Cidades

09/02/2018 11:22

Polícia Civil emprega 273 policiais no Carnaval de sete cidades da Baixada

Mais de 270 policiais civis da região metropolitana serão empregados no Carnaval 2018, para o policiamento repressivo nas cidades de Acorizal, Santo Antônio do Leverger, Chapada dos Guimarães, Nossa Senhora do Livramento, Barão de Melgaço Poconé e Nobres.

As ações foram alinhadas junto com os delegados dos municípios, em reunião na última quarta-feira (07), no auditório da sede da Diretoria da Polícia Civil. “Nesta reunião dirigimos dúvidas quanto ao planejamento operacional”, disse o delegado regional de Cuiabá, Cley Celestino Batista.

Conforme o regional, as equipes começam a se deslocar nesta sexta-feira, 9 de fevereiro, cumprindo o cronograma de atividades estipuladas pelas Regionais de Cuiabá e Várzea Grande.

São 273 policiais, sendo 40 delegados, 68 escrivães, 165 investigadores, lotados em unidades policiais das Diretorias Metropolitana e Atividades Especiais. “Cada equipe com um delegado de polícia, um escrivão e quatro investigadores, em duas viaturas, irão reforçar o policiamento preventivo e repressivo nos municípios com folia de carnaval”, disse o regional. “Entrarão às 19 horas e sairão às 7h da manhã. Serão 12 horas trabalhadas”, completou Celestino.

No planejamento da Polícia Civil também estão previstas operações integradas Lei Seca, com a presença da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran). "Durante todos os dias de carnaval estarão acontecendo fiscalizações pelas equipes de atendimento ordinário, tanto da Deletran quanto do Batalhão de Trânsito da PM. Temos programação de três blitz durante o período de carnaval. Essas blitz serão disrtribuidas nas áreas urbana e nas rodovias", disse. 

No interior do Estado, as Delegacias de Polícia já atuam sob regime de plantão, 24 horas por dia, de modo que em nenhum momento fique desguarnecido o atendimento à população e aos policiais que venham a encaminhar detidos às respectivas unidades para lavratura de flagrantes.

Funcionamento das unidades

A  Central de Flagrantes de Cuiabá e Central de Flagrantes de Várzea Grande, vão centralizar os procedimentos de lavratura de autos de prisão em flagrante, requisições periciais e  de Boletins de Ocorrências. Os plantões funcionam 24 horas, de segunda a domingo, assim como a Central de Ocorrências, da Prainha, para confecção de boletins.

Após o feriado, os procedimentos  (flagrantes e boletins) são distribuídos às unidades especializadas que serão responsáveis por conduzir as investigações a fim de apontar a materialidade e autoria dos delitos.

As Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos  de Cuiabá e   Várzea Grande, trabalharão sob regime de sobreaviso. As duas Delegacias tem equipe de plantão para atendimento presencial de roubos em residência, que envolvam restrição à liberdade da vítima.

A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA) funciona todos os dias em regime de plantão para registro de Boletim de Ocorrência e inserção de dados de veículos em sistemas nacionais.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) mantém equipe de plantão para atendimento de local de crime e liberação de corpo. 

A Delegacia Especializada de Delitos Trânsito (Deletran) trabalha em regime de plantão com equipes para atendimento de acidente de trânsito com vítima e atuará também em blitze da Lei Seca. 

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Gerência de Operações Especiais (GOE) e a Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE) mantêm equipes de sobreaviso para eventuais ocorrências de suas atribuições.


Bem Notícias

Diretor Geral
Zied Coutinho

Titulo fixo

Facebook

Bem Notícias - © Copyright - 2016 - Todos os direitos reservados

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo