conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Saúde

17 bebês morreram de covid-19 durante a pandemia em MT

Publicado

Foto: Reprodução

Dados do painel da covid-19 de Mato Grosso apontam que 17 bebês morreram vítimas do novo coronavírus no estado. O levantamento considera lactentes de até 24 meses de vida.

Segundo informações do painel, que é alimentado com dados das secretarias de saúde dos municípios, 10 dos 17 óbitos pela doença eram de bebês que não apresentavam nenhuma comorbidade para  infecção.

A primeira morte de lactente ocorrida após contágio pelo vírus foi registrada no dia 11 de maio, na cidade de Alto Boa Vista (1.059 km a nordeste de Cuiabá). A vítima, um menino de um ano de idade, não tinha nenhuma comorbidade.

Já o último óbito de bebê registrado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) ocorreu em Cuiabá, no dia sete de janeiro. Na data, uma menina com menos de um ano de idade, que tinha comorbidade, morreu por conta da doença.

Além dos bebês, nove crianças, com idades entre 3 e 11 anos, também morreram por conta da doença. Deste total, em apenas dois casos as vítimas possuíam comorbidades para o vírus.

Dos óbitos registrados, tanto de bebês quanto de crianças, a maioria dos casos era de meninos.

Fonte: Gazeta Digital

Comentários Facebook

Saúde

Enfermeira atravessa rio para vacinar idosa na Paraíba

Publicado

por


source
Enfermeira atravessou rio no interior da Paraíba para vacinar idosa
Reprodução

Enfermeira atravessou rio no interior da Paraíba para vacinar idosa

Uma enfermeira viralizou nas redes sociais após atravessar um rio para conseguir vacinar uma idosa, em São José de Espinharas (PB) . O caso aconteceu na última quinta-feira (04), quando o serviço de imunização da cidade realizava a vacinação em idosos.

Em um vídeo compartilhado na internet, a profissional atravessa o rio com os equipamentos necessários para a imunização.

Em entrevista ao G1, a enfermeira Mayane Brito contou que tomou a atitude após ver a dificuldade de locomoção até o bairro onde a moradora estava. Ela lembra que ainda precisou de uma carona de moto para conseguir imunizar a idosa, que seria a última a ser vacinada no dia.

“Não dava para atravessar de carro para ir vacinar essa idosa e só faltava ela. O carro ficou me esperando, eu atravessei a pé e eu pedi a uma pessoa amiga da senhora para me pegar de moto do outro lado do rio para eu poder vacinar a senhora”, afirmou.

Mayane ressaltou o pensamento de querer que alguém fizesse o mesmo pela própria mãe, o que reforço a ideia de atravessar o rio.

“Quando eu cheguei em casa nesse mesmo dia, me vi pensando que se fosse minha mãe – que infelizmente não está aqui mais hoje comigo, pois vai fazer cinco meses que ela faleceu – eu gostaria que um profissional de saúde atravessasse o rio para vacinar ela também”, completou.

A Secretaria da Saúde de São José de Espinharas informou que a profissional participava do programa de imunização para idosos entre 80 e 89 anos na cidade. Segunda a pasta, 24 moradores foram imunizados até o momento.  

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Rio de Janeiro atinge 93% de ocupação de leitos de UTI para Covid-19

Publicado

por


source
Rio de Janeiro tem 93% dos leitos de UTI ocupados e 73% de leitos na enfermaria
Reprodução: ACidade ON

Rio de Janeiro tem 93% dos leitos de UTI ocupados e 73% de leitos na enfermaria

Um balanço divulgado pela Secretaria estadual de Saúde no início da noite deste sábado mostra que 93% dos 616 leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) disponíveis para atender pacientes com Covid-19 na capital estão ocupados. Parte dessas vagas estão sendo preenchidas, inclusive, por pacientes vindos da região Norte do país. No caso de vagas de enfermarias, os pacientes com diagnóstico de Covid-19 ou de síndrome respiratória aguda grave, a taxa de ocupação chega a 73% dos 640 leitos.

Entre as unidades que praticamente não têm mais vaga de UTI para Covid-19 está o Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari, referência no tratamento da doença. No fim da tarde, 141 das 143 vagas estavam preenchidas e havia a expectativa da chegada de mais um paciente. No caso das enfermarias, a unidade tinha 169 de suas 237 vagas preenhidas.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, prevê que a ocupação de leitos na capital deva diminuir no início da semana.

“Essa é uma estatística de momento. Mas se for preciso, parte das vagas de enfermaria do Gazolla podem ser convertidos em UTI rapidamente”, disse o secretário.

Você viu?

Ao todo, 975 pessoas estão internadas na cidade com sintomas de Covid-19. Treze pessoas aguardam vagas ou transferência.

Em 24 horas, foram diagnosticados 107 novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Ao todo, desde o início da pandemia, 209.527 pessoas contraíram a doença e 19.115 morreram na cidade, segundo dados da Secretaria municipal de Saúde.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana