Plantão

16/04/2018 10:55

INSS cancela mais de mil aposentadorias e auxílios em Mato Grosso e gera economia de R$ 68,8 mi

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já cancelou 1.096 auxílios-doença e 147 aposentadorias por invalidez desde o início do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade só no Estado de Mato Grosso. De acordo com o órgão, a economia gerada já foi de R$ 68,8 milhões.

 
O pente-fino nos auxílios-doença e nas aposentadorias por invalidez foi anunciado em 2016, com o eliminar pagamentos a pessoas que não têm direito a receber benefício. A revisão priorizou o auxílio-doença, nos casos de pessoas que há mais de dois anos não passam por revisão médica no INSS.

Já para os benefícios de aposentadoria por invalidez, deve passar pela revisão quem tem menos de 60 anos de idade e está há dois anos ou mais sem passar por perícia. A consulta de revisão é obrigatória.

De acordo com o INSS, em Mato Grosso, na primeira etapa do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade, de agosto de 2016 a fevereiro de 2018, foram realizadas 676 perícias de auxílio-doença e 05 de aposentadorias por invalidez, um ritmo lento.

Deste número, 573 auxílios-doença, correspondente a 85% do total de periciados, foram cancelados. Já para os casos de aposentadoria por invalidez, três benefícios (60%), foram cancelados.

Já na segunda etapa do programa, de 1 a 21 de março deste ano, já foram realizadas 1.055 perícias, 648 de auxílios doença e 407 de aposentados por invalidez, em todo o Estado. Entre os benefícios analisados, 523 (81%) de auxílios-doença e 144 (35%) de aposentadorias foram cessados.

De acordo com o INSS, o processo de revisão já gerou uma economia de R$ 68,8 milhões nas revisões de auxílio-doença no estado.

Dados nacionais

No Brasil, foram realizadas 103.245 perícias (33.542 de auxílios-doença e 69.703 de aposentados por invalidez) na segunda etapa do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade (1º a 21 de março de 2018). Entre os benefícios analisados, 24.954 (74%) de auxílios-doença e 19.488 (28%) de aposentadorias foram cessados.

Na primeira fase (de agosto de 2016 a fevereiro de 2018), foram realizadas 253.060 perícias de auxílio-doença e 10.073 de aposentadorias por invalidez. Foram cessados 202.086 (80%) de auxílios-doença e 1.749 (17%) de aposentadorias por invalidez. O processo de revisão já gerou uma economia de R$ 5,8 bilhões nas revisões de auxílio-doença.

Olhar Direto.


Bem Notícias

Diretor Geral
Zied Coutinho

Titulo fixo

Facebook

Bem Notícias - © Copyright - 2016 - Todos os direitos reservados

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo