Bem Rural

08/11/2017 10:17

Frigorífico reabre em VG e gera 600 empregos diretos

O governador em exercício, Carlos Fávaro, participou do evento de lançamento da reabertura da planta, que inicia as atividades no dia 27 deste mês

Uma planta frigorífica será reaberta em Várzea Grande, gerando, inicialmente, 600 empregos diretos. O Frigorífico Pantanal será reaberto após sete anos e a previsão é de que as atividades voltem no dia 27 de novembro. O governador em exercício, Carlos Fávaro, participou do evento de lançamento da reabertura, na noite desta segunda-feira (06), na sede do Sindicato Rural de Cuiabá, no Parque de Exposições.

Em seu discurso, Fávaro falou sobre as dificuldades que o setor pecuário atravessou nos últimos meses com a realização da Operação Carne Fraca e da delação da JBS. “Esses dois episódios foram muito ruins para a carne brasileira. Na época, me reuni com os pecuaristas para buscar uma solução imediata e, apesar de toda a dificuldade financeira do estado, o governo reduziu o ICMS (Imposto sobre Circulação de serviços) para a saída do gado em pé, garantindo a competitividade e oportunidade ao setor”.

Segundo ele, a medida foi tão acertada que, em poucos meses, várias plantas reabriram no estado, como Nova Xavantina e Mirassol d´Oeste. “Agora estamos comemorando Pontes e Lacerda e Várzea Grande. Em breve, novas plantas também serão reabertas em Juruena e Nova Monte Verde. Vamos continuar atentos para ouvir as demandas e fazer com que a nossa agropecuária fique cada vez mais competitiva, pois é o setor que alavanca a economia do estado e faz o melhor programa social que existe, a geração de emprego e renda”, enfatizou.

De acordo com o diretor do Frigorífico Pantanal, Luiz Antônio Freitas, a unidade é preparada há mais de um ano. Inicialmente, serão gerados 600 empregos diretos, contudo, a capacidade da empresa é de até 800 vagas. A previsão de abate é de 700 cabeças/dia. “Queremos agradecer o empenho da Prefeitura de Várzea Grande e do Governo do Estado por nos apoiar nesse retorno”, afirmou o empresário.

Ele explica que a meta é exportar para todos os mercados, inclusive, os funcionários foram treinados para realizar o abate halal (método de abate bovino islâmico). ”Reativamos com uma indústria moderna e produtos elaborados. Esperamos trazer muito orgulho para Várzea Grande e Mato Grosso”. Durante o evento, o presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires, afirmou que os pecuaristas estão prontos para garantir matéria-prima. “Nós, produtores, somos parceiros nessa empreitada e ficamos muito felizes com a reabertura do frigorífico. Desejamos muito sucesso nessa nova fase”.

Também participaram do evento o senador Cidinho Santos, o secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Jayme Campos, o presidente da Nelore MT, Mário Candia, o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea-MT), Guilherme Nolasco, além de pecuaristas e empresários.


Bem Notícias

Diretor Geral
Zied Coutinho

Titulo fixo

Facebook

Bem Notícias - © Copyright - 2016 - Todos os direitos reservados

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo