm benefícios exclusivos, como a isenção na taxa de pagamento de concurso público promovidos pelo Governo do Estado, meia-entrada em locais de cultura, esporte e lazer (casa de shows, jogos e cinema, por exemplo). 

Além disso, realizam de graça uma série de exames como o teste para HIV, de Doença de Chagas, de Hepatite B e C, de HTLV 1 e 2, de Malária e Fator RH.

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana