Arte e Cultura

06/06/2017 09:15

Orquestra de Mato Grosso celebra 130 anos de Villa-Lobos

Concertos de junho marcam a estreia do Coro Experimental em três apresentações dedicadas ao maior compositor brasileiro de todos os tempos

 

A Orquestra do Estado de Mato Grosso reserva para os concertos oficiais de junho um repertório inteiramente dedicado ao maior compositor brasileiro de todos os tempos. As apresentações, marcadas para os dias 09, 10 e 11 (sexta-feira, sábado e domingo), celebram os 130 anos de Heitor Villa-Lobos e marcam a estreia do Coro Experimental da Orquestra do Estado de Mato Grosso. Os espetáculos ocorrerão sempre às 20h, no Cine Teatro Cuiabá.

Inquieto e transformador, Villa-Lobos deixou um legado extraordinário, sendo o famoso ciclo de Bachianas Brasileiras aclamado por muitos como sua mais importante criação artística. Motivadas pelas semelhanças entre a música folclórica do sertão brasileiro e a obra de Johann Sebastian Bach, as Bachianas Brasileiras compõem uma série de nove obras escritas por Villa-Lobos para formações diversas, das quais a OEMT interpretou n°2, n°4 e n°9.

Neste fim de semana, a Orquestra do Estado de Mato Grosso, sob regência do maestro Leandro Carvalho, interpreta a Bachianas Brasileiras n°4 e as Danças Características Africanas, criadas a partir do material musical recolhido junto aos índios caripunas, de Mato Grosso.

Aclamado como o maior compositor das Américas, ao nome de Villa-Lobos associa-se a reformulação do conceito de nacionalismo musical, o que o torna o maior entre todos os compositores brasileiros. Aos 18 anos, explorou seu potencial em uma série de viagens por vários estados brasileiros. Por onde passava, Villa-Lobos recolhia temas folclóricos que utilizaria em suas composições e que seriam universalizados em sua música.

Completam o repertório, peças fundamentais como o Choros n°5 - Alma Brasileira, Melodia Sentimental e Trenzinho do Caipira, esta última com o Coro Experimental da Orquestra do Estado de Mato Grosso, preparado e conduzido pelo maestro Jefferson Neves.

Fundamental também é a influência do espírito musical de Heitor Villa-Lobos para a Orquestra do Estado de Mato Grosso, desde os primeiros concertos. O primeiro disco gravado pela OEMT foi dedicado à obra sinfônica de Villa-Lobos, em 2008, no Recife (PE), a convite do Departamento Nacional do Serviço Social do Comércio (Sesc).

Naquele mesmo ano, a Orquestra, sob regência do maestro Leandro Carvalho, percorreu quase todos os estados da federação brasileira, levando a arte de Heitor Villa-Lobos para 98 municípios, numa impressionante saga musical por 22 estados de todas as regiões brasileiras.

Mais de 100 apresentações dedicadas a Villa-Lobos em duas turnês (Sonora Brasil, realizada pelo Sesc Nacional e Concertos Pelo Brasil) renderam à OEMT indicação ao XII Prêmio Carlos Gomes, a mais importante premiação do setor, em cerimônia realizada na Sala São Paulo, em maio de 2009.

Serviço

O que - Orquestra do Estado de Mato Grosso celebra 130 anos de Villa-Lobos

Quando - 09, 10 e 11 de junho às 20 horas

Onde - Cine Teatro Cuiabá

Ingressos - R$20 e R$10 (meia), já disponíveis para compra online pelo site www.ingressosmt.com.br. Na bilheteria do Cine Teatro, ingressos disponíveis a partir do dia 06 de junho, das 14h às 18h.

Repertório - Heitor Villa-Lobos (1887-1959)

 Bachianas Brasileiras n°4

(Adaptação Leandro Carvalho)

Prelúdio (Introdução)

Coral (Canto do Sertão)

Ária (Cantiga)

Dança (Miudinho)

Danças Características Africanas

(Adaptação Leandro Carvalho)

Farrapós - Dança Indígena n.1 - Dança dos Moços

Kankukus - Dança Indígena n.2 - Dança dos Velhos

Kankikis - Dança Indígena n.3 - Dança dos Meninos

(Composições originais criadas a partir de material musical recolhido junto aos índios Caripunas de Mato Grosso)

Cirandas & Cirandinhas

Nesta Rua (solo flauta)

O Cravo Brigou com a Rosa (solo fagote)

A Condessa (solo clarinete)

Pobre Cega (solo oboé)

Choros n.5 "Alma Brasileira"

(Adaptação Sérgio Barbosa)

Melodia Sentimental

(Poema de Dora Vasconcelos)

Trenzinho do Caipira

(Com Coro Experimental da Orquestra do Estado de Mato Grosso)

Coro Experimental da Orquestra do Estado de Mato Grosso

Jefferson Neves, regência coral

Leandro Carvalho, regência


Bem Notícias

Diretor Geral
Zied Coutinho

Titulo fixo

Facebook

Bem Notícias - © Copyright - 2016 - Todos os direitos reservados

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo